15 outubro 2009

Construtores do saber...

Dia 15 de outubro: dia do professor.

Professores, educadores, construtores de pensadores.
Há aqueles que, simplesmente, constroem repetidores, mas há outros que constroem seres pensantes, capazes de criticar, de defender suas ideias e ideais.
E a minha homenagem hoje é para esse tipo de professor, aquele que inova ao lecionar, aquele que interage com os alunos, aquele que ama a profissão acima de qualquer adversidade, aquele que sabe honrar esse nome professor.
Quero homenagear a você, querido professor, que vira noites e mais noites corrigindo provas, abdicando de certos lazeres e tudo o mais, preparando um novo método para explicar aquele assunto que tanto está sendo difícil para alguns entenderem, mas você não se dá por vencido. Você arruma um novo jeito, uma outra forma de explicação. Afinal, você é um professor, um mestre do saber, que tem o desejo ardente de ensinar, de fazer os outros compreenderem.
Sabe, por muitas vezes falei "Nossa, ser professor não é para qualquer um, não!", e não é mesmo.
É preciso, acima de tudo, amor e vontade de encarar todos os desafios, todas as dificuldades.
Ah, ser professor não é fácil. Tantos professores não são valorizados, até discriminados... Uma profissão pouco valorizada, mal remunerada, enfim.
Será que os mestres do saber, aqueles que são parte fundamental na nossa formação escolar e na nossa formação como pessoa, não merecem um maior respeito e valor?
Claro que merecem!
E é por isso que os admiro, pois mesmo com dificuldades, pedras e buracos no caminho, eles não desistem de fazer o que sempre amaram - ensinar.
Ensinar é uma forma de amar, de compartilhar, de doar parte de si, do que se aprendeu ao longo da vida.
Certo dia, uma professora minha disse que o maior prazer que ela tinha como professora era justamente os encontros que tinha depois com os ex-alunos. A maior felicidade era vê-los formados, bem estruturados, vencendo na vida.
E, de fato, é.
Os verdadeiros professores, aquele que amam a profissão mais do que amam o dinheiro, querem, principalmente, ver a nossa formação, o nosso crescimento como pessoa e como eterno aprendiz.
Já tive tantos professores maravilhosos...
Para ser franca, quase todos os meus professores foram sensacionais. Claro, sempre existe aquele que não gosta da profissão, aquela que faz as coisas por pura obrigação. Ou seja, aquele professor que escolheu a profissão errada, que não queria ser, verdadeiramente, um educador.
Me lembro da minha professora do jardim I, a Rosita, que sempre acreditou no meu potencial, sempre falou que era uma ótima aluna e que só tinha a crescer, a evoluir e a ser uma grande pessoa. Até hoje encontro com ela no ônibus, nas ruas. Meus pais, de vez em quando, encontram com ela, então ela manda lembranças, um beijo e sempre diz "Olha, diga para Erica nunca parar de estudar, de ter fome de conhecimento...!".
Pode deixar, Rosita. Se você já tem orgulho de mim, um dia, não muito distante, terá mais ainda.
Quero honrar teus conselhos e ensinamentos.
Ah, que alegria eu senti na 6ª série! Fui escolhida a melhor aluna da 6ª série, do turno vespertino.
Foi até engraçado, pois fui chamada para diretoria sem mais nem menos - os coleguinhas de classe ficaram rindo e falando "Ui... O que você fez, hein, Erica?". Enfim, no fim, era para receber essa notícia. Fiquei muito feliz por todos elogios e pela escolha.
Os professores são pessoas muito pacientes. Por mais que tenha alguns estressados, que perdem a calma e acabam gritando e se desesperando, há aqueles que são a calma e a paciência em pessoa.
Quem aguenta uma turma barulhenta e bagunceira?
Quem suporta aquelas criancinhas berrando, brigando umas com as outras e ainda tem aquelas que jogam coisinhas, do tipo bolinhas de papéis, lápis, livros... (opa, livros acho que não, né?) nos professores?
É, realmente os professores são dignos de nossa eterna admiração.
Não acho que conseguiria ser professora, acho que eu sou muito explosiva para isso.
Como eu conversava nas aulas! Os professores, nas reuniões de pais, sempre diziam "Ah, a Erica é uma ótima aluna, ótima mesmo, mas há uma coisa: ela conversa muito, mais do que o homem da cobra...".
Enfim, eu não sabia que a cobra tinha um homem, mas tudo bem, pulemos essa parte.
No ensino médio, acho que melhorei no aspecto de conversas paralelas. Se bem que havia horas que eu voltava ao tempo de conversar como louca.
Porém, agora, quero fazer uma singela homenagem aos meus professores do ensino médio, pois foram os anos finais da minha vida escolar.

Silvana, suas aulas de português eram ótimas. Ficava feliz quando me escolhia para fazer alguma pergunta, e eu toda empolgada respondia e, quase sempre, acertava. Muito obrigada por me elogiar e por falar que eu era uma das melhores alunas na sua matéria. Sinto muito falta das suas aulas, sempre sentirei...

Sônia, nunca tive uma professora de matemática tão excelente quanto você! Não quero desvalorizar as outras, mas você ensinava de um modo tão fácil, eu entendia perfeitamente. Dava gosto de ver as minhas notas, por isso, mais e mais me empenhava, por uma questão de satisfação pessoal e também para ouvir um elogio seu, que era muito importante pra mim. Aulas de matemática? Só se for com você!

Ricardo... Nossa! Você, apesar de não ter sido o meu professor de biologia no colégio, foi no cursinho preparatório para o vestibular, e eu fiquei muito feliz por poder te conhecer e ter aulas maravilhosas contigo. Como você ensinava de um modo engraçado e fácil. Ria e aprendia com as suas aulas. Sinto uma enorme falta, de verdade.

Gustavo, você é melhor professor de história que eu já tive na vida! Viajava nas suas aulas. Sua voz era o meu transporte. Seu modo de ensinar era leve, você falava, e a gente viajava, vivenciava os momentos históricos, fixávamos o conteúdo de uma maneira quase mágica. Você, sem dúvida, é o melhor!

Alberto, poxa... Alberto! Por que eu nunca consegui entender química, hein? Eu bem que tentei, você bem que tentou, mas não deu. Nunca aprendi, você até dizia "Dona Erica, pare de nadar um pouco e vá estudar!". Eu juro que estudava, mas não conseguia assimilar a química. Química, pra mim, sempre foi o meu calvário, mas o senhor... ah, o senhor foi o melhor que eu já tive! Sempre irreverente, engraçado, autêntico em suas aulas. Sinto falta, não da matéria, tenho que ser sincera, mas do modo alegre que você ensinava.

Ah... Queria homenagear tantas pessoas, tantos mestres que me fizeram ser o que sou hoje. Se não por completo, mas, com certeza, em uma boa parte. Cada mestre que passou por minha vida, deixou um pedacinho de si comigo. Cravou sua marca em meu ser, na minha memória, no meu viver.
Meu muito obrigada penso ser pouco. O que posso fazer para agradecer, de verdade, é continuar tendo fome de conhecimento, é continuar crescendo e sendo uma eterna aluna, uma eterna aprendiz. E é isso o que eu serei.

Obrigada, mestres do saber de todo o país e do mundo!
O dia de vocês não é apenas no dia 15, mas sim todos os dias.
Meu desejo e meu pedido é que vocês não se deixem nunca desanimar, desacreditar em um futuro melhor e mais digno através da educação.
Persistam, jamais abandonem as lousas e os livros.
Continuem formando cidadãos e pensadores.
Continuem sendo essas pessoas maravilhosas, pacientes, sábias e dedicadas.

Que vocês, deveras, tenham tido um dia feliz. Vocês merecem!

(Erica Ferro)



Pauta para a 1ª edição relâmpago do PostIt - Ao mestre com carinho.



P.s: Gente, eu não sei mais fazer uma postagem e não colocar um P.s. Virou mania, vício, não sei nem como chamar.
Mas é que eu gosto de ter esse lado mais informal com vocês, deve ser isso.
Olha só, como o texto ficou enoooorme, eu não vou me estender muito nesse meu P.s.
Só quero, como sempre, agradecer e dizer que vocês são especiais pra mim.
E, claro, saber como vocês estão, essas coisinhas...
E, não menos importante, saber o que acharam dessa minha postagem de hoje: se ficou legal, mais ou menos, dá pro gasto, vixe! ruim demais...
Enfim, me digam, viu?
Grande abraço pra vocês, meus queridos.

31 comentários:

  1. Ser ptofessor não é para qualquer um mesmo, saudade dos meus antigos, nossa como eles foram importantes. Agradeço a paciência de cada um deles já que falava demais, mas desejo sorte àqueles que não se empenhavam tanto. Linda homenagem!

    :)

    ResponderExcluir
  2. ótimo post.
    É bonito ler um texto assim. Parabens.e parabens tb à todos aqueles que vc homenageou..
    Maurizio

    ResponderExcluir
  3. nossa! como vc escreve! ve-se que vc tem conteudo!

    ResponderExcluir
  4. Linda homenagem! *-*
    Das coisas que meus professores (os verdadeiros) me ensinaram, do que eu menos me lembro, é da matéria ensinada. Eu lembro da paciência, do interesse, da preocupação, do que me foi ensinado com exemplos práticos no dia-a-dia
    Um professor tem que estar preparado pra ser mais que um mestre de sala. Professores são educadores, ídolos, amigos e, às vezes, pais.

    ResponderExcluir
  5. hehe, eu adoro os meus professores, confesso que não sou/nunca fui melhor aluna da sala, mas o ensino médio memudou um pouco; preocupações com o vestibular e a amizade dos professores que nos acompanham em viagens e passeios, nos faz ver o outro lado do professor... aaah eu adoro eles!!

    e a proposito, me mae tambem chama Silvana, como sua professora de portugues, embora nao seja prof. heheh

    ResponderExcluir
  6. parabéns aos professores... aqueles que constróem todos os outros profissionais... e que tb ajudam na nossa construção como pessoa... quem de nós nunca se espelhou naquele professor que era nosso motivo de admiração!!!???


    bjosss!!!

    ResponderExcluir
  7. Bela homenagem. Realmente os professores, hoje, principalmente em nosso país, não recebe o valor que deveria. Alunos que querem ser melhores e acabam desmerecendo o trabalho dos educadores. Lembro-me de quase todos os meus professores, de cada modo de ensinar, sentirei saudades de muitos. Bela é a profissão deles. Parabéns a eles. E a você Érica pelo texto.

    ResponderExcluir
  8. É difícil leccionar. É que além de instruír também há que saber educar!

    Isso é o mais difícil!

    ResponderExcluir
  9. Erica,

    Já disse lá no Palavras e repito aqui : tu é uma simpatia, um docinho! ^^

    O post ficou ótimo, achei lindo citar teus professores, comentar sobre eles. São vínculos fortes, realmente nos marcam, é bom guardar essas lembranças.

    Lembrei do Dionísio, meu professor de Matemática da oitava série : além de ser um amor, divertido, engraçado, ainda tinha uma técnica especial para fazer com que memorizássemos as fórmulas...rs

    Para as provas, tínhamos que preparar uma cola. Isso mesmo, um papel de 10 cm x 8 cm, contendo todas as fórmulas, uma cola, literalmente. E essa cola deveria ser entregue junto com a prova, e valia nota.

    Resultado : o povo expremia tudo naquela cola, fazendo a letra bem pequenininha. E de tanto fazer, fazer, refazer a tal cola, para caber tudo, ninguém precisava dela durante a prova. =)

    Cara que sabe das coisas, aquele.

    Dois beijos de sexta, moça.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  10. aaaaaaaaaaaaaaamei o texto.

    e realmente é dificil, falar e até mesmo reconhecer o esforço que os professores, fazem, e tentam fazer nós aprender um pouco mais, e muitos não reconhece, eu sempre tirava notas boas, mas hoje realmente ando deixando um pouco de lado os estudos, e não vou tão bem nas provas.
    Mas o seu texto ficou grande sim, mas bem interessante e eu gostei da maneira que tu se expressou e falou de seus professores e tales.

    Ps : Estou com mania também na verdade eu coloco Obs, nos meus ultimos, poste informando alguma coisa, mas acabo arrumando as vezes, e até apagando...

    continue escrevendo.
    e eu vou continuar acompanhando, sempre que tiver postagens novas,

    ResponderExcluir
  11. Sempre me humilhando com seus textos heim? Muito bacana tudo o que você escreveu. E é a mais pura verdade, eles lutam muito para que a gente aprenda (pelo menos) o necessário e são tão desmerecidos, né? Gostei muito, como sempre!
    Lindona, te adicionei no orkut... se quiser me aceita lá, é JL. :)
    Que lindo o carinho que tens pelos professores antigos, dá uma saudade deles, né? Também morro de saudade dos meus.

    Florzinha, é isso.


    Beijo enorme.

    ResponderExcluir
  12. Eu adorei a homenagem ao dia do Professor.
    Sabe, sou de uma família de duas gerações de professoras. Avó, mãe e tia. E elas são meu orgulhinho.

    ResponderExcluir
  13. educação é tudo, não canso de dizer, rsrs,
    Ser professor é ser um pouco pai, e contribuir com um pouco de ti pra todos...
    bons dias

    ResponderExcluir
  14. Homenagem aos professores!*.* Ficou mara o texto sim!;)É uma das profissões mais importantes no mundo,mas nem tanto valorizadas...=/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Erica, sabia que eu nunca tinha visto alguém gostar tanto de professor como você?! hehe'/ eu também tenho cera admiração pelos meus, porque eles me ajudaram/ajudam no processo de formação e eu jamais vou esquecer de todos os esforços que foram feitos por eles em prol do meu conhecimento.
    Ontem eu fiz questão de ir na casa da minha professora de literatura (que é a melhor da escola) pra parabenizá-la por tudo que ela fez e faz por mim. É a melhor professora que alguém pode ter: o professor amigo.

    Ah, e meu maior espelho para seguir na carreira de professor convive comigo todo santo dia: minha mãe! Sempre vivi em meio aos educadores, meu destino já está premeditado, tenho certeza disso: vou lecionar!

    Own, quer saber quem é TM? haha', vai ficar curiosa, então ! kkk, que nada, mais cedo ou mais tarde eu direi publicamente quem é, já tá mais do que na hora do que eu admitir os sentimentos que habitam minha alma. Já chega de esconder as coisas.

    Beijonas, e é verdade mesmo. Gosto mais dos seus comentários do que chocolate e ruffles de cebola. kkkkk

    Te amo ♥

    PS: FUI ESCOLHIDO NO VEJABLOG! *-----* TÔ CAINDO DE FELICIDADE!

    ResponderExcluir
  16. Tem que ter cara e coragem pra ser professor hj em dia, pois muitos alunos nao os respeitam, falo isso porque na minha sala poucos professores sao respeitados.
    O negocio é que muitos ainda nao sabem como essa é uma importantissima profissao!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Caaaara, que mais lindo do muuuuuundo esse texto. Acho bonito quando vejo esse valor que os alunos dão aos professores, nos dias atuais...
    Já passaram por mim uma dezena deles... devo muito a cada um... ah... adorei ..

    Beijãão :)

    ResponderExcluir
  18. Obrg. pelo coment. no meu blog ;)
    Volte sempre qe qiseer ~ tô seguiindo o seu / adorei aqii
    bjoos;*

    ResponderExcluir
  19. Que texto e homenagem lindo Erica. Sabe, como você disse, ser professor não é pra qualquer um não. E eu sei bem como é, porque minha mãe é professora.

    E sabe, nem todos os alunos valorizam, prestam atenção na aula, falam um muito obrigada por me ensinar. Mas é isso aí, esse é o nosso Brasil que precisa mudar.

    Beeeeeijos

    ResponderExcluir
  20. Ih, tinha vontade de citar meus profs tb. Eles seeempre foram muito especiais pra mim, e estão sendo ainda mais agora,nos momentos moribundos do ensino médio (aaiai terceirãooo). Ainda ontem uma professora minha que amooo de paixão me deu uma lição enorrmee. fez a gnt pensar sobre o que queremos da vida e do furuto. Por causa dela e de tantos outros eu tb jah pensei em ser prof. mas acho q n vai dar certooo. Enfim, enquanto eu n preencher a minha inscrição no vest tudo pode acontecer...

    Parabéns, Erica

    ResponderExcluir
  21. Tudo que eu desejo a toda classe de professorado é força pra vencer essas barreiras da difícil educação pós-moderna em que o aluno sempre tenta sobresair-se ao mestre.

    ResponderExcluir
  22. Como ainda sou uma estudante de ensino médio prezo pelo bom diálogo com todos os professores, mas tem aqueles que não conseguem separar os problemas familiares com os escolar, tornando a convivência insuportável e a matéria, nem sob muita reza braba, não entra.
    Belo texto, também lembro do nome de todos os meus professores e seus ensinamentos!
    Beijo

    ResponderExcluir
  23. Só de pensar que eu já quis ser professora... Tem seus pontos positivos, mas hoje em dia falta muito respeito aos nosso educadores. Alunos que entram armados e ameaçam seus professores. Isso é horrivel!
    Também tenho mania de por P.S., mas essa mania eu peguei mesmo foi com a Cary, do blog: Coluna da Cary. rs

    ResponderExcluir
  24. ah,ler seu texto me fez lembrar dos meus antigos professores.Um dia eu também fui chamada na diretoria,na sexta série;também fizeram a mesma pergunta,e era para eu ganhar o mesmo 'premio' que você.Ah,que saudade daquela época.E os professores,feliz dia do professor,atrasado kk
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Nossa, muito legal o post. É muito bom lembrar daqueles professores que nos marcam e nos ensinam não só a matéria da escola mas também a matéria da vida.

    Eu to bem guria e tu como tá?
    Eu nem sei mais sobre o que postar, sabe quando dá aquela confusão, várias ideias ao mesmo tempo mas sem conseguir organizá-las? Estou assim. Mas é bom saber que tu gosta do que eu escrevo, obrigada :)

    Ótimo findi pra ti :*

    ResponderExcluir
  26. Eu admiro muito alguns professores. Mas só alguns. Admiro aquela vontade de ensinar, aquela paixão por alguma coisa, alguma causa. Acho lindo alguém se doar tanto pra algo que realmente acredita. Mas não são todos os professores assim, existem alguns que sujam a classe. Aqueles que não acreditam realmente no que fazem, sabe? Já tive a oportunidade de conhecer um professor que ensinava maravilhosamente em uma escola particular e simplesmente não dava aula nenhuma em uma escola pública. Pra mim isso é revoltante, é coisa de quem não tem amor ao que faz.
    São aqueles professores apaixonados que merecem essa sua linda homenagem.

    E é claro que o texto tá maravilhoso, como sempre.
    :*

    ResponderExcluir
  27. Sinceramente acho que os professores brasileiros são muito é guerrereiros pq todo mundo sabe que professores não recebem o mérito todo que deveriam. Porque, venhamos, tem certos alunos que dá vontade de mandar lá pra aquele lugar asuhauhuahsuhas. Sorte sua que a maioria dos seus professores foram sensacionais, já eu n tive essa sorte com os meus, mas é claro que tive uns que nunca vou esquecer. =)


    bjo.

    ResponderExcluir
  28. Nossa Achei....passei até para alguns professores meus que tem email....muito lindo parabens...^^
    Sim os professores Brasileiros....acho q são os profissionais mais honéstos e guerreiros que tem.....tive ótimos professores, cara morria de pena quando ele tinha q sair correndo pra ter q da aula em outra escola...

    ResponderExcluir
  29. Sem dúvida que ser professor não é pra qualquer um. Tem que ter o dom pra isso.
    (eu não conseguiria, não tenho paciência pra nada, quanto mais para ensinar >.<)

    Tenho tanta saudades de alguns professores.


    ps: você ganhou o PostIt merecido /FATO *0*


    :*

    ResponderExcluir
  30. nossa Erika chorei, muita linda sua homenagem, nuuss não tenho o que dizer simplesmente perfeita/fato

    mais é isso msm,acho que sempre que olharmos pra trás vamos nos lembra de algum professor que marcou o nosso modo de viver, seja por ter cido o professor mais chato que vc conheçeu ou por ter sido aquela pessoa mais amorosa e paciência de jô que vc teve a honra de conviver. Pois com aminah mãe é assim, ela sempre relata algum otimo que ela teve, comigo é assim e os netos da minha mãe(não nescessariamente meus filhos^^) tbm serão.

    eu tbm creio que não seria uma professora, por isso agradeço a todos que tiveram essa vocação.Por que só mesmo sendo um Dom, vocação pra uma pessoa ter o prazer de ensinar e posso dizer que encontrei muitas dessas pessoas com esse Dom no meu caminho (:

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?