02 janeiro 2013

Ericona's playlist #2


Hello, people! Como vocês estão? E a virada de ano de vocês, foi muito badalada, muita comida e álcool? (risos)
A minha foi tranquila, em casa, assistindo, lendo e gastando tempo na internet. Não, não foi nada emocionante, nem um pouco movimentada e festiva. Mas olha, não foi ruim. Foi só... normal, uma noite igual a qualquer outra. Não sei por que as pessoas se importam tanto em como vão passar a noite de Natal e Ano Novo. Há umas que tiveram um ano deprimente, mas, mesmo assim, acham que, se passarem uma noite de Natal/virada de ano animada, aquele ano valerá a pena. Particularmente, acho uma bobagem. Confesso que praticamente todos os anos eu me entristecia porque ia passar o Natal e a virada de ano em casa, por achar que não seria suficientemente bom e/ou empolgante. Porém, esse ano foi um ano em que eu não me importei nenhum pouco com essas datas comemorativas de fim de ano. No Natal, houve uma ceia simples aqui em casa. Comi um pouco e deitei. E, na virada de ano, simplesmente jantei o que janto todos os dias, fiquei ocupando a mente até o ano virar e depois fui dormir. Acredito que parte da minha despreocupação e falta de ânimo para com as festas de final de ano de 2012 foram em decorrência da minha saúde. Fiquei e estou focada apenas em melhorar fisicamente, porque só assim poderei voltar às minhas atividades. Estou há mais de dois meses sem nadar. Quem me conhece e sabe do meu amor pela natação, deve imaginar o quanto que isso está me fazendo falta e me deixando quase louca. O que eu quero é ficar saudável logo, apta a nadar, a correr por aí animadamente. Quero voltar a viver. Eita, isso soou depressivo, não foi? Até parece que estou extremamente debilitada, credo! Ignorem isso, okay? Eu estou bem, até porque já estive bem pior que isso. Não posso reclamar tanto assim, seria injusto e pouco sensível com as melhoras que já obtive.
Segunda-feira pensei em fazer um post, no qual iria tecer considerações sobre o meu 2012, mas resolvi não fazê-lo. O ano de 2012 não foi muito bom comigo, então o post sairia muito depressivo, muito lamuriento. Fiz apenas um relativamente breve post na página do Sacudindo Palavras (leiam, lá também desejo feliz ano novo aos meus amigos e tudo o mais), lá facebook, e acho que não ficou tão melancólico. Creio até que o final ficou bonito, esperançoso.
Well, chega de falar de mim, do ano que passou e blábláblá. O primeiro post do ano será uma segunda playlist (clique aqui pra ouvir a primeira). 
Sou uma pessoa que tem um gosto musical eclético, apesar de ter um amor especial ao rock'n'roll. Todos os dias ingiro uma salada musical. Como assim, Erica? Escuto de tudo um pouco: rock, blues, reggae, MPB, etc. Sou uma pessoa sem preconceitos musicais. Mentira, tenho alguns: axé, pagode e funk (o carioca, que fique claro... o funk das antigas, obviamente, eu adoro). Então não estranhem, porque essa playlist será uma mistureba das grandes. Perdoem-me se eu exagerar em um estilo ou pecar em outro. Desconheço meio-termo, vivo nos extremos. Ui! Vivo perigosamente! (risos)

A playlist:


Músicas da playlist:

1- Hysteria - Def Leppard
Procurei por essa banda porque me interessei pela história do baterista (ele sofreu um acidente e teve que amputar o braço esquerdo; mas, pouco depois do acidente, voltou a tocar bateria, com algumas adaptações, contudo sempre magistralmente).
2- Quantas vidas você tem - Paulinho Moska
Adoro essa do Paulinho Moska. Sei bem como é esse tipo de amor-chiclete.
3- Vivir sin aire - Maná
Essa é linda demais. Linda e triste. Encanto-me!
4- Please dont' stop the rain - James Morrison
James Morrison é um cara que tem uma voz muito gostosinha de ouvir e as músicas geralmente têm uma batida que me agrada.
5- Somebody that I used to know - Gotye 
Escutei essa música na rádio e gostei muito da melodia. Não sabia o nome da música, até que um dia desses uma amiga me mandou um link e disse "Escuta essa, é muito boa". Eu pulei de alegria porque finalmente soube o nome da música que gostei tanto e não fazia ideia de quem era o cantor, já que é um cantor da atualidade e eu pouco acompanho o mundo musical atual. 
6- João de barro - Renato Vianna
Conheci esse carinha por acaso e me apaixonei perdidamente por ele. Também pudera, com essa voz e essa interpretação fica difícil não se apaixonar.
7- Fly like an Eagle - Steve Miller Band
Não sei dizer por que gosto dessa, sei que gosto. Adoro Steve Miller Band.
8- Bad boys - Inner Circle
E essa? Um reggae muito gostoso!
9- Play that funky music - Wild Cherry
E esse funk? Sensacional!
10- Chega de saudade - Toquinho & Vinícius
Porque eu adoro esses dois caras.

*•*•*

Espero que tenham gostado do meu primeiro post de 2013. Eu sei, a playlist ficou diversificadíssima, mas espero que gostem. De verdade. Sigam o @shakingwords e curtam a fan page do blog. Um abraço carinhoso da @ericonaHasta la vista!


10 comentários:

  1. penso basicamente o mesmo que você sobre essas festas de fim de ano, Erica, também fiquei em casa, na cama, fazendo coisas normais de sempre, lendo, ouvindo música e tal.

    Muito variada a sua playlist hein? Eu adoro James Morisson e essa música que você escolheu é uma das minhas preferidas.

    beijos, bye

    ResponderExcluir
  2. Passei o natal e o ano novo do jeito que gosto, com a família.
    No natal nós conseguimos reunir todo mundo, porque fizemos um amigo chocolate (o natal estava parecendo páscoa aqui em casa de tanto chocolate na geladeira rs) já no ano novo alguns viajaram, mas mesmo assim foi em família.
    Foi uma boa virada de ano.

    E essa música do Gotye? Ouvi várias e várias vezes em 2012, muito boa. João de Barro é bem boa para ouvir também.

    Beijos Érica.

    ResponderExcluir
  3. Adoro música e me apaixonei pela sua listinha. Principalmente maná e Renato Vianna. O meu final de ano tbm foi tranquilo...nada de farras.
    Desculpe a demora na resposta do
    comentário. Estava viajando, mas
    estou de volta e desejo um 2013
    repleto de luz, sucesso.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na
    Alma

    ResponderExcluir
  4. O meu final de ano também foi bem tranquilo e normal. Gostei das músicas, eu não conhecia nenhuma, mas gostei.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Bah, o meu final de ano foi tranquilo, pensei que passaria devagar, odeio finais, mas nem passou tão devagar assim, foi bem tranquilo e não me importei tanto assim também com as festas ><

    Seu gosto musical é muito bom Erica, não duvido disso, vou ouvir a playlist o quanto der aqui <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oiii,

    vi seu blog em outro blog, vim conhecer e achei muito interessante o conteudo. Voltarei mais vezes, afinal a playlist é bem variada e legal.

    feliz 2013

    ResponderExcluir
  7. Oi Erica, tudo bem flor!
    Feliz ano novo, que esse ano seja o ano em que você vai ficar 100% e todos esses problemas de saúde vão ficar como lembranças do passado. Espero que você continue se recuperando e que você fique 100%, ou como dizemos lá em casa, zero bala :).
    Flor, amei sua play lite, e adoro pessoas ecléticas, afinal, é meio pobre ficar sempre no mesmo ritmo não acha. e quando vi a musica Bad boys ali, tive um pequeno delírio aqui rsrrs fiquei cantando Bad Boys, Bad Boys what'cha gonna do, what'cha gonna do when they come for you
    Bad Boys, Bad Boys what'cha gonna do, what'cha gonna do when they come for you rsrsr Adoro essa musica.
    Bjus flor, bom inicio de ano e que isso perdure por todo esse ano.
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  8. Que playlist engraçada! Ralmente muito diversificada. Não conhecia também esse Gotye, gostei muito da música. Feliz ano novo!

    ResponderExcluir
  9. Concordo contigo. O importante não é as festas serem badaladas. O que realmente importa é ter um ano tranquilo. Espero que esse seja. Adorei algumas músicas. Guria de bom gosto. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. Tbm acho uma bobagem pensar que a maneira que passamos a virada mudará o resto do ano... O que precisa mudar são nossas atitudes ehehehe...

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?