29 maio 2009

Os fins justificam os meios...

Justificam?
Depende.
Depende do que se trata, qual é a situação, os envolvidos e o alvo que se quer atingir.
Acredito que quando nós temos um plano, um projeto, um sonho, ou qualquer coisa que almejarmos, devemos procurar meios que nos impulsionem para a tão sonhada conclusão - o fim.

Mas tem meios e meios, não é?
Cada um pode, perfeitamente, alcançar suas metas de maneira digna, humana e leal consigo e com os outros.
Mas o problema está aí mesmo: a falta de lealdade com o próximo e até conosco mesmo. Ferimos os outros por puro prazer ou por pura cegueira - é, uns ficam cegos, não enxergam mais nada a não ser o objeto de desejo, o fim... o fim...

Cada um quer chegar o mais rápido possível ao topo da escada, nem que pra isso cabeças rolem escada a baixo. O importante é sair derrubando, empurrando para o final da escada aqueles que impedem a passagem, a sua escalada até ao alvo, ao topo - essa é a lei hoje em dia, na sociedade injusta e injustiçada.

Digamos que você chegou ao topo da escada, mas subiu com calma. Tinha pessoas na sua frente, mas você esperou a sua vez.
Não empurrou ninguém. Não desistiu. Esperou com determinação, mas com paciência a sua hora.
Então, o meio que você escolheu, que foi o da determinação, da espera, justificou o fim de ter chegado ao topo, que era o que você mais queria, e o melhor, livre de ferimentos e com a consciência limpa de que também não feriu ninguém.

Devemos correr pela estrada das realizações com força, com coragem, mas não podemos sair empurrando os outros corredores. Fiquemos ao lado deles, façamos uma inteligente, mas leal, ultrapassagem. Façamos uma corrida limpa. Façamos os nossos fins verdadeiramente justificarem os meios que escolhemos.

(Erica Ferro)

***

P.s: Ufa! Finalmente consegui escrever algo razoável para a pauta do Blorkutando. Ontem não consegui organizar as ideias. Não gostava de nada do que escrevia. Aliás, nem gostei muito dessa pauta que eu escrevi hoje. Mas, enfim, foi o melhor que eu consegui fazer.

6 comentários:

  1. nossa, esse vai pro destaque! O melhor que já li. O da Fernanda também tá excelente, ela criou uma historinha =)

    ResponderExcluir
  2. Compartilho da mesma opinião que tu, Erica.
    É mesmo um tema difícil de se desenvolver, já que não se tem muitos caminhos para se expressar. Só a sua opinião nunca é o suficiente.
    Uma frase para o tema do blorkutando restringiu demais. Assim como você, eu tive meus problemas para saber como escrever sobre ele. Acho que não gosto que definam limites à minha volta; prefiro voar pela floresta e encontrar um habitat a que me adapte instantaneamente.

    Tá ótimo o texto, beijos! :*

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Fernanda adorei o seu texto realmente é um tema meio complexo , mas sem duvidas voce conseguiu expor sua opinião de maneira boa !
    simplismente amei seu texto ta de parabens !

    ResponderExcluir
  5. simplesmente amei esse texto, e tenho a mesma opinião que vc: até porque se os fins justificassem os meios, não haveriam viloes nas novelas, já que eles fazem maldades por causa de um amor, ou algo parecido. TEXTO MARA DEMAIS :D

    ResponderExcluir
  6. Amei seu texto...
    Eu achei complicado escrever sobre isso, tentei, tentei e acabei nao fazendo, mas voce consegue expor o que voce pensa muito bem, por isso gosto dake!
    Bjos

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?