13 maio 2009

Bebê;


Teu sorriso, bebê, me traz uma alegria perdida
Perdi a minha alegria naquela esquina
Por todos esses dias andei perdida
Mas encontrei você em meu caminho

Você sorriu pra mim
E eu senti a alegria voltar de uma só vez
Esse choque de alegria me fez flutuar
Quase voei, bebê

Seus olhos são como uma lanterna em minha vida
Eu não sei mais o que é escuridão
Toda vez que ela tenta me cercar
Teus olhos vem me iluminar

Nunca vi sorriso mais sincero
Nunca vi olhar mais doce
Nunca vi abraço mais acolhedor
Nunca vi um amor tão puro

Um amor que não se traduz em palavras.
Nem se quer precisa de palavras
Pois o seu olhar, bebê
O seu sorriso, já me dizem tudo

(Erica Ferro)



***

P.s
: Singela homenagem que fiz especialmente para minha prima Rayara Beatriz. Ela não pode ler isso aqui ainda; ela tem dois meses
de vida, praticamente três. Três meses de muita alegria. Sua chegada irradiou nossas vidas. O sol brilha todos os dias, pois ela está conosco.
Rayara, um dia você lerá isso, eu sei. Mas eu já te disse isso em cada gesto meu, não é, pequena? Eu sei que você sente que eu amo você, e que você é muito especial na minha vida.



8 comentários:

  1. O doce sorriso de um Bebê torna possivel a custura de palavras tão lindas...Adorei seu post,encantada.Beijos

    ResponderExcluir
  2. que meigoooo!
    *-*
    lindo ver em um ser tão pequenino a doçura da inocência, a alegria em forma de sorrisos!

    adorei!
    ^^

    ResponderExcluir
  3. ai, que amor! me deu até vontade de conhece-la.

    ResponderExcluir
  4. Ô meu anjo!!!
    Que coisa mais bonita de se ler...
    Um poema tão singelo e com tanta luz!
    Nada como um sorriso gostoso e inocente.
    Nada como um olhar sincero de paz!
    Nada como o calorzinho de um abraço!

    Como sempre, arrasou!
    Adoro te ler!

    Beijo meu...

    Fabricante...

    ResponderExcluir
  5. Bebês são as coisas mais fofas mesmo. Parabéns sua prima é linda.
    Bjus

    ResponderExcluir
  6. LINDA! Tanto a homenagem quanto a sua priminha. Muito lindo mesmo.
    Um dia ela ira ler e se orgulhará, viu?

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?