17 julho 2010

A gente reclama - Nivaldo Pereira

A gente reclama do calor. Que bafo! Não dá para caminhar na rua! O sol está de torrar os miolos. Imagine quem tem que trabalhar no campo. Se a gente estivesse na praia, não fazia um sol desses.

A gente reclama do frio. Meu Deus! É de renguear cusco. Isso é lugar para viver? Isso é clima de gente? É dose sair de casa entrouxado. E levantar da cama? E a hora do banho? Horrível! Viver aqui é desumano.

A gente reclama da meia estação. Credo, quatro estações num dia é para matar! Tinha sol há 15 minutos, e olha a cerração! Assim não há saúde que aguente. É um tal de tirar roupa e botar roupa... Ah, ainda ganho na loteria e caio fora daqui.

A gente reclama da fila no caixa eletrônico. Gentalha burra! Que adianta informatizar tudo num país de analfabetos? Aquela nem sabe usar o cartão. Aquele ali vai levar uma eternidade com tanta conta a pagar. Ah, não, dia de pagamento de aposentadorias...

A gente reclama na fila do bufê. Essa gorda vai fuçar tudo até achar o pedaço que quer. Esse aí não sabe do que gosta. Olha a lenta! Ah, não, mãe fazendo prato de criança, ninguém merece. Senhor, dai-me paciência, senão eu tomo o azeite da mão dessa lesma.

A gente reclama de quem cria. Que bobagem. Que horror. Coisa feia. Quanto amadorismo. Sempre os mesmos. Poupe-me. Eu é que não vou pagar para ver isso.

A gente reclama de quem não cria. Nada para fazer numa cidade desse tamanho. Os artistas não se mexem. Tanta história legal para resgatar. Tanto potencial. Não tem cabimento essa miséria cultural. Onde estão os produtores?

A gente reclama de quem reclama. Que gente insatisfeita. Nada presta, nada vale, por que não vão embora? Que mania de criticar. Reclamam de barriga cheia.

A gente reclama de quem não reclama. Por isso o Brasil está desse jeito. Povinho acomodado. Políticos determinam e ninguém se mexe, ninguém faz nada. Que saudade do movimento estudantil. Em outro país, isso seria motivo de revolução.

A gente reclama por reclamar. A gente só sabe reclamar.

A gente é você, ele, nós. A gente é todo mundo.

E eu? Ah, eu estou aqui, outra vez, querendo reclamar não sei bem de quê...

(Nivaldo Pereira)

* * *

Alô, blogosfera! Depois de uma semana, exatamente uma semana, eis-me aqui, com a mesma face, com a mesma loucura e é isso aí. A mente anda meio louca, perturbada e, por isso, as ideias estão num estado de confusão total. É normal, é normal. Ser louco é normal; o anormal mesmo é ser normal. E tenho dito!
[...]
Bela crônica do Nivaldo, não é? Um beslicãozinho no bracinho dos reclamões (estou nesse grupo que reclama um bocado, e de quase tudo). Reclamemos menos e vivamos mais, tentando sempre ver o lado positivo de todas as coisas.
Ah! Uma notícia muito boa pra vocês, blogueiros: o autor dessa crônica, grande jornalista, cronista e etc., Nivaldo Pereira, entrou para blogosfera. Sim, isso mesmo! E vocês podem encontrá-lo na Terceira Casa. Visitem-o, conheçam-o e apaixonem-se pelas palavras do grande Nivaldo!
[...]
E, gente, não sei quando volto a atualizar o Sacudindo Palavras. Talvez seja amanhã, talvez seja daqui a uma semana, um mês... Não sei, não sei mesmo. Estou numa fase de insatisfação muito grande com tudo, isso inclui o que eu escrevo. Enfim, enfim... É isso!
Um abraço da @ericona.

43 comentários:

  1. Amei a crônica. Isso é verdade... eu também me incluo nessa de reclamar demais hehe
    Não esquente, é tão bom ser louco.
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. belo escolha.... e saber que há tanta coisa a agradecer, e de vez em quando a gente só reclama...

    adorei, viu ?

    beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  3. Um beliscão no braço dos reclamões, então, é um beliscão no meu braço. hauahaua
    Todo mundo reclama, bem reclamar não adianta nada temos e que fazer acontecer.
    Ótima crônica.
    Que bom que le entrou para o blogosfera ;)
    Ah Erica tente não sumi o importante é que volte.

    ResponderExcluir
  4. Me identifiquei muito porque RECLAMAÇÃO é praticamente meu segundo nome, haha. Como assim insatisfação? Você sempre escreve coisas tão bacanas =)


    Bruna Rodrigues

    ResponderExcluir
  5. Oii
    Ah eu adorei esse texto, é bem a cara de todo mundo.
    Eu me encaixo no que reclamam dos que reclamam rsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu costumo agradecer , mas do que reclamo, mais do que peço, mas a insatisfação é geral mesmo que reclamar já virou um hábito.

    Adorei a cronica, boa escolha tua.

    Um beijo xará.

    Erikah

    ResponderExcluir
  7. E o pior que um acomodado contagia mais de um. "Brasil, mostra a tua cara!"

    Carinho, Ferro.
    Vamos!

    ResponderExcluir
  8. e não é que é verdade... a gente reclama muito!!
    e a bíblia ainda diz: tudo que fizer, faça sem murmurar!
    rss.. é um tanto difícil, mas ñ impossível... bom acredito que haja uma diferença entre ser reclamão e saber reivindicar seus direitos, digamos assim... por exemplo coisas que PRECISAM ser feitas como trabalhar pra se sustentar ou que fazem parte do ciclo natural da universo, como o clima e etc não deveriam ser alvo dos nossos resmungos.. mas confesso que já reclamei sim e muitas vezes :-/ ai ai... insatisfação é algo muito perigoso, eu acho, quando n produz vontade de mudança.. quando nos deixa imóveis.. entende? ah então tá...
    eu desativei o blog em junho e agora tô voltando, por isso vc n conseguiu me encontrar! :-)
    beeeijos

    ResponderExcluir
  9. Reclamamos MUITOOOOO de tudooooooo! Incrível! rsrsrs

    Belo texto, Poetisa.
    Ótima escolha!

    ResponderExcluir
  10. é verdade...Reclamos muito,exigimos mudanças,espaços,preferências, somos insatisfeitos em tudo,por que será???
    Tem dias que me pego reclamando tanto que nem eu me "guento",rs...

    Adorei o texto,me serviu a carapuça!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Venhamos e convenhamos , a verdade é que ninguém nunca tá satisfeito HAHAHA.
    Mas é isso, reclamemos menos e vivamos mais (yn)
    A vida é liiiinda *O* LKSDAMLKSA
    -parey.

    Beeeijo guria :*

    ResponderExcluir
  12. Que pena... Insatisfação é triste, não? Sorte que passa!

    Adorei a crônica! Achei que vc tinha feito... Às vezes acho curioso como pessoas viram nossas inimigas mortais por causa da impaciência e da nossa própria preguiça. Eu, por exemplo, já tive vontade de esganar gente que nunca vi antes em fila de caixa eletrônico... Isso é muito doido!

    :)

    ResponderExcluir
  13. adorei a cronica.
    afinal do que não reclamamos ?
    nunca estamos sadisfeitos com o clima e qualquer outra coisa que´nós rodea.
    somos os legitimos reclamão.
    né.
    fazer o que é, sempre seremos assim insadisfeito com algo, reclamando, mas não fazendo nada para mudar isso.

    ResponderExcluir
  14. Nós reclamamos de tudo, não há como negar. Simplesmente é assim.

    ResponderExcluir
  15. ah muito bom o texto (:
    gotei demaaais do blog. to seguindo beijos

    ResponderExcluir
  16. Crônica ótima, eu reclamo de tudo e nunca me canso de reclamar.

    BeijooO

    ResponderExcluir
  17. é po... eu já até vi o pessoal dizendo... "tudo que é demais faz mal"... nessa natureza que vivemos, o equilíbrio é a sanidade, na minha opinião...

    Pra quem busca agir já age pouco, imagina quem busca só analisar e criticar.

    é o que eu penso.

    ResponderExcluir
  18. Vou visitar o blog dele agora mesmo!
    E qnt a reclamar, é normal, a gente reclama mesmo e se não tem motivo, a gente inventa.
    Voltei sim, mas sem pretenções, vou seguindo conforme a maré, quando dá vontade posto algo, não gosto de forçar as coisas, entendo qnd vc diz dessa confusão, to nessa também.
    bjoos

    ResponderExcluir
  19. uowww, adorei a crônica!! realmente, acho que todos sentimos ao ler o texto.. acabamos por reclamar de quase tudo, mesmo sem perceber, mesmo sem querer... hehehehehe
    bjusss

    ResponderExcluir
  20. HAHAHA, muito boa essa crônica. Esse Nivaldo realmente manda muiiiito bem. *-*
    E, bom, espero que você resolva toda essa insatisfação e volte logo. Nossa blogosfera não é a mesma sem você. :)
    xxx

    ResponderExcluir
  21. oi Erica, ótima escolha de texto, tbm me vejo nessa grupo que reclama de montão (tá não tanto assim), mas que não faz pra nada pra melhorar, os acomodados :S...gosto das crônicas do Nivaldo, sempre nos faz pensar.

    Grande Erica Ferro, Grande Nivaldo õ/

    ResponderExcluir
  22. Sim, ótima crônica!

    * Do frio eu NUNCA reclamo...adoro!

    Beijo, querida! Nos falamos lá no passarinho qualquer hora dessas. ;)

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  23. Identifiquei-me na parte do clima. Vou te contar, que é beeeeeeeeeem assim mesmo. Mas eu só reclamo do frio quando tenho que sair da cama e só reclamo do calor quando estou trabalhando.

    Eu gosto do inverno, quase sempre. As pessoas ficam mais bonitas. E no verão é bom, sol, praia, cerveja gelada e FÉRIAS.

    beijo amada

    ResponderExcluir
  24. E pensar que aprendi a amar o Nivaldo por causa de vc e da aninha seering. Adoro
    beijão

    ResponderExcluir
  25. Que tudo essa crônica! Povo insatisfeito... tbm sou assim. rs;
    Minha linda! Pelo menos não suma do twitter. >.< te adoro! Beijooos!

    ResponderExcluir
  26. também reclamo de quase tudo!
    HDUISHAIUHD
    Nivaldo escreve cada coisa boa,que olha!
    Estaremos esperando a sua volta!

    ResponderExcluir
  27. Muito legal essa crônica! Sabe que eu nao sei se reclamo demais ou de menos. Enfim, enfim, espero que não demores tanto para voltar. Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Amei essa cronica! Eu ri bastante, é assim mesmo que a gente é, não tem como negar mesmo. Adorei *-*

    xx

    ResponderExcluir
  29. Adorei o texto! A gente reclama mesmo de tudo, né? Eu mesma, reclama até do fio do cabelo, e reclamo de quem reclamar! HAHA, essa raça humana... Beijos.

    ResponderExcluir
  30. Como dizia o Raul, "eu também vou reclamar", né? E, no fim, o post bateu bem com seu comentário. Terminou reclamando de seu próprio blog, hehehehehe! Mas, é assim mesmo: parece que o ser humano só sabe viver se reclamar de algo. Em último caso, reclama até da própria sombra!
    Dê um tempo, todos fazemos isso. Reclamamos de nós mesmos e enjoamos até de blogar. Mas, um dia, a vontade volta. Não é assim?
    Bjoo!!

    ResponderExcluir
  31. AOSPAKPSOPK'
    Eu reclamo demais, tenho que parar com isso .-.
    Boa crônica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Não, é um senhooor² beslicão! Como nós reclamamos hein ?
    Cuide-se queridona, e vamos tentar colocar nossas 'confusões' em ordem rs
    Beijo grande ♥

    ResponderExcluir
  33. Adorei o texto.
    Fato, nós reclamamos de tudo. Até quando tudo parece perfeito estamos reclamando. Mais fazer o que, é da natureza humana neh!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Adorei a crônica ! Me vii um pouco, sou um tanto reclamona, kkk
    adoro seu blog, bjs !

    ResponderExcluir
  35. Bom, na dúvida entre reclamar e não reclamar, eu prefiro a primeira opção. Mesmo que no final das contas eu não tenha razão... Faz parte! rs

    E que insatisfação, garota? ¬¬" Você escreve muito bem, acredito na sua capacidade! Hum...

    Beijos, Ferro.
    :*

    ResponderExcluir
  36. A gente parece que nasceu para reclamar..rsrs

    Érica, adorei sua participação no Dando Pitaco e pode deixar seu pitaco sempre que tiver oportunidade e se quiser participar,pode me avisar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Adorei a cronica...

    a verdade é essa, vivemos em uma grande insatisfação, reclamamos de tudo, até mesmo quando tudo está perfeito.

    Arghh...

    beijos!

    ResponderExcluir
  38. A crônica é magnífica!
    (Mas confesso que gosto mais das suas sacudidas!)
    Suas palavras fazem falta...
    Mas eu te entendo. Também sou normal sendo anormal... As vezes, as idéias se perdem no meio do caminho entre a cabeça e os dedos...

    Mas olha... Estou torcendo para que tudo se organize na sua cabeça o quanto antes, para voltar a ter o privilégio de ler as palavras que vc sacode!

    Um beijo com carinho...
    @millaborges

    ResponderExcluir
  39. Mal do ser humano.
    Achamos que se nao reclamarmos nao terá gra'ca. Mas a graça esta exatamente em no contrario. A graça esta em 'comentar'. Mas as palavras chegam a boca mais rapido que o pensamento e o que era pra ser um bom comentario vira uma critica destrutiva!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  40. Risos.

    Eu reclamo muito de frio! Odeio. E olha que moro numa cidade muito quente: Teresina.
    Mas no geral, até que não sou reclamona (eu acho). Vai ver sou e nunca percebi...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  41. Concordo contigo.Nunca estamos satisfeitas, apenas reclamamos,reclamamos.AHAHAHA!
    Eu sou assim,confesso.Quem não é,afinal?!

    -


    Beeijinhos :)

    ResponderExcluir
  42. Ah, identificação total e contínua. Desde a crônica escolhida (não conhecia o autor, mas adorei o texto) até o p.s.
    Dona Erica, seu blog é um refúgio.
    :*

    ResponderExcluir
  43. Que texto. Parabéns.
    Temos que aprender a agradecer, agradecer por tudo e sempre pensar no nosso próximo, e olhar com bons olhos!

    Abraço!

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?