08 novembro 2009

Espero a sua vinda...

Às vezes me bate um desespero louco, um desejo insano. Na verdade, me vem uma vontade irracional de te procurar pelas ruas da cidade, de te encontrar, de te abraçar, de te dizer o quanto eu penso em você e sonho com você.
Sei que é loucura, pois não sei onde posso te encontrar. Você se esconde de mim, não é? É sim, pois, por onde passo, ando atenta, olhando bem os rostos das pessoas, tentando encontrar um vestígio seu.
Um dia, num dos meus ataques, saí vagando e chorando pela avenida. As pessoas me olhavam, assustadas, espantadas com aquela cena: uma garota descabelada, olhos vermelhos e inchados de tanto chorar, andar curvado e quase trôpego.

Provavelmente pensavam: "Deve estar bêbada, até mesmo drogada, meu Deus!".
Por vezes pensei que você fosse uma bebida, uma droga daquelas bem perigosas e viciantes, que nenhum tratamento dá jeito. E, sabe, você é.
A sua indiferença é tamanha, que, por um tempo, pensei ter te esquecido, ter jogado você no mar negro do esquecimento da minha mente. Tudo ilusão!
Quando eu menos esperei, um cheiro, uma música, um poema, me fizeram lembrar você novamente.
A paixão, que estava desmaiada, totalmente fraca dentro de mim, se revigorou e me sufocou.
Você me sufoca. Você me atormenta.
Não, não é isso. Você não me sufoca, a paixão por você é que me sufoca. Ela que faz essa confusão e essa danação em mim.
Olhe, eu só queria que você me correspondesse, que visse as minhas poucas qualidades, que visse essa louca paixão que arde em meu peito.
Eu sou capaz de te amar, de te fazer feliz. Por que você não vem para os meus braços?
Só queria que você deitasse em meu colo e me deixasse mexer em teus cabelos.
Me deixe confessar ao seu ouvido os sonhos que tenho contigo. Você é sempre tão lindo, sempre tão atencioso nesses sonhos.
Sabe, certa vez, num dos meus sonhos mais utópicos, você estava num cavalo branco. Sim! O famoso cavalo branco. É, você parecia um príncipe.
Não, não só parecia. Você é um príncipe, mesmo com todos defeitos. Sim, eu reconheço os seus defeitos. Minha paixão não é tão cega e tão louca assim. Porém os teus defeitos e tudo o que possa existir de cinza em ti, não é nada comparado a imensidão do meu sentimento, do meu querer incessante por ti.
Eu te amo. Te amo mais do que eu poderia imaginar. Eu te amo, simplesmente, eu te amo.
Saiba, estou à sua espera. Já abri as janelas, portas e portões da minha alma.
Ela anseia a sua vinda, a sua morada permanente.

Oh! Diga que vem, meu bem.

(Erica Ferro)



P.s: Momento de pura inspiração, pura paixão. Adoro essas coisas, sério.
Enfim, o texto é uma mistura de invenção com sentimentos meus.
Usei umas bolas hipérboles aí. Adoro hipérboles. Eu sou uma (haha!).
Ah, antes que eu esqueça! Se divertiram com a postagem anterior, não é?
Tudo bem, tudo bem. Fico feliz que o meu mico tenha arrancado boas risadas.
Afinal, mico serve pra isso mesmo. Você morrer de vergonha na hora, querer morrer, mas depois, num amanhã não muito longe, rir de tudo isso e fazer uma boa piada.
(...)
E aí, como estão?
Posso dizer que estou bem melhor. O negócio é pensar menos no que não foi e fazer o que tinha que ser. O passado é coisa morta e invisitável. Já foi, eu deveria saber. Aliás, eu sempre soube. Sabe gente que gosta de sofrer, de se lamentar, só pra fazer a ferida arder e doer? Pronto, sou eu.
Mas, agora, o momento é de alegria, de pelo menos tentar sentir a alegria e ter fé num futuro com frutos.
O negócio é fazer o nosso tempo - anos, meses, semanas, dias, horas, minutos, segundos e centésimos - valerem a pena.
Bom, é só isso; pelo menos por hoje.
Uma ótima semana pra vocês, amigos blogueiros.
Sintam-se abraçados pela @ericona (meu twitter - sigam, sigam!).
Até mais ver.

47 comentários:

  1. Poxa, apaixonada, hein Ericona?! Cara, eu já chorei assim no meio da rua por causa de uma pessoa... e eu me arrependo disso. Foi muito feio e foi chato. Aquela cara vermelha e melecada de lágrimas... Argh! Mas, bom como vc mesma falou passado é coisa morta e invisitavel, então já esqueci disto. :p

    Beijos! :*

    ResponderExcluir
  2. odeio pessoas apaixonadas, odeio. aehauehae brinks.
    que bom que estás melhor, @ericona HAHA

    ótimo texto ;*

    ResponderExcluir
  3. Ai minha nossa, eu que sou a poetisa? Você é o que Erica? Meu Deus, quanta inspiração!!!!!!
    Lindo, intenso! Adoro isso!

    Estou descansada sim rs..

    Tens orkut?

    um beijo

    ResponderExcluir
  4. Ericonaaa rs
    Que liiiindo isso aqui. Aliás, lindo é TUDO o que você faz, né?!
    Sou sua fã :D
    beijos

    ResponderExcluir
  5. nossa erika ficou otima a postagem
    linda, romantica, avassaladoura *-*
    adorei/fato

    bom saber que seu estado de espirito estar melhor, nos faz nos sentir melhor tbm.

    bjs e inté mais =*

    ResponderExcluir
  6. Aprecio a forma como escreves!
    pena que sumiu e deixou de me seguir, abraço!

    ResponderExcluir
  7. linda a sutileza deste texto...

    encantei totalmente(seme xageros)

    Pq amo também e quem ama conhece esta doce espera.

    =*

    Lindo

    ResponderExcluir
  8. neste exato momento... odeio casais felizes... prefiro a internação

    ResponderExcluir
  9. muito bacana Érica, sonhador, sutil, rsrs, que seu principe do cavalo branco lhe faça muito feliz, rs
    bons dias

    ResponderExcluir
  10. Que lindo texto erica... adorei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. muito fofo, cheio de sentimento bonito.

    ResponderExcluir
  12. Sou péssima pra escrever sobre sentimentos, com profundidade então...nem se fala. Já você neah, tem uma inspirações ótemas.


    ;)

    ResponderExcluir
  13. por vezes a alma faz essa procura, voa pela noite escura, e encontra no corpo do amada a tua paixão.

    ResponderExcluir
  14. Intensidade é o que há, dona moça!

    Como diz a música, "eu quero sempre mais".

    ;)

    Beijo,

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  15. É bom se apaixonar! *-*
    to seguindo, bjj

    ResponderExcluir
  16. É bom se apaixonar! *-*
    to seguindo, bjj
    obs: é a mesma pessoa do comentário acima, só que eu apertei enter sem querer antes de mandar.

    ResponderExcluir
  17. ahh, eh mt bom saber que vc ta melhor.. realmente, se lamentar assim soh nos faz mal neh?? xD
    bjusss

    ResponderExcluir
  18. Tão sedutor e trágico esse texto, mas cheio de paixão e inspiração. Por essas e por outras que não podemos nos apaixonar, ficamos doentes. beijos :D

    ResponderExcluir
  19. Ahh gata!
    amei o texto, tbm adoro coisas assim.
    e fico mega feliz de você estar bem!
    de verdade.

    *--*

    ResponderExcluir
  20. Ai, lindo, tão... apaixonado, doce... ardente, sei lá... Algo lindo (aliás, como sempre...) :D

    P.S- Amiga, o msn já tá instalado há muito tempo, só simplesmente não tenho tido tempo para passar aqui no computador, principalmente devido à escola e à simples perguiça de esperar que esta lentidão de computador se ligue e aceda às páginas da internet.
    Mas também tenho muuuuuuuitas saudades tuass!!! <3

    Amo-te muito muito amiga! :D

    ResponderExcluir
  21. Oi moça bonita! Sofrendo ou vivendo por amor?
    Voltei a postar, visita!
    bjos!

    ResponderExcluir
  22. Esses momentos de inspiração são puro SUCESSO.

    ResponderExcluir
  23. Ameeeeei, me vi no teu texto!
    ' Me encontra, ou deixa eu te encontrar' (8)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  24. Oiew! Obrigado pela visitae que bom que tu gostou, mulé! Sério! ^^
    Não vou te desejar sorte porque vc não precisa, você tem talento! :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Inspiração solta hein?! Ficou ótimo! Amei! Paixão a solta tbm hein? aushuasusasusuah
    Bjooss

    ResponderExcluir
  26. O amor de todas as manifestações traz consigo emoções únicas! Lindo texto!!!

    ResponderExcluir
  27. Que bom, lindinha, que escancarou janelas, portas,e portões da sua alma para 'ele'...
    Isso vai te render um ótimo conto para a blogagem coletiva, né não?...
    Eu já estou preparando o meuzinho tb!!!
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  28. É uma merda sair na rua a procura de alguém... parece loucura, mas as vezes rola!
    Afe!

    Gostei do texto... cheio de sentimentos... amo sentimentos.

    Me ache no twitter. @pamrodrigues

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Eita, véia...

    Po... gostei demais do seu perfil...

    :-P

    xD

    ResponderExcluir
  30. Pior que procurar, é saber onde a pessoa está mas não poder ir a seu encontro.
    Isso sim que é sufoco!

    =(

    Bjos

    ResponderExcluir
  31. Oi amada,
    eu faço layouts sim, por encomenda.
    Normalmente pego lays prontos, preferencialmente desse site aqui(http://www.yummylolly.com) e altero para as cores e imagens que for da preferência.

    Se tu quiser um, só mandar por e-mail pra mim e não ter pressa para receber de volta que eu te faço de bom grado.

    beijos

    ResponderExcluir
  32. Ah...
    lendo coisas assim que cresce inspiração. Lindo demais!!!

    Muito grata pelo carinho e logo mais a continuação sairá. Basta apenas eu descobri o que tem dentro da caixa! ushuhsuhuss

    Beijão.

    ResponderExcluir
  33. Olá Erika, entrevista disponivel no blog. Saudações!

    ResponderExcluir
  34. texto apaixonado
    loucura
    impulsividade

    êeeeita

    hauhauhauha

    legal

    ResponderExcluir
  35. Amo textos que falem sobre paixão
    *-----*

    Ficou lindo Ericona!
    HAHA gostei tanto desse apelido.
    AOPSKAPOSPAKS'
    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Ele vem ericona, relaxe ;)
    UAHAUAH

    ResponderExcluir
  37. Oiiiiiiiiiiiii

    Vim te visitar... ta desesperada? Procura o cara.. o que tem a perder? rs

    Saudade de vc querida!
    bjs

    ResponderExcluir
  38. Oiee eu ja passei por q vc escreveu alii e realmente foi uma das melhores esperiencias q ja tive pois aprendii mais coisas sobre mim coisas q nunca imaginei maiis melhoras amada beijos

    ResponderExcluir
  39. E preciso falar que mais uma vez amei o seu texto? Super apaixonante, cativador e poético. Sim, essa última palavrinha transborda em ti, né Érica?
    Acho muito engraçado o modo como você se critica, ao mesmo tempo em que aponta as soluções para si mais certeiras, adoro.
    Hipérbole tu diz que és, todavia quem não é, né?
    Espero que mesmo não lhe pertencente por inteiro tal sentimento, possa encontrar algum da mesma intensidade, só que com uma única diferença: que seja correspondente e igual para ambos. (:
    Torço por ti, Érica poeta, sempre!
    Beeijos.
    ps: sabe como sanar um surto de ausência de inspiração? haha ):

    ResponderExcluir
  40. Lhe adicionei! rs
    Não excluir Flor, só estou sem tempo pra escrever por lá. Logo logo, estará de volta!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  41. Ouuun *_* Lindo.

    Parece que quando botamos paixão, ou desilusão,os textos fivam melhores.!

    Diga que Vem, meu bem. Disse tudo.!

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  42. Bom, só posso comentar que adorei o que vc escreveu, vc realmente sabe usar a hipérbole, vc realmente se entregou sentimentalmente em seu texto. Forte abraço Érica. Lembre-se que estarei sempre aqui no sacudindo palavras.

    ResponderExcluir
  43. Que massa o que escreveu... Sabe mesmo sacudir as palavras!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  44. Apaixonada ? rs
    adorei o texto ! beijos
    obrigado por aparecer sempre !

    ResponderExcluir
  45. Oh, diga que vem, meu bem.
    Que final lindo!

    :)

    ResponderExcluir
  46. Esperar por alguém que pode não chegar, mas esperar de todas as formas. E querer de todas as maneiras. (:

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?