09 agosto 2009

Para você, pai!

Pai,

Eu quero dizer algumas coisas pra você. Coisas que estão gravadas e guardadas no meu coração e na minha memória:
Eu amo você!
É no dia-a-dia que o amor que é provado. Sei que não sou perfeita. Sei que não sou sempre gentil contigo, como também nem sempre és comigo. Sabe o que é, pai? Eu sei que você sabe, mas deixa eu dizer: é que somos imperfeitos. Um dia acordamos de bem com a vida, no outro queremos ficar no nosso canto quieto, ou ainda estamos estressados e mal-humorados, e acabamos descontando isso em quem não tem a ver com o problema.
Me desculpe por todas as vezes que fui rude, grossa e estúpida com você. Saiba que eu nunca quis te magoar, nunca. Me arrependo amargamente depois de uma discussão contigo; choro, fico mal, me acho uma idiota e ingrata. Fica um clima ruim, pesado, entre nós. E eu prefiro estar de bem contigo, rindo, filosofando sobre a vida, menos chateada e brigada com você.
Espero estar provando meu amor por ti e toda a minha admiração todos os dias, pai.
Eu tenho orgulho de você!
Sim, eu tenho orgulho de você. Tenho orgulho por você ser esse homem guerreiro e trabalhador. Tenho orgulho por você ser esse homem honesto e íntegro. Me espelho em você em termos de honestidade e integridade. Pessoas com bom caráter hoje em dia é raro. Você é uma raridade, pai. Meu tesouro! Minha mais linda medalha de ouro!
Eu preciso muito de você para todo o sempre!
Pai, tem um assunto que me deixa muito mal só em pensar: de perder você.
É, pai, gostaria de te ter pra toda a eternidade comigo, ao meu lado. A possibilidade de você morrer, aliás, não é uma possibilidade, é uma certeza (dolorosa, mas é uma certeza), me faz estremecer e me entristecer, me desesperar e chorar.
Mas não, não quero falar coisas tristes.
Você não gosta quando eu falo de coisas tristes. E, também, hoje é dia dos pais.
Pai, pensando bem, eu sempre terei você comigo. Sempre.
Você sempre estará presente e vivo na minha memória e no meu coração. Seus ensinamentos, todo o seu viver ao meu lado está tatuado em mim. Você faz parte de mim, da minha vida.
Eu não poderia me desfazer do que você é pra mim nem que eu quisesse (e eu não quero mesmo). Você é inesquecível!
Quando precisar de um consolo, te abraçarei e pedirei pra você me dizer palavras encorajadoras.
Mas, quando não for possível te abraçar mais, lembrarei do teu sorriso e de tudo de bonito e verdadeiro que me disseste um dia. Tuas palavras doces, verdadeiras e harmoniosas sempre ecoaram na minha alma, nos meus pensamentos, me guiando pela longa e nem tão fácil estrada que é a vida.

Meu painho, eu poderia dizer tantas coisas, mas tantas...
Mas tudo é tão pouco para te homenagear, pra te falar do meu amor, do meu carinho, da minha admiração.
Mesmo sabendo que tudo que eu possa escrever, falar ou fazer é pouco para expressar todo o meu apreço por você, eu continuo tentando a cada dia raiar do sol, a cada dia palavra que sai da minha boca, a cada abraço, a cada poema, poesia ou um texto qualquer numa folha de caderno velho, pois eu amo muito você.
Feliz dia dos pais, meu velhinho lindo.

• • •

"Você é o meu bravo guerreiro
Meu grande conselheiro
Meu fiel companheiro

Estar ao seu lado é de uma alegria contagiante
Emocionante

Meu corpo frágil precisa da tua condução e proteção
E minha alma diz que ama MUITO você

Você é meu pai!"

• • •

(Erica Ferro)

• • •

P.s: Como foi hoje, gente? Passaram o dia com seus pais? Me contem tudo, e não me escondam nada (haha!).
Espero sinceramente que tenha sido um dia agradável pra vocês.
Estou muito feliz com tantos leitores. Nunca pensei que um dia chegaria a ter 51 leitores e tantos comentários aqui, no meu humilde blog. Obrigada mesmo, de coração.
A presença, a opinião e o incentivo de vocês são indispensáveis para o meu crescimento no mundo das letras.
Bom, eu queria fazer uma pequena propaganda.
Conhecem o blog Pensamentos Devaneantes? Não?!
De quem é o blog Pensamentos Devaneantes?
De Letícia Christmann e Erica Ferro.
Isso mesmo, um blog em parceria.
Lá postamos de um tudo, desde textos nossos à músicas e vídeos que gostamos.
Que tal fazer uma visitinha?
Espero vocês lá, hein?
Fico por aqui.
Grande abraço e uma ótima semana pra vocês, meus amigos blogueiros.


18 comentários:

  1. Amei seu texto, me emocionei muito. Que bom vc expressar assim seu amor por seu Pai!
    Eu não cresci convivendo com meu pai, conheci ele depois de grande ja, e perdemos o ctt. Minha mãe que é a mãe e o pai!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa tbm nao gosto pensar na minha vida sem meu pai...
    Mas seu texto ficou lindo e passei um ótimo dia dos pais *-*
    Vou ver seu outro blog ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto! Seu pai deve sentir muito orgulho de você!
    Eu conheço o outro blog!!!
    haha
    bejs

    ResponderExcluir
  4. Érica, adorei seu texto. Obviamente não dá pra escrever ou descrever todo o amor que sentimos por uma pessoa, mas você o fez de um modo sincero, bonito e, como sempre, poético. Acho teus textos muito completos, mesmo quando eles falam de coisas ilimitadas.

    Ah, descobrir que você tem várias coisas parecidas comigo foi o máximo! E sobre a menina que roubava livros, pra você ter uma ideia, numa noite faltavam mais de 100 páginas pra ler, e já era umas onze e meia da noite. Mas chega num trecho que NÃO DÁ pra parar de ler, e eu engoli o livro. Li tudo, e chorei tanto que o meu olho inchou. Como estava meio cansada, dormi mesmo assim. A conclusão é que fiquei DOIS DIAS COM O OLHO INCHADO. Vermelho e bem inchado.
    Mas quer saber? Cada lágrima valeu a pena. Esse livro é lindo, e me mostrou de um jeito diferente o poder das palavras.

    Sobre o blorkutando, falando sem modéstia, como você, e com toda sinceridade, eu acho que você e a Lina tinham que ter empatado em primeiro lugar. O texto de vocês foram diferenciados, completos e bem escritos. O meu eu [com toda a sinceridade] não gostei muito, não.
    Aquele texto da lembrança, que eu escrevi e ganhou primeiro lugar, quando eu leio me dá uma sensação boa. Parece que um calor sobe por mim, de tanta satisfação. Mas meus últimos textos eu estou achando sem graça. Como elas julgam eu não sei, só sei que são muitos textos e que quem ganhou mereceu, mas vocês mereciam também, e até mais.

    Quando você disse que é minha fã, fiquei MEGA LISONJEADA. Érica, eu adoro teus textos, e com sinceridade os acho melhores que os meus. Ver você sempre pelo meu blog, comentando e dando sua opinião certa é o máximo.

    Ah, já reparou que nossos blogs estão crescendo meio que ao mesmo tempo? Você tem 51, e eu 52 seguidores! Praticamente a mesma coisa :X

    Érica, te adoro. Estou louca pra te achar online no msn. Beijos e não esqueça de mim, ok?
    :*

    ResponderExcluir
  5. Bela homenagem que você fez ao seu pai. O meu dia dos pais foi um pouco diferente. Meu pai estava de serviço, e eu passei com a família da minha mãe. hehehe mas foi bom!
    beijão

    ResponderExcluir
  6. Linda homenagem!!!*.*

    Meu dia foi com meu papi!!!
    Café da manhã e almoço com toda a familia reunida...Muito legal mesmoo..*.*

    Bjins...
    ;*

    ResponderExcluir
  7. gostei pra valer dessa sua homenagem a seu pai. É bem sincera.

    ResponderExcluir
  8. Eriiica , aamiga . Ler o q vc escreve é uma honra pra mim , tuas palavras confortam parece q vc escreveu realmente para refletirmos sobre nossas atitudes e sentimentos , se seu objetivo é esse pode ter certeza q vc está transmitindo e muuito bem .Já te disse e repito vc é minha escritora favoritaa *--*

    Te Adoroo !!!

    ResponderExcluir
  9. Pai pra alguns é tudo, pra mim indiferente! bjbj

    ResponderExcluir
  10. lindo post! são poucos que conseguem dar uma amostra de um sentimento assim em palavras (:

    ResponderExcluir
  11. Nossa, teu texto ficou muito lindo. Aproveita mesmo e dá muito valor ao teu pai. Queria o meu pertinho de mim também :\

    ResponderExcluir
  12. Owllll o meu tá assim tbm!!!O_o aff..não sei o que é tbm!!!!!!!è o fim...=(...

    rsrs

    Se tiver noticias me add no orkut e manda um recado pra mim..ok?! Bjins Bjins...
    ;*

    ResponderExcluir
  13. amei o texto erica, como adoro todos os seus textos *-------------*
    e muito obrigada pelo elogio que fez ao meu blog: Erica Ferro dizendo que sou uma das suas 'escritoras teens favoritas' é demais ! *---*
    beijso **:

    ResponderExcluir
  14. Muito Bonita sua dedicatória ao seu pai continue assim parabéns !

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bom?
    Passei pra avisar que tem post novo lá no blog (óoo), só que não vou falar sobre o que é, mas garanto que é sobre uma tal de Sofia, conhece ? - hihi. Vai lá ver, e vê se dá um bom perfil de orkut ?

    Aah! E obrigado por me aturar váarias vezes no seu blog, pedindo comentários.

    beijos,
    Sofia

    (http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  16. esperando mais. Ah, os seguidores já voltaram :D bjbj

    ResponderExcluir
  17. Linda homenagem, linda mesmo *o*
    Mas... seu pai leu? :)

    :*

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?