16 maio 2009

Triste saudade inútil!



Saudade não tem tradução
E tristeza também não
A tua falta rasga a minha alma
E a tua indiferença me faz derramar rios de lágrimas

É difícil ver que eu faço de tudo por ti
E tu nada fazes por mim
Tento te esquecer, te apagar da minha memória
Mas eu não consigo, é em vão

Juro nunca mais te procurar
E uma pedra de gelo me tornar
Mas a verdade é que eu me derreto sempre que te vejo
E você passa indiferente e imponente

Nem me nota
Nunca me notou
Nunca fui teu amor
Nunca

Já perdi as esperanças de um dia ser
Ser tua amada
Tua namorada
Ser notada por ti

Perco a esperança a cada momento
A cada recado não respondido
A cada telefonema não recebido
A cada sonho não realizado

Tudo isso que escrevo só serve pra me conscientizar
Preciso ter a consciência que preciso te esquecer
Preciso te jogar
Jogar no mar do esquecimento

Preciso te afogar por lá
Me desculpe por isso
Mas eu preciso
Sei que no fundo do mar você irá se lamentar

(Erica Ferro)

9 comentários:

  1. Menina que poema lindo!
    o.o
    A gente sempre tenta matar aquele sentimento que nos mantém presa a um certo alguém.A gente tenta, chora, insiste em enterrar todos os vestígios...muitas vezes é em vão, mas um dia simplesmente acontece de você esquecer daquela tal pessoa... é difícil, o caminho é sofrido e doloroso, mas a gente sempre consegue! Assim prefiro acreditar!

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Saudade é o sentimento mais cruel que existe, pois nos tortura, e qunto mais tentamos matar, mais ele fica forte


    beijinhos silenciosos

    ResponderExcluir
  3. Lindo, lindo, lindo. Nunca consigo passar nada em forma de poema.
    E é aquela velha história de "peço a Deus para te esquecer, mas, só de pedir, me lembro".
    E brigada, viu? Pelas visitas e, principalmente, pelas palavras. :D

    ResponderExcluir
  4. Tentar esquecer já é se lembrar!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. oi querida,não sei se já recebeu, ou se não gosta dessas coisas...mas tem um selinho pra vc no meu blog!
    ^^

    bjus

    ResponderExcluir
  6. MENINA, QUE POEMA É ESSE, HEIN!

    parece aqueles poemas dignos de livro didático, aqueles que a gente lê nos livros de português e o professor manda analisar, sabe? ATORON. *-*

    amei o poema. sério. *-*

    beeijos. :*

    ResponderExcluir
  7. Caraaaalho!
    Arrebentou garota!

    "Sei que no fundo do mar você irá se lamentar"

    Perfect.

    Por isso que eu te amo xD

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?