15 maio 2010

Por baixo da minha fragilidade

Não! Por favor, se você não consegue sorrir seus sonhos, não faça chorar os meus.
Por favor, não venha assassinar o meu amor. Não mate a vontade que eu tenho de viver e a fé num cenário mais colorido e florido nos anos que virão.
Se você não pode usar e abusar da minha amiga Sinceridade, essa devassa, que não se importa nem um pouco em ser uma prostituta, não me impeça de tal sacanagem.
Se você prefere viver como todos os tolos, fracos e mornos, ótimo; mas me deixe correr por essas ruas, que nem louca, que nem uma desesperada; me deixe roubar frutos das árvores alheias; me deixe tomar um sorvete numa noite de inverno lá do Sul. Não me importa o resfriado ou a pneumonia. Me deixe viver arriscando a minha vida, porque eu acredito que isso, sim, é viver.
Viver cercado de grades, de proteção, de filtros não é viver. Você não vive e não viverá. Porque você não se permite a isso. Você se fecha no seu mundo certo, ao invés de se aventurar e morrer no errado. Ótimo, você não é muito diferente dos seres humanos que eu tive o desprazer de conhecer.
Infelizmente eu tenho essa mania de prever certos atos e palavras de algumas pessoas, mas, mesmo assim, eu ainda penso que não ouvirei, que não verei tamanha imbecilidade. A gente não quer crê no que machuca o nosso coração e fere nossos olhos de fé. Mas eu vi e não gostei do que vi. Eu ouvi e me entristeci. Eu vi que o mundo está perdido. Que 2012 faz sentido. Que as pessoas destruíram-se e destroem o que veem, o que tocam.
Mas não vão me destruir porque o que eu carrego no peito é forte, é muito forte. O que eu carrego no peito honra o meu sobrenome, Ferro. E eu quero ver me derrubarem, me arrancarem o sonho e a garra que eu escondo por baixo da minha fragilidade.
Eu sorrirei no amanhã que não se demora e eu rirei de felicidade e de alívio, pois eu terei persistido, eu terei sido forte, mesmo todos desacreditando, se entregando, se tornando mortos-vivos.
Eu vou dar minha cara tapa, e apanharei muito, eu sei. Mas dane-se. Eu aguento, eu revido com esse meu jeito de moleca atrevida, que não se rende, que não dá o braço a torcer. Eu quero mesmo é ver a vida pulsando em minhas veias e, quando o meu coração der a última batida, eu chorarei de felicidade e direi com o restante das minhas forças:
Minha vida valeu a pena!

(Erica Ferro)

* * *

Eu precisava desabafar. Eu precisava colocar tudo isso pra fora. Gritar ao mundo, esse mundo descrente, toda a minha fé em sonhos e na vida e todo o meu descontentamento com o ser humano. Eu realmente precisava. Hoje posso dormir tranquila.
(...)
E sim, eu estou melhor da virose (aquela safada!). Muito obrigada pela preocupação; vocês são uns queridos.
Um abraço da @ericona.

53 comentários:

  1. Isso aê, Erica. É de pessoas assim que precisamos: que não se deixem levar pelo desânimo, pela descrença, pelo pessimismo disfarçado de realismo. E isso é difícil, viu?

    Também acredito que vale a pena arriscar-se. Disso sempre tiraremos algo bom, ainda que seja apenas um ensinamento ou a certeza de que "sim, eu tive coragem, eu tentei..."

    Adoro o que você escreve, sempre.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto! Me indentifiquei bastante.
    Adorei seu blog :*

    ResponderExcluir
  3. Nem sei bem o que dizer, mas acredito que você tem essa força sim e espero que tudo que almejar seja alcançado. Mas cuidado com as raposas da vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Hum... o que mais admiro nos jovens é que acreditam na vida pós-dor.

    Os antigos não têm mais tempo para crer nessas coisas...

    :P

    ResponderExcluir
  5. Viver intensamente é o que há! x)

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Deu um show, @ericona! Foi um golpe de ânimo em munh auto-estima hoje! Adorei, mesmo!

    É, você sempre tem razão. Incrível isso.

    Beijobeijo :**

    ResponderExcluir
  7. Gostei disso, dá uma vontade de ir junto. Sempre tem gente que duvida dos nossos sonhos, e que dizem que nunca vai dar certo. Mas o que vale é isso, acreditar e seguir em frente, sempre!

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  8. AH virose safadenha !! haha!!
    Vamos quebrar as grades e viver!!
    É ousar que deixa o nosso mundo melhor. Pessoas comuns são sempre impercepitíveis.

    ResponderExcluir
  9. É, tudo se destruindo, e querem destruir nossos sonhos.
    O primeiro passo você já deu que foi colocar tudo pra fora, agora é agir!

    ResponderExcluir
  10. Oi Erica,de fragil não tem nada!Você é super forte querida,escreve como ninguém.Bjs e continui assim!

    ResponderExcluir
  11. Oi menina tinha excluido o petitemanlange, mais voltei, lindo texto, adoro seu blog

    ResponderExcluir
  12. Que texto forte, heim, Erica? xD
    Eu gostei dele, muito bom e inspirador.
    Me deu um pouco de auto-estima, valeu! ^^"
    Beijos. ;*

    ResponderExcluir
  13. Me apaixonei e me encantei com seu blog!

    Ja estou te seguindo!!!!
    Estarei sempre por aqui tá!!!

    ResponderExcluir
  14. Primeira vez que visito aqui, adorei o blog... É lindo, e você escreve muito bem!
    Porém, por questões de orgulho próprio e frescura aguda, só sigo quem me segue q E quem sigo visito sempre... Enfim, se vc for no meu blog gostar e tal, segue tá?
    Bjs

    Ps- To fazendo uma promoção no blog ;P Tá no "all pink", confere lá..

    ResponderExcluir
  15. O mundo está se tornando um lugar cada vez mais pesado, e se não criarmos formas de driblar esses "obstáculos" o que será de nós? Meros Orcs do pântano, com os braços estendidos pra frente, vagando sem rumo, como muito por aí.

    Linda, Erica!
    Nada de viroses por um bom tempo, Ok? Rs'

    O meu beijo!
    Perdão pelo sumiço, explicações no In.diferente.

    ;*

    ResponderExcluir
  16. Eu também tenho essa defesa inquestionável de felicidade - e não quero que me deixem fazer o que desejo.

    ResponderExcluir
  17. Afinal, a graça mesmo da vida, é viver, é? E Ericalinda, você foi a única que cogitou a idéia de ter sido um pesadelo aquele meu post. Acertou. haha :)

    ResponderExcluir
  18. coloque pra foraa, as vezes eu tenho vontade de subir no muro daki de casa e gritar pro mundo sempre digo isso as minhas amigas , qndo ta algo engasgado eu msmo cm to feliz , digo q preciso gritar pro mundo
    faz beem ^^

    ResponderExcluir
  19. Que? Estão querendo matar seus sonhos?

    Estou indo pra aí, com escudos de poesia...


    beijos, Ericona!

    ResponderExcluir
  20. É o teu tablado, teu palco. Então, o espetáculo é teu. E eu tenho certeza que tu sabe como fazwer valer esse show.

    Beijos xará!

    ResponderExcluir
  21. Não permita que alguém fale que seus sonhos são unúteis, seria uma tragédia se você acreditasse nisso.

    ResponderExcluir
  22. Será que somos essencialmente maus? =\

    Questões e questões...vida de gente grande não é fácil, mesmo.

    Beijos, queridona! Que bom saber que está melhorzinha, fico feliz!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  23. Me identifiquei muito!
    Essa liberdade que você sente não se pode explicar, e ninguém nunca entenderá!

    ResponderExcluir
  24. Belo desabafo e demonstração de garra. A gente sempre se depara com pessoas negativas, que não acreditam e se formos fracos, nos deixamos contagiar por elas. Mas vc desenvolveu um belo texto que expressa bem esse sentimento.

    ResponderExcluir
  25. Ninguém mata nossos sonhos, senão nós mesmos quando nos permitimos que almas malfadadas se imiscuam em nosso caminho!

    Animo, sempre!

    Beijo grande!

    :)

    ResponderExcluir
  26. Muito bonito!
    Mas é muito ruim quando você está super bem e vem alguém querendo acabar com toda a sua alegria, né? :s

    ResponderExcluir
  27. claro ...
    e ngm tem nada a ver..
    seus sonhos só quem ppode mudar eh vc mesma...
    espero que os ventos leve eles em boa direção..
    beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  28. Minha amiga
    querida, amada, estimada e mui admirada Érica Ferro:

    Dizer que é uma alegria imensa ler o que vc escreveu aqui seria, no mínimo, redundância!!

    Sei que vc escreve O QUE VIVE!
    Sei que vc vive O QUE ESCREVE!

    então, cara mia, nota mil pra vc, como ser humano forte, imbatível, guerreiro e que não se deixa NUNCA levar pela estupidez de umas certas profecias que de otimistas não têm nada, e só servem para alardear os incautos, fazer tremer os medrosos, levar à loucura os que já adormecem o sono dos mortos-vivos, como vc diz.
    Fico a pensar o que nosso Deus está achando de toda essa bobeira e enganação dos homens...aliás, eu sei sim! Mas o fato é que é bíblica toda essa situação.

    Amiga, arregace as mangas, sempre. Olhe para o Alto, sempre. Olhe para dentro de vc, sempre.

    E creia em um Deus maior que tudo isso que aí está.

    Parabéns! (já te disse que vc é uma VITORIOSA, em tudo. Uma grande e linda pessoa!).

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  29. NoSSA ! Oo
    Foi o melhor texto que li aqui ateh hoje.. eu AMEIII !
    Eu too passando por um momento meio "down" em minha vida... e mesmo qe vagamente esse texto mostra os dois lados da minha historia...
    Frases que diria e que poderia ouvir..
    Enfimm.. muitoo bom ler isso...

    Desculpa pela ausenciaaa aquiiiii ..To assim em todos os blogs... o tempo esta me consumindo =/
    Beijosss e volto assi que der

    ResponderExcluir
  30. Olha acredito Erica, pelo fato de já estarmos vivos já e um grande dom, a vida torna-se cada vez mais dificil, as pessoas mudam em grande ffluxo, hoje é admirado pelo que tem e nao pelo que é...

    penso tmb assim...mas temos que ter forças e sonhos e nao desistir jamais

    Bjoss

    ResponderExcluir
  31. "Viva, e deixe viver" Muito lindo esse teu texto, de verdade. Inspirador. Beijos!

    ResponderExcluir
  32. Arrepios ao final da leitura, que perfeição.

    parabéns.

    ;)

    ResponderExcluir
  33. Essa menina cada vez mais veraz, feral nas palavras, urdindo seus urgentementes...

    Carinho, Ferro.
    Continuemos...

    ResponderExcluir
  34. Em textos assim, é como conhecer o autor. Adoro. haha

    Mostrou uma fragilidade e uma força que eu nao imaginava em voce, ericona.
    rs

    beijos.

    ResponderExcluir
  35. Quem não dá a cara à tapa,
    não dá a cara a beijos.

    beijo!

    ResponderExcluir
  36. Adorei!

    Infelizmente assassinaram o meu amor, mas tenho certeza que um dia ele irá ressuscitar!

    Saudades de passar por aqui!

    Que bom que você já melhorou da virose(safadeeeeeeeenha!)!!!

    Beijos Mil,
    Dany.

    ResponderExcluir
  37. fé...
    coragem...
    sei que você tem de sobra...

    beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  38. Acredito muito em tudo isso que você disse. Acho que a gente tem que abraçar a vida. Não acho que tenhamos que ferrar com tudo, mas acho que a gente tem que se dar ao direito, se permitir, viver mesmo. Já é tudo tão difícil que se tivermos que passar a vida a alpiste pra ser saudável, que venha a gordura trans!
    Beijos

    ResponderExcluir
  39. Eu sou assim, crente no mundo e nas pessoas e que tudo pode mudar se todos quizerem.
    Mas, ultimamente essa minha fé esta um pouco abalada. Gostei daqui.

    bjo

    ResponderExcluir
  40. Ah, é isso . A vida é isso. Corrir riscos, mesmo que pequenos. É ficar sem ar, e depois te-lo esmagando o coração. É realmente sentir essa vontade esquisita de largar tudo e correr, mesmo que seja pra lugar nenhum. Olhar o mar e abrir os braços, como se encontrasse um ponto de equilíbrio. Tem gente que abstrai certas coisas. Prefere uma falsa segurança ;
    Eu prefiro me jogar dos penhascos que a vida apresenta. Eu prefiro VIVER, mesmo que as vezes isso de medo.

    Beijo floor ♥

    ResponderExcluir
  41. Que belo texto Erica, é de algo assim mesmo que as pessoas andam precisando. Ta na hora do povo acordar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  42. eu penso assim: a vida aqui na Terra é só uma.. tenho duas opções.. viver como se não houvesse amanhã, entenda, como se o que faço hoje não refletisse no futuro, ou viver por algo que transcende toda e qualquer limitação humana... viver na expectativa de uma estada vindoura e eterna num lugar bem melhor do que este.. logo, isso me fará não ter medo de romper com os dogmas e imposições desse mundo, pq minha expectativa sobrepuja a tudo que eu tenho visto... e o que eu tenho visto de fato tem me cansado.. então, ao inves de pensar como todos, ou a maioria, posso viver rompendo limites de uma expectativa natural pra conhecer o melhor.. contando é claro q não será um mar de rosas o tempo todo, mas ser forte é inerente a personalidade daqueles que optam por andar na contramão...
    beijoss Erica.

    cuide-see viu.
    até.

    ResponderExcluir
  43. Não duvido da tua força e coragem. Seu texto não escondeu isso, não foi forçado. Senti daqui.


    Beijos , linda.

    ResponderExcluir
  44. Ei, sacudidora, tudo bem? Casa nova, bonita, e o texto continua forte. Gostei! Bom, superadas as crises, acho que encontrei de novo um caminho. Só para você saber. Bom estar de volta aqui. Até breve!

    ResponderExcluir
  45. Lindo, lindo! Como sempre!
    Saudades tuas, como tu tá guria?
    beijão

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?