30 julho 2010

Provação

O meu maior erro foi achar que erros são sempre acontecimentos ruins e infrutíferos na vida. Ora, aquele clichê que errar é humano é tão verdadeiro quanto dois mais dois são quatro. O ser humano precisa errar para se encontrar ou se perder de vez na vida. Tentar algo é estar sujeito ao sucesso ou ao fracasso.
Há riscos que precisamos correr. Riscos estes que podem nos proporcionar o que sempre desejamos. Se der errado, se não for como pensávamos que seria... E daí? Como saberíamos que não daria certo se sequer tentássemos? Erramos, mas foi um erro necessário, um erro que sentenciou de vez a questão.
Há coisas que fazemos que já sabemos que não é algo bom, que não é algo "legal", mas, não sei... Parece que queremos ver no que é que dá, precisamos quebrar a cara, nos ferir e cair do precipício para entendermos e sentirmos na pele as consequências dos nossos erros. E nos arrependemos. Se arrepender não é algo vergonhoso, humilhante. Se arrepender prova que você tem noção do quanto foi falho e o quanto sabe das suas limitações. Eu não posso acreditar que há pessoas que não se arrependem de nada que fizeram ou deixaram de fazer. Na minha opinião, há pessoas que não gostam de mostrar as próprias fraquezas. Gostam de passar a imagem de uma pessoa sempre muito bem resolvida, muito "desencanada". Só que eu ainda alimento a ideia de que, essas mesmas pessoas que aparentam tamanha fortaleza, choram de quando em quando em seus travesseiros, se lamentando por algo que realizaram ou aquela oportunidade perdida de fazer o que tanto se queria fazer.
Não digo que errem sempre. Não digo que se joguem a qualquer tipo de perigo. Que metam a cara sem medo na vida, em qualquer que seja a aventura. Digo, apenas, que não se limitem ao que conhecem, que não tenham medo de sofrer por algo que não surtiu o efeito esperado.
É preciso provar da vida e ser provado por ela. Essa é graça. E, nessa provação toda, os erros estão inegavelmente mais do que presentes.

(Erica Ferro)

* * *

Pauta para o Blorkutando.
Tema: "O meu maior erro foi...".

* * *

Cacetada! Apareci por aqui. Como vão?
Olha, trocentos mil anos que não participo do Blorkutando, mas resolvi participar essa semana.
Na verdade, estava pensando nisso hoje, em erros e chances desperdiçadas. Então resolvi escrever e, aproveitando o ensejo, atualizar o blog. Não vou responder todos os comentários do último post agora; não sei se conseguirei responder todos os comentários hoje. Mas enfim, no mais tardar, amanhã passo no blog de todas pessoas que passaram pelo meu penúltimo post. Porque, por mais que ultimamente eu não tenha acompanhado os blogs que sigo, tenho uma certa consideração e respeito por quem me visita.
Um abraço da @ericona pra vocês, blogueiros. E um ótimo fim de semana.

76 comentários:

  1. Nada mais natural do que o erro,
    sempre duvido das pessoas que "nunca" erram.

    ResponderExcluir
  2. Olá

    Adorei seu texto e concordo com ele, em quase tudo, ficou muito mesmo.
    Não foi muito fã desses blogs que escolhem os melhores textos, mas boa sorte.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. ser humano que não erra não é ser humano... quem tenta demonstrar que é infalível, peca na vaidade (e na mentira rss)... enfim, dois erros já só de entrada..
    errar é do homem, acertar tb.. graças a nossa razão que nos capacita a ver onde erramos, pq erramos e sinaliza pro que devemos fazer pra acertar.. bem, geralmente no mínimo fazer o oposto. heheh.. gostei do que tu falou.. medo de viver tem bem a ver com o medo de sofrer e nessa a gente empaca... nada bom né.
    bjssss

    ResponderExcluir
  4. Belo texto Erica ^^, não existe pessoas que não eram... existe pessoas fracas que não admitem seus erros/fato

    ResponderExcluir
  5. Acho que as vezes agente esta tão preucupado em porque erramos que acabamos esquecendo coisas simples que nós cercam.
    Errar faz parte,mas como admitir nossos erros sem ao menos tentar arriscar um pouco mais ou também as vezes agente esquece que não é, só nós que erramos as outras pessoas também erro, mas nem sempre consegue reconhecer que também pode estar errado.

    ResponderExcluir
  6. Você demora 10 anos pra participar de um concurso, mas quando o faz, arrebenta kkkkkkkkkkkkk

    Sabe... até no erro se tem um propósito. Não que isso seja uma desculpa para errar. Mas de tudo, algo é aprendido. Assim a vida vai ser valorizando.

    Beijos erikitaa :D

    ResponderExcluir
  7. Hum... eu odeio errar, Ericona... pq esse seu camarada aqui só faz besteira... hehehe

    se eu procurando acertar, calculadamente, com planos, estratégias, objetivos e metas previamente definidas, erro à beça, imagina se eu fosse diferente de quem sou... rsrs

    xD

    Tenho uma paixão intensa pelas coisas certas que fazem bem e são de bom proveito para o ambiente... e concordo, o melhor é admitir que erramos e seguir em frente.

    :)

    ResponderExcluir
  8. Huum...

    A proposta de um texto dissertativo ficou muito boa. Reflexão clara e objetiva.

    Erros fazem parte, ainda mais quando se tem um ser humano por perto. Somos o maior exemplo de que erros existem, e em diversas proporções.

    Que participação mágica essa... Tenho certeza de que conseguirá um excelente resultado, Erica!

    -- --

    Obrigado pela ultima visita e comentário... Só não chore. Meus textos são para fazer bem aos outros Haha'

    Beijo doce! ;*

    ResponderExcluir
  9. Erros fazem parte sim do nosso amadurecimento, ainda mais quando estamos dispostos a crescer. Imagina só nos seres humano sempre acertando? O que virariamos? O nosso ego ia crescer tanto que não procurariamos mais crescer e evoluir.


    Bjao saudades de vc, alias vc tmb sumiu ne....hehehe

    ResponderExcluir
  10. Admiro a coragem de quem faz do blog uma janela pra dentro de casa, pra dentro da mente...

    Eu só falo amenidades, acho que não conseguiria falar sobre reflexões contundentes.

    Bem, vc fala! e é bom seu texto, sabia? rs

    bjos

    ResponderExcluir
  11. Estas palavras nunca pareceram tão propícias.

    Nossa, faz todo o sentido o que você disse. Muitas vezes nos sentimos tão confortáveis na nossa relação com o mesmo que nos atemorizamos diante da possibilidade em arriscar algo novo. É algo bastante deliciado, principalmente quando damos conta que 'neste algo novo' reside a possibilidade de conquistarmos algo novo e que, pode vir a ser muito significativo.

    Gostei de verdade! ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. eu sempre erro, aprendo com os erros, os lapido, e erro muito melhor...
    Maurizio

    ResponderExcluir
  13. falou tudo!!! medo de errar, de sofrer pelo erro todos temos neh, mas deixar de viver por isso tbm... é tolice... xD
    adorei!
    bjsss

    ResponderExcluir
  14. O erro já faz parte da natureza!
    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Olá, Eri...
    Não venho aqui há muito tempo, hein? Mas gostei do texto de hoje justamente por que concordo bastante com você. Isso da pessoa não se arrepender? Fala sério. Todo mundo faz uma besteira bem grande que percebe que não foi legal. Só que entendo que, quando a pessoa fala que não se arrepende, é por que quer dizer que faria tudo outra vez. Eu faria tudo outra vez. Aprendi muito com meus erros e não abro mão deles por nada nesse mundo. Todos os lugares por onde passei e todas as pedras onde tropecei são parte do caminho que fiz para chegar na pessoa que sou hoje. E sou metade erro e metade acerto. Sem tirar e nem pôr.
    Sem mais, adorei o texto.

    ResponderExcluir
  16. gostei muito deste seu texto !
    e obrigada do fundo do coração *

    ResponderExcluir
  17. O erro é uma droga de coisa boa que acontece com a gente.

    ResponderExcluir
  18. Gostei do texto e também acho que errar nos faz crescer. Mas eu digo que não me arrependo, sim, e não digo isso porque nunca errei - digo porque se enxergo que o erro me fez crescer, não é motivo de arrependimento! Beijos

    ResponderExcluir
  19. Muito bom, Ferro!

    Eu resumo toda a minha concordância com o teu texto e exponho meu modo de pensar com a bela frase do Roger Moreira (Ultraje a Rigor - "Agora é tarde"): "É melhor se arrepender do que se fez do que não ter tido a coragem de fazer."

    Falar em blorkutando, eu tinha que criar vergonha e participar também, faz tempo que não faço isso...

    Boa sorte pra ti, se bem que com esse baita texto vai ser difícil te ganharem, né?


    Beijoo

    ResponderExcluir
  20. É coisa do ser humano ser assim, tentar esconder seus erros, suas lamúrias.

    Mas vc pelo menos, sempre expõe suas fraquezas, liga o foda-se, extravassa e as vezes deixa tudo pra lá.. Ja vi em vários posts! Assume o que não deu certo. E isso nos ajuda a superar.

    ResponderExcluir
  21. Eu concordo com você.
    Nossos erros são tão necessários, mas muitas vezes nos envergonhamos deles, queremos voltar ao passado para corrigi-los.O certo é aprender com cada um deles,não ficar remoendo o que passou.
    Beeijo querida ;)

    ResponderExcluir
  22. Concordo com cada palavra! Precisamos mesmo apostar na vida sem ter receio de fracassar. Precisamos disso para crescer. AMEI!

    P.S.: Desconhecido Particular é tenso. Eu escrevo ele sempre que meu lado obscuro ta em prática! KKKKKKKKK Adoro esse conto DEMAIS. Obrigada pelos elogios e já vou avisar pra Mariah :)

    ResponderExcluir
  23. "Errar é umanu" Não é isso que dizem? HAAHAHAH

    ResponderExcluir
  24. Muito obrigada :)
    Fico feliz por você gostar :)

    ResponderExcluir
  25. Concordo completamente. Acho que o pior erro que podemos cometer é o de sermos fracos a ponto de não tentarmos. Cara, dá uma agonia miserável não saber como algo vai terminar... é preciso tentar.

    Se não der certo, senta, chora e depois levanta e anda.

    Beijo, mooooça! ^^

    ResponderExcluir
  26. Tentar e errar mais tentar. Errar é ruim mais faz parte da vida .-.
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Bom.. herrar é umano não é mesmo?
    Clichê barato e inútil, que eu odeio cometer.

    ResponderExcluir
  28. essa historia de cometer erros é beem tenssaa
    bj

    ResponderExcluir
  29. Nossa, está divino.
    E é pura verdade. Digo que aprendi mais com meus próprios erros do que com os conselhos de minha mãe.
    É melhor quando nós mesmos sentimos na pele, não é mesmo?
    Nada melhor que tirar boas lições de grandes delizes.

    Apareça mais vezes em meu cantinho. Saudades daqui. Obrigada pelas visitas.
    E boa sorte no concurso!
    Meu beijo.

    ResponderExcluir
  30. Ahhhh,errar é humano mesmo.E para aprendermos mais sobre essa bela vida, TEMOS que errar sempre *_*.E claro,aprender com os erros!

    -
    Adoro seus textos :)


    Beeijinhos!

    ResponderExcluir
  31. A vida é assim mesmo: de erros e acertos...


    ...um dia, a gente aprende!!


    Beijos, Ericona!!

    ResponderExcluir
  32. Oi Erica! :)
    espero que esteja bem.
    nossa, seus textos são sempre incríveis.
    mas você tocou num assunto delicado.
    as pessoas, generalizando, tem o costume de falar que não se arrepende de nada e vem você dizendo que isso nem sempre a ruim.
    é uma ótima forma das pessoas começarem a rever seus conceitos e pensar um pouco sobre 'não me arrependo de nada' e tirar conclusões mais positivas!

    adorei, você sempre arrasa.

    um beijo e um queijo !

    ResponderExcluir
  33. Brilhante colocação, Erica!
    Decidi por essa também, de arriscar e ver no que dá, ao invés de fugir das possíveis falhas.
    Quando ao arrependimento... Sei lá. Tem muita coisa que, se eu pudesse, faria diferente, mas não carrego a sensação de me sentir arrependida por aquilo. Se fiz, 'tá feito. Não tem como chorar o leite derramado e sequer tinha como saber que tal atitude derramaria o leite. O lance é se permitir, deixar levar e ver no que dá.

    Beijocas
    bom começo de semana.

    ResponderExcluir
  34. Errar é inevitável, mesmo, mas aprender com ele é opcional. Quem não aproveita o erro para aprender e se conhecer melhor, fica só com a parte ruim da coisa...

    Beijos, querida! Adorei o texto.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  35. acho linda a delicadeza da maturidade... ela vem mansa, e vai entrando na vida da gente....

    xi... isso vai dar poesia !...risos...

    adoro te ler !!!!

    beijos na alma

    ResponderExcluir
  36. Eu não achei um comentário coerente para expor aqui, mas concordo com tudo que disseste. Acredito que há uma linha bem estreita entre a coragem e o erro. Contudo, prefiro me arrepender do erro cometido advindo da coragem em que tive de arriscar do que da falta dela...

    Beijos
    :*

    ResponderExcluir
  37. Porque somos perfeitamente imperfeitos é que vivemos e morremos na dualidade dos erros e acertos, das crenças e das dúvidas.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  38. Seja bem vinda!

    E sim, dará sim!

    Bjos!

    Te seguindo por aqui tb!

    ResponderExcluir
  39. O erro, em si, é sempre ruim. Errar.. Mas a consequência, o aprendizado, é o bom. Nada além de experiências e memórias.

    Nunca mais havia passado aqui. Saudade das tuas palavras.

    =*

    ResponderExcluir
  40. Ei Erica!

    Porque você é nossa seguidora viemos aqui avisar sobre a campanha "Ler é Fashion".

    Entre nesta moda e participe do super sorteio!

    Beijos

    Fla e Ge
    Equipe "O que elas estão lendo!?"

    ResponderExcluir
  41. Concurso? Não. Não estou participando de nenhum. Não que eu saiba. O último que participei foi o do Blorkutando, e este já faz muito tempo.

    Beijooooos Erica, obrigada pelo carinho. xx

    ResponderExcluir
  42. Olá Érica! Sou irmão dela sim.
    De vez em quando apareço por aqui para postar algum texto, também andei lendo os teus, minha irmã indicou,
    são ótimos!

    ResponderExcluir
  43. Olá Erica,
    Os erros são doloridos, mas qual aprendizado é fácil... Infelizmente não o conheço. Sempre que precisamos aprender algo há um preço e para cada escolha, uma renuncia!
    Vc escreve muito bem! Parabéns!
    Bjs e um ótimo inicio de semana para vc e para a Letícia também!
    Adoro ler vcs duas!!!!

    ResponderExcluir
  44. A arte é a catarse das dores, dos erros. Gostei muito.
    Érica tanto tempo visitando seu blog nem me dei conta que não era sua seguidora.
    Me avizinhei agora. Para não perder nenhuma atualização sua.


    BeijooO*

    ResponderExcluir
  45. errar é mais que humano, é necessário pro nosso crescimento, rs
    Muito bom escrito...
    bons dias

    ResponderExcluir
  46. os erros estão aqui perto da nós, dentro de nossas ações,não há como imaginar vida em liha reta, alias Platão já escreveu que o ideal, o perfeito só há da imaginação, no mundo das ideias

    ResponderExcluir
  47. Ericoona, minha flor!
    Todo mundo comete erros. Alguns são tem perdão, outros nem tanto. E olha, eu tenho um certo medo dessas pessoas 'desencanadas' de tudo, e convivo (muito) com uma. Acho que todo mundo, todo mundo MESMO, tem suas fraquezas. Talvez meu problema, seja deixa-las muito aparente :s

    Beijo grande ♥

    ResponderExcluir
  48. Errar é humano, só depende de nós permanecermos nele ou não!

    Bjo Érica, amo aqui *----*

    ResponderExcluir
  49. Eu sou bem rígida com meus erros, é um saco ser assim kkkk
    Mas tb aprendo muito com eles!
    E acho que esse é o segredo da vida!

    bj

    ResponderExcluir
  50. Errar é humano e as vezes é bom errar poruqe aprendemos muito com as decepçoes.

    Seguindo
    Visita meu blog por favor?

    www.rimasdopreto.blogspot.com
    Obrigado
    Bjos

    ResponderExcluir
  51. Ah, mas eu já errei tanto. E é tanta dor... demora pra gente perceber que o erro se faz necessário. Mas a gente percebe... algum dia percebe.
    Gosto muito do teu espaço. E de você, ERICONA FERRO! A coisa mais fofa e engraçada do meu Twitter. CACETADA! xD

    ResponderExcluir
  52. CONCORDO! Devemos aprender com os nossos erros, e não podemos ter medo de nos arriscar, se quisermos viver de verdade rsrs, bjão amiga!

    ResponderExcluir
  53. Tem razão, erros acontecem, só temos que aprender com eles para não repeti-los.
    Gostei do post! :)

    ResponderExcluir
  54. Ainda não conhecia o seu blog, mas gostei bastante deste e de outros de seus textos! Meus parabéns, e conte com minhas visitas. Suas palavras também nos sacodem, acredite.

    ResponderExcluir
  55. Às vezes eu costumo dizer que não há coisa mais certa do que errar. E sei muito bem que é supernatural errar - só tenho medo da gravidade do erro. Mas não deixa de ser um ato natural :), não é? Rs

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  56. Adoro quando um texto me faz pensar "Caramba, sua covarde, vai arriscar". E olha que os seus sempre conseguem.
    :*

    ResponderExcluir
  57. Errar não te faz mais burro ou menos inteligente. Te faz humano.

    Mas permanecer no erro aí sim, é outra história...


    BeijO Ericona xD

    ResponderExcluir
  58. Creio que todos pelo menos tem uma coisa do qual se arrependem, bom, eu tenho algumas. Mas é melhor tentar e errar do que não tentar nada.



    :)

    ResponderExcluir
  59. Os seus textos são uma inspiração para mim!

    ResponderExcluir
  60. Errar errar, até acertar!
    Parabéns, ótima pauta.
    E Obrigada pelas palavras!

    ResponderExcluir
  61. Se a gente for enumerar os nossos erros ao longo da vida... Penso que não haveria espaço suficiente.
    E, permita-me discordar de seu comment lá na redação: seu blog não é de uma nota só. Se é, eu não percebi. Vejo tantos bons posts variados aqui!
    E um bjooo!!!

    ResponderExcluir
  62. Eu não sei bem o que é o erro. A gente erra quando não consegue o que quer? Quando magoa um outro? Quando não acerta?
    Não sei bem o que é acertar...
    Será que isso tudo existe mesmo?
    Às vezes acho que existe a vida e, ahn, ponto, sabe? Sei lá, só às vezes.
    Mas errar (seja lá o que for) faz a gente crescer, não é? Pelo menos se a gente tiver bom senso (também não sei o que é ou se é necessário, mas é difícil falar desses assuntos...).

    Estava com saudades das suas palavras. E vejo que você também tá lendo "laranja mecânica"! Um bom livro. Não conheço o outro. BOm também?!

    Beijo, Erica.

    ResponderExcluir
  63. errar, é fundamental para crescermos !
    Bjs.

    ResponderExcluir
  64. Oi Erica

    Belo texto,como sempre...

    As vezes tenho receios quando tenho que tomar alguma decisão,começar algo novo,ter uma atitude...Mas ai eu costumo ir na frente do espelho e me perguntar:

    -Ei, quem foi que te disse que a vida seria só moleza e que tudo tem que dar certo...

    Sabe que sempre saio dessa conversa bem forte e pronta pra encarar o pior, mas sempre nem tudo que parece é...geralmente consigo tirar de letra!!!!

    ResponderExcluir
  65. todo mundo sabe que quem não erra não aprende, né? No fundo, todos os erros sempre vão trazer algo de bom pra gente, por menor que seja essa coisa boa. E apesar de doloroso, as vezes, é o jeito da vida nos mostrar o certo e o errado. =]

    Beijuh, Ericona!

    ResponderExcluir
  66. Amei o texto, e me sinto grata ao BK porque foi por lá que conheci teus textos!
    :*

    ResponderExcluir
  67. Oi Erica, primeiro obrigada pelo comentário no meu blog pessoal!!!

    A d o r e i o texto!!!
    E como diz o Augusto Cury: "Uma pessoa inteligente aprende com os seus erros."

    Bom fds e
    Beijos Mil.

    ResponderExcluir
  68. Meu Deus! A quanto tempo eu não passo aqui! *-*
    Está lindo, o texto está m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!
    Amei o novo laaay! *-*

    ResponderExcluir
  69. Aproveite enquanto estás nova, Ferro. Chega uma hora em que erros se tornam desastres maiores que o imaginável.

    Carinho.
    Sigamos...

    ResponderExcluir
  70. Concordo em gênero, número e grau. Precisamos nos machucar ás vezes para saber que continuamos vivos, né?

    ResponderExcluir
  71. Há coisas que pensamos, analisamos, e só fazendo mesmo pra saber se é a escolha certa.

    ResponderExcluir
  72. Há coisas que analisamos, pensamos, e só fazendo pra descobrir se fizemos a escolha certa. ....http://grandeonda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  73. Erros são simplesmente necessários, ou não saberíamos o que é "acertar", "conseguir".

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?