02 abril 2009

Mergulhar;



Há como se jogar sem equipamentos adequados no fundo do mar, e depois voltar?
Preciso de equipamentos de mergulho, não é?
Mas só disso?
Não, eu preciso de mais.
Mais o quê?
Não sei...
Mas eu preciso.
Eu sei nadar. Mas se o ar me faltar? E se a câimbra me pegar?
Mas se eu não mergulhar, nunca conhecerei os segredos e as belezas do fundo do mar.
Por isso vou me arriscar.
E eu sei que posso retornar à superfície desse mar.
É só nunca parar de nadar, mesmo sem ar, mesmo sem forças, continuar, continuar...

(Erica Ferro)

3 comentários:

  1. belo poema! as rimas o deixam leve e muito bom de ler :D

    ResponderExcluir
  2. Olá menina!!!

    Que lindo seu texto!
    E é isso aí! Continuar sempre e nunca desistir!
    Parabéns pelo post!
    Adorei!
    Ótimo final de semana, sacudidora de palavras!

    Beijos...

    Fabricante...

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, meninas.

    Gosto muito do que vocês escrevem também.

    Beijão.
    E tenham uma ótima semana.

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?