03 setembro 2009

O meu orgulho não será ferido!

Sou orgulhosa
Não me venha com facas e artimanhas
Você não irá ferir-me

Desista de criar armadilhas
Desista de travar lutas comigo
Você não irá ganhar
Não irá

Repito
Desista
Se renda

O meu orgulho você não irá ferir
O meu orgulho é a arma que eu tenho para prosseguir
O meu orgulho será meu trampolim



Descobri recentemente que sou extremamente competitiva. Certo, confessarei. Acho que sempre soube dessa minha competitividade. Não uso de coisas vãs para obter a vitória, mas também não me rendo à derrota. Quero ganhar sempre. Mais por um questão de orgulho, de satisfação e de prova. Provar para mim mesma que eu estou sendo fiel aos meus desejos. Ao desejo de fazer o meu melhor sempre. Sei que há momentos em que estamos competindo e outro se destaca por mérito. Devo reconhecer que é necessário saber perder, mas eu até sei perder quando o outro joga de coração e alma limpa. Quando o outro joga na intenção de querer vencer para que a alma dele se sinta plena e feliz. Mas abomino o competidor que quer se destacar só por um motivo de exibicionismo. Não é amor pelo o que faz, e sim para ser alvo de olhares, olhares e aplausos. Para se colocar acima daquele que ama o que faz, mas os esforços não foram ainda suficientes para obter a tal vitória. Dão o sangue, esses falsos competidores, só para ouvir os aplausos e dizer: "Aí, colega, perdeu a parada para mim. A minha felicidade é ver o seu orgulho ferido. A minha alegria é te ver derrotado." Isso é abominável. O orgulho que eu sinto é o orgulho de quem ama algo e nunca irá se render às armadilhas e às ameaças de competidores sem amor pelo esporte que praticam. O orgulho que sinto é a certeza de quem ama e é fiel ao que pensa e ao que sente. O meu orgulho é a minha força. Aquela força que vem de dentro da alma e me enche de energia e vigor para enfrentar com a cabeça erguida qualquer luta dessa vida. Não, eu não vou deixar meu orgulho ser ferido. Não, eu não quero perder as batalhas, e muito menos a guerra. Não nasci fadada às derrotas. Inimigos, saibam disso. Não nasci para ser fracassada. Por isso, desistam de colocar armadilhas em meu caminho. Desistam de travar lutas comigo. Eu estou forte e determinada. O meu orgulho não será ferido.

(Erica Ferro)

19 comentários:

  1. Nem sei dizer se é bom ou ruim esse tal de "Orgulho", espero que ele te leve a bons caminhos e que vc saiba lhe dar com ele.

    Beijos amore ;*

    [bellanogueiira.blogspot.com]

    ResponderExcluir
  2. orgulho é uma 'coisa' que ainda não sei classificar tão bem na minha vida...

    ResponderExcluir
  3. 'Éguas', fiquei com medo agora... rs

    Querendo ou não somos competitivos e nos orgulhamos quando ganhamos, ninguém gosta de ser derrotado, mas acaba aceitando por aprendizagem. 'Coisas da vida!'
    ;*

    ResponderExcluir
  4. Medo do seu orgulho.rs.. :O . Brincadeira,a parte, acho que se não houvesse orgulho ferido ou competição não haveria reconhecimento de nossos esforços.

    P.S: Fiz a parte 4 do conto Sedução!!
    Beijos
    Ah, o que houve com o Projeto escitores ?

    ResponderExcluir
  5. Muito forte e verdadeiro seu post Erica,como todos é claro,mas essa mensagem de hoje foi muito boa,pois esse é o meu orgulho também,e confesso que também sou competitiva,e nem sempre é por causas nobres,eu erro nisso =/ Mas com esse seu post aprendi,a gente deve fazer o nosso melhor,para algo que nós acreditamos e desejamos,não só para aplausos e fama, isso acaba rápido pois nem sempre conseguimos nos manter na fama,mas ter uma qualidade boa seja em nosso trabalho,na escola,ou até no blog mesmo,isso são poucos que têm,são aqueles verdadeiramente apaixonados pelo que tem,pelo que escreve...Que é concerteza o seu caso...!

    Bjs niña...Ahh sem querer recusei seu comentário,mas isso é por que comecei ontem á moderar e talz e cliquei no botão errado,¬¬,mas amei ele como todos os outros!!!*.*

    ResponderExcluir
  6. 'ooi,
    saudades de visitar seu blog. postei sobre o meu futuro (momento medium) lá no blog, dá sua opinião?'
    Adorei seu texto, tá?
    beijos,
    Sofia
    (http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  7. Ah, o orgulho, apesar de por vezes ser mau, até nos ajuda bastante a termos mais garra e a atingirmos os nossos objectivos.
    Não é perciso ter medo dele x)

    Beijinho Erica
    Saudades...

    ResponderExcluir
  8. Não devemos subestimar a força que possuimos.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  9. Ah, sei lá. Não sou muito competitiva não ._.

    ResponderExcluir
  10. Acho que a natação de impulsionou a ser tão competitiva :D por um lado até que é bom... beijos

    ResponderExcluir
  11. Existe o orgulho bom, que é esse seu, de satisfação e de vencer e existe o orgulho ruim, que é o do exibicionismo e/ou a teimosia.
    Ameei o post e o poema! Você está ficando ótima com rimas heein?! =D


    Beeijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu até tenho minha dose de orgulho, mas acho que se eu fosse ainda mais orgulhosa, seria melhor pra mim. Me acho meio molenga às vezes, meio boboca mesmo.
    Talvez esse orgulho à mais me desse a força de vontade necessária pra ser menos bobinha.
    :*
    p.s: tive um dèja vu escrevendo esse comentário, meio sobrenatural.

    ResponderExcluir
  13. Temos que ter orgulho e ser competitores... mas na medida certa! ;)

    ResponderExcluir
  14. Fascinante!

    Ter essa vontade para vencer! É bom ver isso em alguém além de mim... mais uma para o time! (:

    -- --

    Bom, o seu último comentário em meu blog ficou melhor que o meu próprio texto.! Foi uma experiência postar ele, porque assim que cliquei em finalizar e tinha a certeza que não tinha digitado nem metade do que eu estava pensando e passando, e os resultados não foram muito diferentes do que eu imaginei, acabaram comentando coisas que não me agradaram, mas tudo bem! (: Rsrs' Seu comentário estava riquíssimo, você também tem uma experiência de vida, assim como eu!

    Muito obrigado pelo carinho!
    Um òtimo feriado pra você!

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  15. Acho que todo mundo deve ser um pouco orgulhoso. Na verdade, não sei nem se orgulhoso é a palavra certa. Talvez seja melhor substitui-la por amor próprio!

    Amar-se e respeitar-se antes de tudo e todos!

    Bom fds e feriado!

    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Todos nós temos esse lado meio orgulhoso mas alguns o usam do jeito errado. A parte da competição, sempre tem aquele lema: O imprtante não é ganhar é competir.
    Mas cá pra nós ganhar é mto melhor!
    OPAKSPAOPSAKSOPK'
    Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Também sou uma competidora como você, me esforço muito para alcançar meus objetivos sejam eles grandes ou pequenos, e não me deixo cair nas armadilhas e obstáculos que colocam no meu caminho para me atrapalhar!

    Ganhou uma seguidora, viu?

    Beijujubas

    ResponderExcluir
  18. Aaaah Concordo!! Meu orgulho tbm está a frente de tudo.

    ResponderExcluir
  19. Sou super competitiva tbm. Não é competir pra ser melhor que ninguém, é que gosto de desafios e adoro me desafiar a ser sempre melhor. Odeio esse tipo de pessoa que compete pra se destacar.
    Amei aqui! Tbm tô seguindo.
    Bjooss

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?