07 agosto 2010

Sobre ser louco

Mergulhei nessa loucura tão boa
Esqueci-me das dores causadas pela sanidade
Afoguei as ansiedades, as saudades
E toda a imbecilidade

Libertei a mim mesma
Abandonei os pesares
Sorri para o espelho
Conheci a liberdade

Sou louca por opção
Ou seria por predestinação?
Tanto faz...
De ser louca eu não abro mão!

A loucura não pesa
E não machuca
Perco a cabeça
Mas o coração não!

(Erica Ferro & Ana Seerig)

* * *

Povo blogueiro, qual é o resultado de duas pessoas desocupadas e loucas, que vagam pelo MSN? Começar a ter ideias incríveis, tais como essa de fazer um poema em dupla (risos). Mas, sério, gostei da brincadeira. Foi legal o desafio. E outra, descobri o lado poetisa da Ana Seerig. Sei, agora, que ela escreve poesias incríveis e as esconde debaixo da cama. Ah! Te peguei, Seerig!
(...)
Até outra hora, pessoas bonitas!

78 comentários:

  1. Lado poetisa? Onde? Onde?

    É, foi bom o desafio, mas o resultado...

    asuhashushusauhsuhasuh

    E desista, não virarei poeta como a tua pessoa...

    ResponderExcluir
  2. Um viva para os loucos! Ou seria... Viva loucos?! rs

    "Perco a cabeça
    Mas não o coração!"

    E a verdade é que dá pra ler e sentir que ficou divertido, principalmente, pelo jogo das palavras! Quero ler mais textos feitos em parcerias, viu?! :D

    Beijos
    :*

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo tem o seu lado poeta. E todo o louco tem o seu lado são. E todo o são tem o seu lado louco.

    Obrigado pro me mostrarem um pouco do de vocês! auhauahuahua :D

    Adorei. (L)

    ResponderExcluir
  4. É preciso ser um pouco louco, isso é um grande fato. Não abro mão da minha grande parcela de loucura.

    O poema ficou ótimo, uma bela parceria!
    Beijo, moooça!

    ResponderExcluir
  5. poema maravilhosoooooooo
    parabens pra quem escreveu, !!!

    ResponderExcluir
  6. Ser louco é bom, não vê seriedade nas coisas. Portanto, não causa rugas antes da hora... uhaauhua
    Sou muito preocupada com coisas fúteis, minha mãe diz que sou velha; mas eu acho que ela seja louca.
    Mas ser louco é tudo. Sinto falta da minha loucura que se perdeu.

    Beijo. Adorei a ideia de fazer versos em dupla, lembrou-me de quando fiz aquela brincadeira de fazer uma história cada uma escrevendo uma parte dela.
    Lembro que você queria participar e acabou nao participando. Essa vontade ainda está de pé?
    Poderíamos inventar uma história em grupo, ou então versos como você mesma fez.

    ResponderExcluir
  7. Ser louca... bom isso! Não pesa mesmo!!!!!

    Um beijo, Poetisas.

    ResponderExcluir
  8. Adorei! Vocês duas foram excepcionais! Erica, minha filha, obrigado por me apresentar a Ana. Ela é um talento dos bons!

    Um beijo :*

    ResponderExcluir
  9. Ah que legal, também não abro mão da minha loucura (:
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Adorei.
    bom resultado e também sinto, o divertimento que deve ter sido ao fazer atraves das palavras.

    ResponderExcluir
  11. Loucura,poesia,pessoas no ócio,ahhh amoo *-* hehe

    Faz um tempo que não venho aqui né?Que bom que tive tempo de vir aqui e presenciar esse poema mara o/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Erica e Seerig, sem comentários.. ficou ótimo :-D. espero que vcs duas continuem nos presenteando com presentes assim ^^

    ResponderExcluir
  13. hum... segundo meus próprios padrões eu tenho que frear minhas palavras quando se refere a loucura, justamente por que assim como o movimento ela é relativa aos que possuem mesma possibilidade de executá-lo.

    Hum... eu me prendo muito a aspectos técnicos... daí só considero louco mesmo quem cientificamente é declarado assim, como alguns que estão em hospícios e talz...

    xD

    ResponderExcluir
  14. continue a dis-correr em tuas insanas e belas palavras...
    volto
    abs

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante esse processo de interação via Internet.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  16. quem é normal nessa vida né dona Erica... encarar a vida como ela é e ainda sim achar graça por acordar vivo todos os dias é loucura pra alguns... sobre ser louco eu digo: é preciso saber ser louco. heheh

    beijosss

    ResponderExcluir
  17. eu gostei dessa tua parceria com a Ana. =D
    vou experimentar isso que vcs fizeram e um dia se ficar bom eu posto o resultado!

    :-)

    ResponderExcluir
  18. Alguns momentos nos fazem isso mesmo.

    Beijo, querida!

    ResponderExcluir
  19. Vocês duas são, hein?
    Fizeram uma combinação que não teria como dar errado.
    Duas escritoras maravilhosas, divoníssimas ( não sei se essa palavra existe, mas tudo bem! )
    E a loucura, Ah, Essa me tem desde sempre!

    ResponderExcluir
  20. Erica

    Gostei demais...

    ... da poesia à duas...

    ... da fantástica experiência de utilizar o msn para fazer poesia!

    Idéia maravilhosa esta vossa!

    Parabéns pela poesia presente em seu blog!

    Gilberto (nel mezzo del cammim)

    ResponderExcluir
  21. É diferente quando há sincronia!

    Parabéns meninas!

    ResponderExcluir
  22. Viu como as suas conversas nem sempre são bobas Erica? uahsauhsahsahs
    Twitter que o diga hein? ahsauhsah

    Nem precisa dizer o que eu achei né? Show de bola ^^

    ResponderExcluir
  23. duas blogueiras que escrevem tri bem se juntar é TUDO. e se vocês se juntassem pra fazer um texto? o que tu acha? acho que seria bem interessante :D beijo, adorei.

    ResponderExcluir
  24. Precisamos sermos loucos, viver sem restrições, porque só os loucos sabem aproveitar as emoções !
    adorei, bjs !

    ResponderExcluir
  25. Ter seus momentos de loucura é bom, fazer as coisas sem pensar nas consequencias...
    Não preciso falar que amei esse poema neh, ate porque ficar elogiando sempre é chato '-'
    oapskasopk'
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. que engraçado a idéia!
    mas eu gostei.
    sua amiga tem futuro nessa área!
    qwoquwoquwouqowuoquwoq :)

    bom domingo, erica;

    um beijo e um queijo ;@

    ResponderExcluir
  27. o resultado é que elas escrevem bem e tem uma inteiração perfeita para o texto :)
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  28. "LIbertei a mim mesma,
    abandonei os pesares"

    Poderia ter sido eu a escrever isso... mas não, precisou você uma escritora nata a me dizer as palavras que precisava ouvir de mim!
    Lindo texto e bela idéia de fazê-lo em dupla!

    ResponderExcluir
  29. delícia de poesia.
    tb não abro mão da minha loucura
    é ela que me orienta... sim me orienta rsrs

    beijos

    ResponderExcluir
  30. hummm adorei!!

    Parabens meninas

    bj

    ResponderExcluir
  31. Olá

    nossa meninas, ficou mto bom, adorei.

    bjão

    ResponderExcluir
  32. Acho que a sanidade dói, mas a insanidade pode doer ainda mais.

    E liberdade é indiscutivelmente sempre bom.

    *=

    ResponderExcluir
  33. Eu achei o resultado ótimo! Como disse alguém ali em cima, todo mundo tem um lado poeta.

    ResponderExcluir
  34. VC ESCREVE PERFEITAMENTE O QUE PRECISAMOS LER!!



    Navegando por esse mundinho virtuaaaaal encontrei teu blog e ADOREI!!

    tô te add,

    bjs

    ResponderExcluir
  35. ficou lindo mesmo.
    Ser louco é a melhor opção do mundo *________*, amei a parceria!


    Beeeeijão!

    ResponderExcluir
  36. O coração é que me perde, toda vez. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Ei Érica, saudades, como estou vendo vc sempre arrasando nas palavras,não vou nem comentar até porque pessoas de grande talento como vc não precisa nem comentar até pq seu nome é talento, vc se chama dom. Estou lhe convidando para ser minha seguidora do meu novo blog, está mais introspectivo, espero q goste. Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  38. a Ana se esconde, srsrs, mas sabe falar e escrever muito bem... srsrs sem puxa saquismos viu?! srsrs beijoooooo!!!!!

    ResponderExcluir
  39. hehe, eu faço isto de vez em quando também, mas nunca saiu algo que dê para postar.

    Parabéns as duas. Lindo


    beijos

    ps: Não abro mão de minha locura também não!!!

    ResponderExcluir
  40. Aaah adorei. Sinceramente, loucura é um assunto delicioso, tanto para se ler, para se ouvir e para ser! hahaha


    beeijo, lindo o blog!

    ResponderExcluir
  41. e ficou ótimo! acho que vcs podem fazer mais poemas juntas!! hhahahah! ^^

    bjsss

    ResponderExcluir
  42. E na loucura a gente encontra refugio pra ser quem realmente é (:

    Beijo grande ;*

    ResponderExcluir
  43. Sou louca pelos seus poemas, cara! Vc manda mt bem!

    ResponderExcluir
  44. Nossa Érica, que coisa bacana.
    Poesia em dupla. Primera vez que eu vejo. Gostei da ideia e da poesia. Parabéns as duas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. mais louco é quem me diz, e não é feliz, eu sou feliz!
    beijo!

    ResponderExcluir
  46. Excelente!!! Que venha a loucura!!

    Muito bom!!

    []s

    ResponderExcluir
  47. Ah menina, que poema liiiindo! E em conjunto ainda, coisa mais fofa! rs


    Beeijos!

    ResponderExcluir
  48. A insanidade é um dom.
    E são poucos os privilegiados.

    ResponderExcluir
  49. Uma loucura boa, que seja então.
    =)

    adorei.

    ResponderExcluir
  50. Que lindo. Poesia é isso, libertação. Adoro quando tenho meus momentos.
    Saudades daqui!

    Beijo Linda!
    E obrigada pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  51. aaah ser um pouco louco é tão boom, a sanidade é algo que todos almejam tanto,mas pra que ser são nesse mundo doido.
    Amei o poema, fizeram uma ótima parceria.
    beijos.

    ResponderExcluir
  52. É você tem razão sobre o texto passado lá no blog. Eu ia colocar como eles já fossem namorados que nem o casal real, mas achei melhor mudar um pouco KKKKKKKKKKKKK Espero que tenha gostado da história.

    "A loucura não pesa e não machuca. Perco a cabeça, mas o coração não!" AAAAAAAAAAAAMEI
    ;*

    ResponderExcluir
  53. Bárbaro isso! além do mais, acredito que há pessoas que buscam tanto a sanidade, que se perdem na própria tentativa de ser livres e racionais.

    Beijos, bom final de semana!

    ResponderExcluir
  54. Olá! Indiquei você para um selo de qualidade (Prêmio Dardos) no meu blog: www.deysilannesousa.com
    Confere lá.
    Abraços! =)

    PS.: Que idéia legal, hein?
    Adorei o poema.
    Devo ser louca por opção! rsrs
    Beijo, querida!
    Finalmente estou com um tempinho. Estava com saudades de seu blog.
    ;***

    ResponderExcluir
  55. Menina,gostei do poema!
    Ser louco de vez em quando é bom.
    E eu amei a ideia de vocês, de criarem um poema em dupla.Parabéns!

    ResponderExcluir
  56. kkkk
    eu gostei, foi uma ideia que deu muito ceerto!
    um poema simples e leve!

    (;

    ResponderExcluir
  57. heuehue
    que leegal
    Poema em dupla, boa ideiaa

    beijos

    ResponderExcluir
  58. Adorei a idéia e o poema! Loucura que trás liberdade? Tá ótimo. Beijos.

    ResponderExcluir
  59. Esse poema aconteceu no msn?
    Que incrível!
    Não duvido mais dessa mágica que a Internet põe à nossa disposição.

    Que coisa!

    Beijos, meninas super poetosas...
    : )

    ResponderExcluir
  60. Caramba, muito legal. Inovador.
    Amei
    Parabéns!
    bjs

    ResponderExcluir
  61. Tô precisando tomar esse poema como plano de vida: "afogar toda as saudades, as imbecilidades".
    Já falei, já falei: se hoje eu gosto de poemas, a culpa é toda sua. Porque, (SÉRIO), tu é minha poetisa preferida <3

    ResponderExcluir
  62. Oi, pessoa bonita! Quanto tempo não passo aqui... :(

    *eu sempre com a mesma ladainha, deve anjoar, eu sei...

    Loucura e liberdade pra mim são duas coisas que se confundem. Tantas vezes invejei os loucos! :)

    Legal uma poesia brotar do MSN que quase sempre é tão inútil...

    :) Bjãozão!

    ResponderExcluir
  63. Perder a sanidade faz um bem danado...na verdade , doido é quem é sempre , sempre lucido, não se permite sair do extremo estado de lucidez.

    Um beijo para as meninas.

    Erikah

    ResponderExcluir
  64. Perder a sanidade faz um bem danado...na verdade , doido é quem é sempre , sempre lucido, não se permite sair do extremo estado de lucidez.

    Um beijo para as meninas.

    Erikah

    ResponderExcluir
  65. Loucura é sentir. Sentir tudo até o limite.
    A sanidade só serve pra limitar, pra nos fazer remoer tudo e criar monstros próprios.
    Antes louca, sempre louca.
    :*

    ResponderExcluir
  66. É bom ver que uma "brincadeira" resultou em uma poesia tão doce! *-*

    ResponderExcluir
  67. A loucura tantas vezes é mais sensata que a sensatez...

    Linda poesia!

    Não tinha vindo mais por aqui, o layout ficou lindo, lindo! ;)

    Beijão!

    ResponderExcluir
  68. Uma vez eu escrevi um texto que emocionou tanto o meu melhor amigo que ele fez a versão masculina do texto. Foi então que eu descobri que o meu melhor amigo era um poeta.

    ResponderExcluir
  69. eu queria que a loucura não fosse proibida. o mundo seria mais colorido e desejável.

    adorei

    ResponderExcluir
  70. Isso da parceria correu bem, heim.
    Eu própria já o fiz algumas vezes com umas amigas e (geralmente) não é uma coisa muito linda de se ler, mas é sempre algo com muita graça no acto do fabrico x).

    O louco sente-se sempre feliz na sua loucura e não se tem de preocupar com nada mais... Gosto disso, eu própria por vezes "enloqueço" propositadamente, admito. :)



    (Já tinha muitas saudades de ler as tuas palavras :D)

    ResponderExcluir
  71. Meninaaa, tem post novo no blog! Cadê o daqui? rs


    Beeijos!

    ResponderExcluir
  72. Então.. essa coisa aí ser ser louco, eu conheço bem.. rsrsrs

    Vou passar aqui mais vezes, pra beber uma cervejinha contigo. ;)

    ResponderExcluir
  73. Cheguei aqui por um acaso do destino, mas como não acredito em acasos, voltarei com certeza!
    A parceria deu super certo, gostei muito do texto, do lay, do blog, enfim... ganhaste mais uma leitora.

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?