06 dezembro 2012

Resenha: Qual seu número? - Karyn Bosnak


Qual seu número?
Karyn Bosnak 
Editora Novo Conceito
414 páginas


Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível encontrar a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

Delilah Louca Darling, como ela mesma diz, é uma mulher fácil: tem quase trinta anos e já saiu com quase vinte homens. Que devassa!
Mas Delilah nunca tinha parado pra pensar nisso até ler uma matéria num jornal que dizia que a média de homens para uma mulher de 30 anos era de 10,5. Imagina a agonia e o desespero de Delilah, que tinha se relacionado com quase vinte homens! Foi aí que ela viu que era uma libertina, que era mesmo fácil, mas o que a deixou mais pirada foi o fato de que, no final do artigo, dizia que, se a mulher tivesse acima dessa média, era extremamente difícil - praticamente impossível - encontrar a pessoa certa, a pessoa pra casar.
A partir desse momento, meio que as coisas começaram a desandar. Delilah perdeu o emprego e a sua irmã mais nova anunciou que tinha encontrado o homem da vida dela e que iria se casar. 
Sem emprego, angustiada por causa da matéria do jornal, chateada porque sua irmã mais nova se casaria primeiro que ela, Delilah faz uma lista de todos os caras com os quais ela tinha se relacionado e, com o dinheiro do seguro-desemprego, se lança numa viagem em busca do ex de sua vida. 
Para encontrar todos os ex-namorados, Delilah pede a ajuda de seu vizinho-incrivelmente-belo-sexy-e-totalmente-apaixonante, Colin, que banca o detetive de vez em quando. A viagem não poderia ser mais louca. 
Todos os reencontros de Delilah com seus ex-namorados são desastrosos, estranhos e/ou confusos. Tenho que confessar que alguns encontros foram extremamente insanos, irreais e, alguns pontos, pouco convincentes. A impressão que dá é que a autora quis que os encontros fossem inusitados, quis que as circunstâncias soassem engraçadas, mas ela não foi muito feliz. Pelo menos pra mim, algumas situações criadas pela autora foram bem poucos críveis e, em certas ocasiões, Delilah se mostrou bem imatura e tola. 
Porém, mesmo com essas partes meio surreais, depois que Delilah volta de sua louca viagem, o livro melhora significativamente. 
Não posso contar mais, porque uma resenha que se preze não revela muito do livro em questão. O que posso dizer é: Qual seu número? é um bom livro. Alguns fatores me fizeram crer que eu não ia gostar do livro: a parte maçante da viagem; as piadas envolvendo religião que a Delilah fazia praticamente durante todo o livro; a falta de maturidade da Delilah em muitos momentos, etc. 
Entretanto, como eu disse anteriormente, quando Delilah volta de sua aventura, o livro melhora consideravelmente. Ela consegue ver coisas as coisas com mais clareza, começa a amadurecer um pouco e a se dar conta de coisas óbvias para as quais ela nunca tinha atentado.
O desfecho é uma coisa linda, fofa, maravilhosa e apaixonante, como todo bom chick-lit.
Preciso dizer que adorei Colin, ele é, definitivamente, adorável. Delilah, apesar de louca e inconsequente, me ganhou no finalzinho do livro. Ela é uma boa alma, apesar de tudo.
Indico Qual seu número? para quem não se importa de encontrar um punhado de clichês em um livro.
Indico para quem quer uma leitura leve, doida, divertida e, no fim, suspirante

* * * 


Hello, people!
Espero que tenham gostado dos meus comentários sobre Qual seu número?.
Já li o livro, agora vou em busca do filme. Espero que seja bom. Alguém aí já viu? Aceito o DVD como presente de Natal.
Até qualquer dia.
Um abraço da @ericona.

12 comentários:

  1. Eu já tinha ouvido falar do livro. Aliás, acho que foi adaptado para o cinema náo? o.o

    E a história em si mesma é bastante interessante. acho que nunca tinha ouvido falar de uma história assim... xP

    Gostei da resenha! :)

    ResponderExcluir
  2. Eu já vi várias resenhas e sorteios desse livro, mas nunca parei pra ler nenhuma e também nunca ganhei nenhum sorteio, normal né?! Mas enfim, pelo o que tu disse acho que é meio água com açúcar, gosto de mais realidade, intensidade... Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu já li algumas outras resenhas sobre esse livro, mas não sei porque não me interessou nem o livro e consequentemente o filme. hm*
    No momento só estou lendo ficção cientifica e sobre o nazismo. rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ah, esse é um livro que eu vivi uma relação de amor e ódio porque eu só comecei a gostar dele quando a Delilah voltou da viagem. Ah, eu também adorei o desfecho e o Colin (como não gostar do Colin? kkk). Adorei a resenha.
    Beijos.

    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu vi o filme, Erica! É a coisa mais engraçada! Acho que, pelo que me lembro, é bem fiel ao livro.
    Eu dei boas risadas. Ao contrário de ti, em nenhum momento eu achei os encontros pouco convincentes. Eu ri muito com o livro E com o filme! Ambos são ótimos! A Delilah é mesmo muito imatura, mas eu levei em consideração o fato de ela ser totalmente louca, e ri, hahahah!
    Beijo!
    Obs: continue escrevendo resenhas, achei essa muito boa! ;)

    ResponderExcluir
  6. Muito boa resenha e já li esse livro que devorei em menos de dois dias. Delilah é contagiante e o desfecho e por demais emociante.Uma lição de vida.
    Parabéns.

    Beijos
    Irene

    ResponderExcluir
  7. Eu assisti esse filme e achei lindo demais. É engraçado também... Eu recomendo!

    ResponderExcluir
  8. Érica não li o livro, mas assisti o filme, se o livro for meio louco e engraçado que nem o filme, sinto que vou amar, adoro essas leituras, beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li esse livro, mas vi o filme (não resisti) e achei super divertido. Eu acho que o livro deve ser melhor ainda. :D

    Um beijo,
    Luara - @luuara
    http://www.estantevertical.com/

    ResponderExcluir
  10. Olha tem livro, gostei kk

    o Filme vc nao vai se arrepender, é muito bom além de divertido .. xD

    eu vi online se quiser kk

    kisu
    www.eraoutravez.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Érica, realmente alguns reencontros da Delilah são irreais, mas eu estava tão no clima para a leitura que me matei de rir, adorei. E adorei aquele final também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu comecei a ver o filme, mas achei um pouco chato, rs. Bom, mas cada um tem seu gosto. Ainda não li, mas já vi muito na saraiva

    ☠ ‏Vitamina de Pimenta ☠

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?