31 dezembro 2009

2009, você tem mesmo de ir?

E eu não sei como começar, eu tenho medo de começar. É, eu quero chorar. Eu quero arrancar meus cabelos, meter a cabeça na parede e morrer. Não, na verdade não é bem isso que eu quero. Mas o desespero faz a gente desejar o que não desejaria se não tivesse "no limite".
E eu cheguei no meu limite, nós chegamos. Aliás, estamos chegando. É o fim, é o fim, e não há mais saída. É o fim do ano, de uma década.
E eu me pergunto: "Como foi, Erica? Foi proveitoso? Foi bom? O que você fez? Fez diferença por onde andou? Fez amigos, inimigos? Amou, morreu, chorou, sorriu, sofreu? Viveu?".
E eu vivi, mas não tanto, não como eu deveria. Porque a gente sempre fica pensando que poderia ter sido melhor, que poderia ter sido diferente. Mas pode ser melhor, porque o melhor não se limita a nada, é o melhor. E a gente não alcança a plenitude, por isso que sempre dá para melhorar, para evoluir. Porém, temos que ter a convicção e o reconhecimento que às vezes não nos esforçamos como deveríamos ter nos esforçado; que não vivemos de fato, daquela maneira gostosa, suculenta, de quem tem fome e se farta da fruta mais deliciosa, que é a vida.
E eu reconheço isso. Eu não vivi tanto, eu não conheci tanto, eu não cresci tanto. E eu não fui direito, eu não realizei o que era para ser realizado. E toda as realizações e o que eu posso ser está nas minhas mãos, no meu poder, dentro de mim, escondido por trás da esperança, da fé.
Eu preciso usar a minha vida, o meu tempo, os meus segundos, minutos, anos. E parece um belo discurso. E eu não quero que pareça, porque a intenção não é discursar bonito. A intenção é externar parte da minha tristeza em relação a mim mesma, é um modo de me redimir a mim mesma. Eu quero me perdoar, mas eu não quero permanecer no pecado de não viver. Eu preciso me esbaldar, me fartar dos frutos do existir.
Eu preciso morrer de cansaço no fim do dia, mas sorrir, mesmo que quase imperceptivelmente, de felicidade, daquela sensação de quem cumpriu a sua missão.
Eu quero ler mais, eu quero assistir mais, eu quero correr mais, eu quero sentir mais, eu quero acreditar mais; eu quero mais. Mais vida, mais emoção, mais motivos, mais vontade, mais força, mais desprendimento, mais ousadia.
Eu preciso ousar, inovar, chocar. Chocar quem quer que seja, porém o foco principal do choque seja eu mesma. Porque eu quero me impressionar, para que no fim de 2010 eu possa dizer que eu vivi e que eu tive um ano feliz. Que eu não vegetei, que eu não me omiti, que eu não esqueci do que arde em meu peito.
Eu preciso, eu preciso desesperadamente parar de teorizar. Preciso me calar e agir. Preciso me permitir. Preciso ser mais impulsiva, mais louca. Porque a loucura é boa. Sim! Em muitos momentos é preciso ser louco, porque jamais faríamos certas coisas (ou todas as coisas) medindo as consequências. Mas veja bem, eu não quero ser inconsequente; eu só quero não me preocupar tanto, não me prender ao não ser com medo do que possa acontecer se eu viver. É isso! Só isso que eu peço a mim mesma, e eu quero me ouvir e me atender. Eu preciso ser obediente a mim, aos meus anseios, ao que eu creio e ao que eu quero.
Pois eu não posso continuar me traindo, mentindo que não vejo o sol ir embora e a lua chegar. E sair, e chegar, e sair, e chegar...
Um ciclo que não tem fim, a não ser com a minha própria morte.
E esse texto está tão deprimente, tão desesperado, tão triste para ser o texto de um último post, o último do ano.
Queria poder fazer algo mais alegre, mais esperançoso. E, bem, não me vejam como uma descrente de um futuro bom. Eu só não acredito num futuro lindo e florido sem um arregaçar de mangas, sem suor no rosto, sem fé e sem força para ser e ter o que se quer. Porque é preciso crer, mas fazer. É um conjunto.
Veja que um ano todo se passou, uma década se encerrará à meia noite de hoje, dia 31/12/2009.
E um recomeço virá. E nós faremos o que?
Nós temos que acreditar em nós, nós temos que lutar por nós. Por mais que eu goste de alguém, eu não posso lutar e realizar o que só ela pode. Cada um tem esse poder, por isso cada um tem sua vida.
Eu tenho a minha, e, admito, não tenho cuidado e zelado por ela. Não tanto quanto deveria e quanto eu sinto que preciso.
Mas é o fim... Não há mais jeito, não para esse ano, para essa década.
Contudo tenho tempo. Acho que ganharei um presente às 00:00.
É mais um ano, mais uma década. E eu farei 20 anos nesse ano que chegará.
Duas décadas de vida. Quantas mais eu terei?
Não sei, eu não quero saber, porque seria angustiante saber. O melhor é viver, é ir sem olhar para trás e se lamentar do que não foi, do que não deu para ser.
Por que eu não entendo isso? Por que não coloco um pouco de ânimo em meu ser que agora quer chorar? Por que eu tenho que ser tão melancólica se tratando de "fins"?
Porque eu sou humana, errada, cega, surda e preguiçosa.
Eu sou um poço de imperfeição, de medo e constrangimento. Me constrange ser por medo de constrager a alguém. E isso é inadmissível.
Eu devo aprender com os corajosos, aqueles que vivem à sua maneira, e é isso que os interessam.
Eu deveria ser corajosa. No fundo, eu sinto que sou. No fundo da minha alma há coragem; há fé, há força. E eu preciso encontrar esses ingredientes. Preciso alcançar a minha alma antes da 00:00, porque eu necessito começar o ano mais alegre e mais confiante.
Porque, afinal, não é o fim de tudo, do mundo, de mim mesma. É só o fim de mais ano, de mais uma década.
E eu sou tão jovem, já diria Legião Urbana.
Não posso me desesperar, querer morrer e desistir de mim porque me adiei esse tempo.
Isso é covardia.
E eu já cansei de ser covarde.
É dia 31 de dezembro. Dia de ter coragem para fazer todos os dias um dia feliz. E é isso que eu desejo a vocês, meus amigos blogueiros, que vocês façam cada dia desse ano feliz e especial.
Que vivam de forma intensa, sábia também. Porém não se limitem a vocês ou a ninguém.
Se derramem, se expandam e não temam, ou pelo menos tentem não temer. Porque tentar já é uma vitória se comparado aos que nem tentam e já desistem.
Deixem-me, por fim, dizer o mais importante para vocês, do quanto vocês me fizeram feliz nesse ano, com cada comentário, cada elogio, cada verdade expressa em palavras tão dóceis e eu que senti sendo sinceras.
Deixem-me dizer, "meus seguidos", que cada texto, cada poesia, cada poema, cada reflexão que vocês me proporcionaram estão em mim, gravados em meu coração e em minha lembrança.
Quantas pessoas fantásticas eu conheci esse ano! Verdadeiros escritores, poetas, pensadores... Blogueiros! Amadores, porque amam escrever e externar o que sentem, o que imaginam e o que pensam. Ah, como eu gosto de vocês!
Ah, como eu quero ter vocês por uns mil anos! Mas tudo bem, ninguém vive mil anos, mas eu quero ter vocês comigo até quando me for permitido.
De verdade, vocês são especiais para mim. Muito!
Quero que vocês prometam uma coisa a vocês mesmos.
A proposta é a seguinte: viver o dia, aproveitar o dia, não pensar no todo, em 2010. Porque a vida é agora, é já. Tudo é tão rápido e passageiro, que é preciso aproveitar o que temos agora, e o que temos é o presente. Abracemos o presente e nos apaixonemos por ele, portanto.
E eu digo isso a vocês e, ao mesmo tempo, a mim mesma.
Pois vivamos! Comamos do fruto mais gostoso e ilimitado que é a vida.
Não liguemos para indigestão, para agonias e para tudo o que de obscuro possa surgir.
Deixa surgir para depois se agoniar, mas logo depois procurar uma solução.
Sinto que escrevi demais, não é?
Eu me empolguei muito, confesso.
Melhor finalizar com:
Feliz 2010, massa blogueira!

(Erica Ferro)

34 comentários:

  1. Texto gritante! Empatia é pouco para o que senti nas tuas palavras. E quando citou os "blogueiros" quase chorei.

    Ah, faz como eu, ou ao menos tenta, deixa o passado. Dádiva é o presente!

    "Tudo posso naquele que me fortalece." Lembra sempre disso, viu?!

    Beijos, nos encontramos em 2010!
    ;*

    ResponderExcluir
  2. Chorei, admito que chorei. Como te disse, senti-me abraçada e encorajada a lutar por ser uma pessoa melhor e com mais vida... :)
    Lindoo!
    Uma optima mensagem para o meu final de ano :D

    Um 2010 cheio de todos esses sentimentos fortes ! =D

    ResponderExcluir
  3. Feliz 2010=) e confesso que estava doida pra 2009 acabar=)

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus,

    que delícia de menina é essa sua filha Érica!!!

    Amiga,

    que texto confortante, cheio de 'conselhos' verdadeiros, profundos, sábios... sim, pq vc certamente pode nos aconselhar, minha linda, pois vc dá esses conselhos primeiramente a si mesma... e isso não tem preço.

    Estou com uma intuição grande de que nesse ano que nascerá daqui a umas poucas horas nós seremos melhores, cresceremos mais, amaremos mais, e faremos de modo mais adequado todas as coisas...
    E nos amaremos mais tb!!!

    Obrigada, obrigada, obrigada!
    Quero continuar contigo em 2010.
    Boa e feliz hora 00:00!!

    ResponderExcluir
  5. nossa Érica você não exagerou nenhum pouco quando disse que o texto era desesperado e emo, não sei o que dizer em relação, gostei de 2009? gostei isso é fato incontestável, mas também creio que todo tem uma data pra acabar,por isso não chorei o fim dele, vivo cada do inicio ao fim e sei que sempre veio outro, afinal a roda sempre continua a gira,

    um ótimo 2010 pra ti, adorei mesmo ter conhecido o sacudindo palavras nesse ano de 2009, e todos seus post's que isso aqui continue a crescer mais ainda agora ^^

    ResponderExcluir
  6. Senti falta do PS, rsrs!
    Nossa, o que posso dizer é que não tenha medo de lutar pelo que o seu coração clama e que você precisa. Não tenha tanto pudor em relação aos outros porque às vezes achamos que eles estão nos reparando demais quando na verdade não estão, enfim, viva! Na verdade, pelas suas palavras, você já sabe o que fazer. Você consegue, é só ter obstinação!
    Feliz 2010, queridona!

    ResponderExcluir
  7. Érica, seu otimismo é lindo, adoro te ler assim positiva!
    Eu queria ser mais assim... mas não tenho conseguido. Acho que 2010 vai ser só mais um replay...

    Espero estar errada!

    Um feliz ano novo flor :)
    grande beijo!

    ResponderExcluir
  8. Uhuuuuu.

    É, eu tb fico pensando essas coisas antes da meia noite do dia 31/12. Menos nesse ano, acho que eu tava meio dopada de tão feliz - haha. É que esse ano foi especial pra mim. Outra coisa q eu n entendo, já que quebrei a cara milhares de vezes.

    Enfim, concordo com o q vc disse que por mais que a gente se esforce, nunca damos o máximo de nós. Ainda quero acreditar que posso dar o meu 'máximo' esse ano. Que venha 2010 - quero dizer, ele já chegou. Tb qro viver intensamente cada dia.
    Resumindo: td o q vc postou está certíssimo e dispensa comentários.

    Só mais uma coisa: Querida, do jeito q vc escreve, ninguém liga se o texto tomar centenas de paginas, lemos com prazer :D

    ABraços*

    ResponderExcluir
  9. Ameei,
    seu texto foi tipo um: "Acooooorda pra vida, Michelle. Você tem MUITO a viver, então VIVA"

    É... como sempre, seus textos me fazem pensar na minha vida :)

    Que cada minuto dessa nova década seja um minuto MARAVILHOSO pra vc, Érica *-*

    E bora viiver, que eu também quero mais *-*



    ps.: eu também vou fazer 20 anos esse ano :)
    (não que eu goste disso -q)

    ResponderExcluir
  10. não consigo sentir gosto nessa vida. tô tão cansada...
    feliz 2010!

    ResponderExcluir
  11. Menina, e esse teu jeito de prender todo mundo no que tu escreve? Espero que ele nao mude em 2010. Gostei do que disse,
    e to morrendo de saudade de 2009, meu pior ano HAHA brinqs =)

    beijos, man

    ResponderExcluir
  12. É a primeira vez que visito o seu blog e o achei maravilhoso.
    Você escreve muito bem!
    Espero mesmo que 2010 seja bem melhor, e que possamos realizar tudo que queremos.
    bjos

    ResponderExcluir
  13. SEM DÚVIDAS, um dos melhores posts do ano. gritaste, foste ácida o suficiente, me prendeste, falaste tudo o que a boca calou nesse ultimo ano. e foi ÓTIMO.
    concordo completamente contigo, e escrevi alguns trechos do teu texto no meu caderno aheuahe
    que 2010 seja bem melhor.
    BEM MELHOR.

    um ano maravilhoso pra ti, @ericona.

    :*

    ResponderExcluir
  14. N fiquei nenhum pouco triste com o fim de 2009. Espero realmente que 2010 seja ótimo. Pra TODOS nós.


    ;*

    ResponderExcluir
  15. Érica,
    quero convidá-la a ver minha postagem no meu outro blog, dos 'botões', pois você está incluída em muita coisa que eu disse lá.
    Se puder, apareça, vou ficar feliz...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  16. Que desabafo, hein! Suas palavras me fizeram pensar, e muito! Confesso que 2009 foi um ano mto ruim para mim, mas apenas um motivo fez com que ele se tornasse um dos melhores. Não sei porque, mas eu tenho certeza que 2010 será muito melhor, um dos melhores anos! Isso que espero, e isso que desejo pra ti! Feliz 2010, que vc realize todos os seus desejos nesse novo tempo.
    Sucesso pra vc, Erica! ^^
    =**

    ResponderExcluir
  17. Tudo depende da fé que você deposita em você e só!!!

    Você é demais.
    Mais um ano novo demais!

    Quando eu crescer... Quero escrever igual vc!

    ResponderExcluir
  18. Assim que começei a ler o post, pensei: 'Já era, vou me identificar mais uma vez'. Errei. Não foi 'mais uma vez', dessa vez você escreveu TUDO que eu estava pensando, sentindo, não só hoje, mas durante os últimos 2 meses.
    Foi esse o meu pensamento no último minuto de 2009, era essa a minha vontade. "Eu preciso morrer de cansaço no fim do dia, mas sorrir, mesmo que quase imperceptivelmente'.
    Obrigada Erica, mais uma vez, por expressar o que você sente e me atingir tão em cheio. Foi assim desde o primeiro post que eu li aqui, afinal. Que em 2010 seus posts continuem deixando uma marca em mim.
    :*

    ResponderExcluir
  19. Bom dia!!!!
    É com muita alegria q venho aqui para divulgar meu livro.
    O site está bem simples, mas é de coração. Entre e conheça um pouco do meu filhote, é para adolescentes... Espero q goste!
    Beijos e um Feliz 2010 p vc e toda sua família.
    Acesse: http://sites.google.com/site/escritorjoeliton/

    ResponderExcluir
  20. parei de ler no 'eu quero mais'
    e só então continuei

    inconformidade
    com o que se tem
    não é desvalorização do que se tem
    mas querer que seja melhor
    maior
    enfim
    faça mais sentido
    tenha mais significado
    as pessoas
    a vida
    a sua história

    queremos mais
    e temos de querer
    porque não faz sentido parar de querer mais e mais


    gostei do texto
    gostei mesmo

    e

    feliz 2010 pra ti também

    ResponderExcluir
  21. Fiquei confusa sem saber se é o fim ou o começo que te dá medo, moça. Mas depois entendi... eles são quase a mesma coisa, vistos por olhares diferentes. É o fim de um ano, é o começo de outro. Cada um vê o que deseja.

    E meu desejo é muita paz e muita vida, toda essa vida que tens guardada em teu coração, no ano de 2010. Estarei sempre por aqui!

    Obrigada por seus comentários, sua presença e seu carinho.

    Beijos doces

    ResponderExcluir
  22. Ah,eu tbm preciso de vc no meu blog por mais mil anos..kkkkk
    Que desabafo!!!
    Espero que vc tenha encontrado sua alma, e que no fim de 2010 vc diga que valeu a pena tudo, que a gente viva de verdade nesse ano, vamos aprender com todas as situações que a vida nos apresente.
    Se cuida!
    Tem presente pra vc em meu blog!
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Como você também não queria que 2009 se fosse... =/
    Mas enfim neh!
    Otimo 2010 pra ti!

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Carpe Diem...
    Acho que resume boa parte do que você disse nesse maravilhoso texto que me fez relembrar de muitas coisas das quais havia me esquecido...
    Viver intensamente...
    Desejar mais...
    Sonhar mais...
    Lutar mais...
    Então vamos fazer a diferença nesse ano e que no final dele possamos dizer: Eu vivi intensamente!!!
    Um Belíssimo 2010 pra ti garota!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Sim, é uma época de reflexão. E, nela, me encho de esperança e força para continuar lutando!
    Feliz ano novo!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  26. adorei!
    é muito verdadeira, um pouco dramático, mas ele grita a verdade!

    adorei *--*

    ResponderExcluir
  27. e que venha 2010...e que com ele seus textos maravilhosos!
    ^^

    beijos, queridas!
    =]

    ResponderExcluir
  28. Já havia comentado com você este texto, e lendo ele de novo vejo o quanto você grita por vida, seus anseios são imediatos, e acho que quando este momento chega é porque chegou a hora de se jogar na vida, com emoções e verdades a flor da pele, viva este ano intensamente como este texto, arrisque a dúvida pelo sossêgo da sua alma.

    ResponderExcluir
  29. Erica,

    Quando a gente quer tudo isso sugiro uma boa inspirada... e um pouco de silêncio...

    viver acontece é nesses intervalos mesmo !!!!

    E que esse ano novo que chega, chegue com muitos sonhos, e com todas as alegrias que a gente merece !!!

    Beijo carinhoso

    amo vir aqui... você toca meu coração...

    ResponderExcluir
  30. Que saudação maravilhosa ao 2010. Linda e plena e ansiosa também, porque o fim da primeira década do nosso tão querido terceiro milênio acontecerá em 31 de dezembro de 2010.Mas isso não importa quando então deparo com dizer tão empolgante efervescente inspirado e belo belíssimo lindo fantástico. Então parodiando direi: Feliz 2010.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  31. 2009 foi um ano que eu não queria que passasse, muita cooisa ficou lá, pessoas, momentos. Mas a vida é agora e ela segue, e agora é 2010 (:

    ResponderExcluir
  32. Estava precisando desabafar, né, flor? Fez bem.

    Mas vamos deixar 2009 ir embora, sim, pois nossa capacidade e potencial não se vão com ele, isso é nosso, e podemos fazer valer ainda mais no ano novo. ;)

    Te gosto, moça.

    Beijo, beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  33. poxa,o que passou passou. Temos que viver sem pensar no ontem ou no amanhã.
    Viver como se fosse mais um dia. E se acaba um ano não quer dizer que voce deveria ter aproveitado aquela cota que voce sonha; é a prova que voce sobreviveu a mais um ano e que muitos virão se Deus quiser.
    Só aproveitar, dando um passo de cada vez. Sem limites, sem planos. Somente viver por dádiva.


    Beeeeeeeeeeeeeijao feliz 2010 jovem blogueira que eu tanto gosto!

    ResponderExcluir
  34. Que lindo! MARAVILHOSO!
    Como vc escreve bem guria!
    Nunca vou cansar de dizer:
    Simplesmente AMEI!
    :)

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?