10 janeiro 2010

É o fim!

Oh! Não grite, Silêncio!
Não vês que tua voz fere meus ouvidos
Cega-me a visão
Vês a incoerência que tu causas?
Vês toda essa desgraça?
Tu que causaste, satisfeito?
Pois sim
Creio que estás!

Ris de mim, eu escuto
Este teu risinho quase diabólico
Ris porque eu não sei mais o que falar
Ris porque só consigo enxergar o negro
Ris porque o meu quarto está oco
Vazio e sem cheiro
Neutro...
É tudo o que hoje sou

Tu, Silêncio, vestiu-me de neutralidade
De insensibilidade
De impossibilidade

Vês, não consigo mais fingir
Não consigo mais mentir em poesias
Nem em poemas
Nem em contos mal contados de amor

Eis o fim de uma amante das palavras
Eis o fim de uma pseudopoetisa
Eis o fim da poesia de uma sacudidora de palavras

(Erica Ferro)



P.s: Sim, é o fim. Ou parece ser. O fato é que não consigo escrever nada que seja interessante, não que um dia eu tenha escrito. Mas a gente sabe quando o estrume virou algo pior do que o próprio estrume. É hora de tchau, amigos.
E quem sabe um abracinho, pra ficar tudo no diminutivozinho (que redundância, "diminutivozinho", vejam, então, a decadência da pessoa...).

Eis o fim, o fim...
Estou me segurando para não excluir de uma vez o blog, mas não sei se me segurarei por muito tempo. Afinal, não tenho muito auto-controle. Então, se não me encontrarem por aqui mais, liguem-me, mandem-me um telegrama, qualquer coisa... Enfim, é isso.
Um abraço daquela que um dia dera-se bem com as palavras, Erica Ferro.

44 comentários:

  1. olha o drama, Erica. é fase, sossega tua alma, mulher! Procura ler, ver filmes, novela, ouvir musica, qualquer coisa... se distrai e esqueça dessa idéia de girico.

    ResponderExcluir
  2. Sei o que tá sentindo, nem sempre as palavras andam de bem com a gente. Mas não exclui o blog não, a gente não merece tanto. Tbm não fica desapontada, dias melhores virão!
    E nem vem dizendo que ficou ruim, pode não ter sido o melhor texto da sua vida, mas vc conseguiu expressar exatamente aquilo que tá sentindo!
    Bjooss

    ResponderExcluir
  3. Eu já fiquei um ano sem escrever nada e confesso que não leio livro algum até o final há dois anos. Não faça isso. Qualquer escritor, por mais famoso que seja, tem uma fase dessas. Não faça algo que se arrependerá depois... Poxa, você é ótima. Esse blog pode te oferecer coisas boas, amigos, conhecimento... :)

    ResponderExcluir
  4. Nâooooo faça isso @ericona. É só uma fase ruim de falta de inspiração. Um blog não vive só de textos, tem amigos, confissões e cumplicidade.
    Espero que o tempo responderá suas dúvidas e o coração acalentará seus anseios.
    " Se não há palavras, não há poesia"

    A vida perderá a graça...
    Fica vai!!!

    ResponderExcluir
  5. ERICA!
    Não, por favoooooooooooooor!
    Eu não acredito nisso, não faz isso!Vai passar. O que vai ser de mim sem suas palavras lindas minha Poetisa? Respira fundo. Você é linda, escreve maravilhosamente bem. O que vai ser de mim sem o carinho das tuas palavras? Ah, para com isso.
    Ah não, fica vai? :(
    Cadê você no Msn? kkkkk

    "Pseudopoetisa"?

    Não, eu realmente vou acreditar que é uma fase!

    ResponderExcluir
  6. Ela adora poesia, amores fulgazes e finais felizes, porque há de acabar com toda a nossa alegria?! Ó rimou! ¬¬'

    Erica FERRO, sua dramática! #CampanhaEricaFica o/

    É,eu tenho vontade de te bater, mesmo. Hoje, o tal bichinho da inspiração também resolveu aparecer pra mim. Vai, não se preocupe. Amo seus textos e poemas, flor! Nada faça nada que depois se arrependa.

    Beijos
    ;*

    ResponderExcluir
  7. A gente cicla nessa coisa de escrever. Ora nos cansamos das palavras, ora elas se cansam de nós; coisa de quem se ama, mas que, às vezes, esquece como é que se faz essa tal de simbiose. E essa, a gente só relembra insistindo.

    Insista nas palavras. Sempre vale a pena mostrar a elas quem é que manda :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Não se preocupe, essa é uma total crise de blogueira, todos nós ja passamos por isso e todos (ok. quase todos) superam isso numa boa, então, ate a proxima.
    bejo!

    ResponderExcluir
  9. Estou rosa chiclete!
    Que bobagem toda é essa?
    Acredito pois qu você tem se apegado nas palavras, nas rimas. Mas para escrever é necessário apenas uma coisa: o coração.
    Pare de escrever para nós, escreva para ti mesma.
    Escreva coisas sem noção, escreva o que sente!
    Porque por mais sem noção e estrume que seus textos possam parecer, talvez para nós, trata uma semelhança ou então uma mensagem.

    Não é preciso de muito pra escrever, apenas sentimento, e isso eu sei que você tem, Erica.
    Vamos tente, não abandone.

    Não tenha vergonha de escrever coisas tolas, não precisas ser melhor, nem escrever melhor que ninguém. está bem?
    Apenas escreva o que sente.
    Adorei como você falou do silêncio, as vezes ele zomba de nós mesmo.

    Anda, escreva!
    Não quero parar e ver você desistir no meio do caminho.

    Insista.

    Beeeeeeeeijos.

    ResponderExcluir
  10. NÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!
    Erica Ferro pare de graça, você não pode excluir o blog.
    Todos nós temos esses momentos em que a inspiração não chega nunca, mas um dia ela vem tenho certeza!
    Mas não faça isso por favor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Uau, olha a Rúbia ali em cima! =)

    Posso brigar contigo como tu briga comigo quando eu digo que vou excluir o meu blog? Posso? Posso? Possoooo???

    Por mais que eu tente não consigo brigar contigo... Que coisa!

    Sei o que se passa na tua cabecinha, guria! Tá tentando aplicar o mesmo golpe, né?

    ahsuahsuash


    Beijo, inté mais...

    ResponderExcluir
  12. Eu tb to meio assim, com uma vontade monstra de escrever, mas sem nada pra contar. Relaaxa, daqui a pouco a inspiração volta.



    bjo

    ResponderExcluir
  13. A inspiração as vezes se esconde, mas ela sempre reaparece. Por vezes precisamos ser pacientes com nós mesmos.
    beijão

    ResponderExcluir
  14. Minha Linda...
    A sua inspiração vai voltar, tenho certeza...
    Não se preocupe...
    Curta a vida e uma hora ela aparece...
    E enquanto ela não volta, não tome nenhuma decisão precipitada!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Pa-ra-tu-do!

    Ericona, todo mundo passa por fases assim, isso não é motivo para jogar fora tudo de bacana que já postou aqui, os comentários dos amigos, as lembranças...

    Se fosse uma decisão pensada, sem mágoa, sem tristeza, apenas a constatação de um ciclo que se fechava, tudo bem, mas não é, flor, é um período ruim, apenas, e isso vai passar, tenha certeza.

    Fica por aqui, tá? Promete? ^^

    Beijo, beijo.

    Te gosto.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  16. EEEU JÁ TE DISSE O QUE EU ACHO, JÁ BATI MEU PÉ E DISSE PRA NÃO DARES UM FIM NISSO TUDO! já tivemos a nossa conversinha em particular no msn aehaeuhe e sabes que não deves meeeeeesmo excluir isso aqui, nem parar de postar. PORQUE ÉS POESIA, ERICA. ÉS TODA POESIA, E ESCREVES O QUE ÉS COM TAMANHA BELEZA!

    minha blogueira preferida, lalala ♪ não abandona aqui, por todos nós !

    e pela tua alm de poeta!

    ResponderExcluir
  17. tás é doida, como sempre fostes!!

    te segura q inspiração vem com momentos!!

    ResponderExcluir
  18. Nãaoo!

    Nãaaao!

    Erica, querida, n faz isso. Seu blog é um dos melhores q eu conheço e eu juro q vou ficar de luto se vc fizer uma loucura dessas. Esses tempos de seca são normais. Todo muundo passa por eles, n precisa significar o fim.

    Se eu estivesse aí do seu lado, te sacudiria até vc cair na real.

    :|

    ResponderExcluir
  19. afe Erica, deixa disso mulher, isso é uma faze[+1] e logo passa, mas não diga que o sacudindo palavras vai acabar também por favor, não vou aguentar presenciar o fim dois blogs que amo em menos de 24 horas sem que eu queria sair também/fato

    fica ai, e volte a escrever quando seu coroção pedir, mas sem pressão, finja que isso é uma caderno de rascunhos em que ai vai escrevendo sem nem ao menos repara no que escreve, e quando pegar esse mesmo cardeno anos mais tarde vai ri muito com tudo o que si passou por aqui, mas não pense em excluir please :(

    ResponderExcluir
  20. Erica, acho que todo passa por um bloqueio durante a vida.

    Leio outros blogs e cansei de ver as meninas dizendo q ñ sabiam mais postar, é só relaxar dá um tempo que a inspiração e a motivação volta com tudo!

    Eu sou viciaaaaaaaaaada³ em internet, e também tenho meus momentos de achar q não gosto mais, que não sei mais usar a internet...
    Dou um tempo e lá vem ele, o vício com tudo novamente...

    É só vc relaxar(tá, já disse isso), não fazer pressão que o gosto de escrever vai voltar!
    Eu agarantio!!! hehe

    E, lembra que vc me prometeu não excluir o blog!!!
    Mas se vc achar que é isso que vc realmente quer, entenderei!

    Te adoro, Menina!
    Se precisar de alguma coisa, conte comigo!

    Super Beijos,
    Dany.

    ResponderExcluir
  21. ERICONAAA *-*
    Ai, para com isso, Erica! Delete seu blog e eu me mato! #dramaqueen
    E sinceramente, para com esses poemas dramáticos, girl! Simplesmente se joga no blog! Esquece essa parada de desistir, porque seus leitores irão se decepcionar e eu serei um deles.

    Um beijo :* E nada de fins, hein?

    ResponderExcluir
  22. Nao viaja, guria! ADORO ler o que vc escreve! Nem pense em excluir seu blog! HAM! E o que vc escreveu nesse post sobre silêncio é apenas mais um exemplo!
    AMEI!

    :)

    ResponderExcluir
  23. ERICA FERRO, VOCÊ QUER ME MATAR DO CORAÇÃO?

    Olhe, eu sei que muitas vezes as palavras nos abandonam. Textos e poesias desconexos e desagradáveis martelam em nossa cabeça como se fossem uma prova de que somos inúteis. Mas quer saber? Relaxa!

    Crises criativas acontecem, minha queridissíssima bloggeira. Você sempre escrevia um ou dois textos por dia, mas calma lá!

    Esse seu texto de hoje mesmo foi bom. Vá devagar, publique um texto que seja por semana, mas POR FAVOR, não faça nada num momento de irritação. Isso tem que ser uma fase, já que esse post fatídico foi tão repentino. Dê um tempo, mas não nos prive de suas palavras.

    Lembre-se de tudo que você passou. De cada seguidor sofregamente conquistado, de cada comentário escrito, apagado e editado para fazer alguém feliz e de cada poesia, cada texto que você publicou e só renderam elogios.

    Lembre-se de cada espera de Blorkutando's e Post It's da vida, e de cada onda de felicidade por cada vitória.

    Por. Favor.

    Se você se for, quem vai me abençoar com belas palavras e textos que são sempre uma (boa) surpresa? Quem vai fazer O comentário que vai me dar um sorriso e fazer com que eu me sinta melhor? Quem vai me deixar pensativa com seus P.S's ora dramáticos, ora engraçados?

    Por mim, Erica. Pelos outros vinte e dois (até agora!) que comentaram e demonstraram a mesma indignação.

    Não nos abandone. Eu amo a pessoa que voce é. Amo as suas palavras.
    E sendo assim, eu amo as palavras que traduzem você.

    Não me mate do coração. Peloamordedeus.

    Não vou mandar meus beijos costumeiros. Vou fechar a cara até voce tirar essa besteira da sua cabeça.

    Por favor?
    Por favor.

    ResponderExcluir
  24. Ô menina impulsiva!!!
    Por favor, não abandona o blog!!!
    É tão bem te ver sacudindo as palavras, mesmo que vc não ache que esteja bem, está sim.
    Tudo é uma questão de fase...
    Não pense que é a única que passa por isso..
    Já estou com saudades suas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Ah, não, excluir o Sacudindo Palavras? Claro q não, seu blog é massa e eu adoro, por favor não faça isso, além de tudo adoro seus pots, suas poesias. Um forte abraço e volte a escrever logo em seu blog, estou aguardando!!!

    ResponderExcluir
  26. Fases de sorrir com o sol, Fases de virar a cara, Fases de não gostar de nada, Fases de encarar, Fases de ir à luta e não correr, Fases de amar, Fases de sentir-se desamada, Fases de sentir-se otária, Fases... São, Erica, somente fases. E essa, só mais uma.
    Olha, que com tanto drama, terei que chamar-te de A poetisa Mexicana, quererás?
    Ninguém está rindo de você, nem aquele poeta hipócrita - que eu não faço ideia de quem seja, rs. Ele ri de si mesmo e da tamanha proeza que fez. Ele ri vazio, ri oco, ri tristonho, ri cigarro, ri poemas, ri tudo, menos de vc. Mania de perseguição, É A TREVA, viu? USAHDUASDHU
    Então, pense, se dê um tempo e continue. Lindq :D
    Tá bom?
    AEAE, obrigada.

    ResponderExcluir
  27. Clara (Doce Histeria)12 de janeiro de 2010 11:09

    Dá licensa, vou sentar no meu rabo: Não faça issso!!!!!!!
    hauahuahau
    Brincadeira!

    Acho que se vc precisa de um tempo, se dê, mas não deveria excluir seu blog. Vai fazer muita falta... Seu estrume é do bom!

    Foi uma surpresa ler isso, faz tempo que não passo por aqui. Nunca pensei que a Ericona um dia pensasse em desistir.

    *Vai não...

    ResponderExcluir
  28. Erica, se precisa de um tempo, tudo bem, fique longe daqui... mas não exclua.

    OUça, eu já decretei o fim do meu blog. Estava certa que era mesmo o fim.
    Entao fiquei longe.
    Mas minhas palavras renasceram e eu voltei a escrever.

    Não faça nada de cabeça-quente, viu?!

    Te gosto mesmo e suas palavras me farão falta por aqui.


    Um beijo e que fique bem.

    ResponderExcluir
  29. Amiga!!

    Minha msg a vc aqui é esta...

    Desde que o serr humano existe, também existe o caos, o fim de tudo...

    Porém em contrapartida, existe o começo, a ressurreiçao, 'a fênix renascida'.

    Pense nisto se te fizer algum bem e se quiser também, é a minha contribuição de quem vive metendo os pés pelas mãos com vc, mas TE AMA DE MONTÃO...

    A propósito, quer ser minha filha, quer ser minha nora?? O convite continua de pé...rs

    Bj

    ResponderExcluir
  30. Amiga, tou começando a acreditar que você tá levando isso muito a sério, viu? Quase acreditei no teu comentário. Pensei, idiotamente, que fosse um quase adeus, veja só. Que engraçado! Mas vem cá, agora que o meu blog me enganou e entrou de tarde, posso te encher um pouco - haha. Então, que o seu tempinho volte logo, assim como a tua inspiração. Rs.
    Bjs. :D

    ResponderExcluir
  31. Me perdoe Erica se você entendeu errado.
    Eu nunca quis dizer que você se acha a melhor, pelo contrário, eu sempre achei que você fosse a melhor, pelo teu carisma como blogueira, além de ser sensacional escrevendo, tem carisma em fazer amizade com os amigos blogueiros, e tal.
    Admiro muito isso.
    Blog nunca é vaidade, acho que é o fundo do poço as vezes. Quando alguém procura um lugar em meio às letras e palavras para desabafar, não se torna vaidade. Falar do que sente, para alguns, as vezes é constrangedor, embora para outros não há outro meio de se aliviar.


    Erica, espero que essa face passe.
    Adoro aqui, adoro o seu jeito de escrever.
    Não deixe isso tudo se acabar.

    Dê um tempo, umas férias. Tente buscar algo do que você nunca expriementou e procure falar sobre isso.


    Beeeeeeeeeijo, adoro voce, viu?
    otimo dia.

    ResponderExcluir
  32. Não Erica, para.. foi o maior absurdo que eu li hoje! Você não pode parar de escrever, sério..inspiração é assim, questão de momento.. outrora você escreve algo mesmo que demore. E essa poesia por mais que seja dolorosa de se ler, está muito boa! Como vais er minha vida sem suas palavras? /drama. rs
    Mas sério, gosto muito dos seus textos e se você parar de escrever, excluir o blog, vai fazer muita falta mesmo. BeijoBeijo e pensa melhor nisso hein.

    ResponderExcluir
  33. Olá, estou visitando! rs
    Passarei mais vezes depois e com mais calma.
    Passa no meu? Tô seguindo!

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  34. ihh, ah não, faz isso naum menina!! depois bate o arrependimento... dá um tempo com o blog, mas não deleta... vamos ver se a inspiração não volta logo logo? xD
    bjsss

    ResponderExcluir
  35. Oh, não, não abandone.
    Não, não faça estrago.
    Vai arrepender-se depois.
    Teu blog faz falta aos leitores.
    Fique, nós pedimos.

    ResponderExcluir
  36. Eu já me senti tão assim.. várias vezes já falei: NAO VOU ESCREVER.
    Mas esse lance, começou sem que eu quisesse. E nao dá pra eu querer por um fim. ENTENDE o que quero dizer, ericona? DÊ-SE um tempo, leia mais, viva. A gente sabe que a vida é a melhor oficina do escrito. E tu é bonita demais nas palavras. Magina só a dor de não sabê-la mais? Depois que a gente acostuma... hahaha

    volte bonita, cheia de coisa.
    O fim nada mais é do que um novo começo. Talvez até mais bonito. melhor.

    ResponderExcluir
  37. Olha o drama érica /2!
    Não exclui, né... que coisa.
    Bom, sempre tem umas fases, mas se supera, certo?

    ah, e brigada pelo coment lá ;D

    beeeijo

    ResponderExcluir
  38. Todo fim precede um recomeço, rsrs
    Uma "amante de palavras" num consegue se afastar delas, rsrs, no máximo um tempo de briga e birra, rsrs, das duas partes, e depois é o recomeço...
    bons dias

    ResponderExcluir
  39. já me senti assim.
    NÃO FAÇA ISSO.
    dê um tempo, ja tomar um ar...
    feche por tempo indeterminado, mas não delete!
    pq? o blog nao fez nada de mal para você...pelo contrário, olha o tanto de gente que comenta em teu blog, o tanto de gnt que se alegra por ti ler.
    Todo mundo tem problemas de inspiração.
    eu sou a prova viva, quantas e quantas vezes eu ja disse no meu blog q nao tava mais gostando do que eu escrevia, e mei hora depois la estava eu escrevendo sem parar...

    nao delete! pelo seu bem e pelo bem de seus seguidores...
    de um tempo para si mesma...respire, pense repense...um dia quando achar q tiver pronta vc volta.
    não mate seu blog, ele ja faz parte de você!

    Espero ter ajudado!
    =**

    Adoro você, adoro seus textos!
    De verdade.

    um beijo

    ResponderExcluir
  40. Ainda bem que vi esse post depois de ver o post na Ma Petite Cachette =D

    Espero sua volta e sua inspiração. Sentiria muitas saudades se você se fosse de verdade :(

    ResponderExcluir
  41. Erica, não conseguimos viver sem escrever. Às vezes, você pode achar que está muito ruim o que você escreveu, mas para alguém será como uma resposta, um abraço. Sei que este não é o fim, nunca é...

    ResponderExcluir
  42. Todos tem falta de inspiração,e tudo passa.
    Por favor não largue seu blog,sinceramente fiquei triste de vim aqui e ver que realmente irá larga,não exclua ele é uma fase prometo que passa.Você escreve tão bem que não vejo a blogspera sem vc,por favor fique,talvez vc nem ligue pelo oq escrevo,mas são essas as palavras que quero sacudir hj,é um pedido pra não larga seu blog.
    Beijo,espero q volte!

    ResponderExcluir
  43. Ohh :O
    Não faz isso não...
    É apenas uma fase ruin com o tempo tudo melhora...
    Erica seu blog é muito bom, tem um megacrédito...
    Não mesmo não faça isso.
    Me responde se mudar de idéia...
    Abraço'

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?