28 dezembro 2012

É assim que sou


Insisto no amor não por convicção, mas sim por uma ilógica teimosia. Insisto no amor porque, inconscientemente, aprecio essa coisa de quebrar a cara, de sofrer calada. Insisto no amor porque a minha vida só tem sentido com uma dose exagerada de drama, lágrimas e noites mal dormidas. Nasci pra fazer drama. Nasci pra amar demasiadamente e insanamente. 
O que eu faço quase sempre é no impulso, é pelo prazer de fazer, pela delícia de me satisfazer. Alguns diriam que isso é qualidade; outros, defeito. Não sei se é qualidade ou defeito, sei que falo o que eu quero e quando eu quero. Ser "Maria vai com as outras" não é a minha praia. Também não me encaixo nas regras, nos costumes, nas coisas ditas politicamente corretas. Sou assim, errada, errante, meio louca. Ou totalmente louca. Não me importo em ser vista assim. Sério. Só uma coisa que sempre me importou: a honestidade.
Aprecio muito essa coisa de ser honesta. Sou extremamente honesta comigo mesma, com os meus sentimentos e pensamentos. Não temo exibir quem eu sou, exatamente como sou. Não tenho medo das interpretações equivocadas. Lamento, claro, quando me interpretam erroneamente, mas não me arrependo das palavras proferidas ou das atitudes feitas. Só me arrependo de coisas que eu fiz quando essas coisas não honraram quem eu sou, o que penso e o que sinto. Sou responsável pelo que falo, não pelo modo como fui interpretada. Isso soa clichê, mas é a verdade.
Eu sou dolorosamente franca. Às vezes sinto pena das pessoas que convivem comigo. Coitadas! Não deve ser nada fácil lidar comigo: uma pessoa de palavras diretas, por vezes ferinas. Ainda assim, mesmo sabendo que ser incisiva pode espantar algumas pessoas, gosto de ser como sou. É que sou uma pessoa que gosta de gente direta, que não tema falar das suas ideologias ou mesmo que não sente vergonha de revelar os seus achismos. Admiro pessoas transparentes, espontâneas. 
Sou assim, um ser humano simples, com uma mente fértil, um coração com mania de amores impossíveis e uma capacidade inesgotável de sonhar.

Erica Ferro

* * *
Como é bom blogar frequentemente!
Como vocês estão, blogueiros? Como foi o Natal de vocês?
Por aqui não foi muito bom, devido ao meu estado de saúde. Porém, sinto que, aos poucos, as coisas estão melhorando, entrando nos eixos.
Um abraço da @ericona.
Hasta la vista!

7 comentários:

  1. Sabe o que você tem? Personalidade! E isso, infelizmente, é muito difícil de encontrar nas pessoas, principalmente quando é sincera e, como você disse, honesta!

    Me identifiquei com seu texto!

    E melhoras pra você!

    Abraços :*

    ResponderExcluir
  2. Eu era como você, mas a vida me ensinou que ser racional, ser mais fria, me preservava mais, acho que ando prefeindo o jeito que sou hoje em dia.

    Um feliz 2013 para ti! Com muita saúde e paz!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Olha quem passou pra fazer uma visitinha ao teu blog depois de tanto tempo?
    Faz bem saber o que a gente é e não ter vergonha de admitir.
    Faz muito bem te ler também, amei o texto!:
    "Insisto no amor não por convicção, mas sim por uma ilógica teimosia". A verdade mesmo é que a gente (deixa eu me incluir nessa) não admite que a vida seja só isso que a gente vê. Pode ser mais, tem que ser mais. Uma vida com um final feliz, e um meio mais feliz ainda.
    Feliz Ano Novo!!!!

    ResponderExcluir
  4. Uma coisa que eu não suporto é quando estou conversando com alguém e essa pessoa concorda com tudo o que falam, sabe aquele tipo que quer agradar e não expõe sua opinião? Pois é. Gosto de pessoas com personalidade que não tem medo de dizer o que pensa e o que acha. Mesmo se você está conversando com alguém e é contra o que ela pensa você deve falar, mostrar seu ponto de vista, mas sempre lembrando que se deve respeitar a opinião alheia.
    Pessoas com personalidade são legais, por isso que você é legal. (:

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bem com você?
    Belíssimo post!
    É sempre bom passar por aqui, gosto de aprecisar as coisas que você escreve e seleciona com tanto cuidado.
    É um grande prazer deixar meu comentário dizendo que adorei sua postagem!

    Que você tenha um ótimo 2013, com muita paz, amor, e que todos os seus sonhos e planos se realizem!
    Desejo tudo isso do fundo do meu coração!
    Um grande beijo
    Até mais

    ;**

    ResponderExcluir
  6. Érica que lindo texto, amei, acho que devemos sempre insistir no amor mesmo, mesmo que sejam impossíveis e é claro sonhar sempre, nunca desacreditar! beeeijinhos e melhoras pra você, um ano novo maravilhoso, beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Mas ser honesto consigo mesmo é uma virtude louvável, não é tão fácil como se imagina, e se você consegue ser, então, viva! A maioria das pessoas mentem para si mesmo.

    Beijos, feliz 2013! \0

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?