29 janeiro 2016

Sacudindo Palavras na revista eletrônica obvious!

E aí, povo! Tudo bem com todos vocês?
Quero convidá-los a fazer uma visita ao meu espaço na revista eletrônica obvious.

Sobre a obvious:

"A obvious é uma porta para desvendar novos territórios criativos. Aqui se cruzam as artes, o design, a arquitetura, o cinema, a música e as ciências, abrindo pistas às mentes curiosas e revelando novas tendências.
Uma das maiores referências no Brasil e Portugal, com uma audiência de milhões de leitores."
(Descrição extraída da fan page da revista) 

Por que escrevo na obvious:

Poder sacudir palavras num espaço no qual há uma imensidão de escritores que escrevem artigos criativos e interessantes é uma oportunidade única de aprendizado e deleite, ao passo que escrever é um prazer e ler os artigos alheios, uma chance de ampliar os pensamentos e conhecimentos.

Alcance da obvious:

A obvious é formada por vários escritores que tem liberdade para escrever e, ao mesmo tempo, têm seus artigos avaliados pelos editores da revista. Quando eles chamam a atenção dos editores, as publicações são escolhidas para comporem a homepage da revista e, posteriormente, são divulgadas nas redes sociais da mesma. No Facebook, a obvious tem 1.053.279; no Twitter, 24,4 mil; e no Instagram, 24 mil.

Meus artigos na obvious:

Publiquei três artigos na obvious até o momento. Os três foram destacados na homepage e divulgados nas redes sociais. Imaginem a minha surpresa ao receber e-mail da revista me avisando que o artigo que eu recém havia postado tinha sido escolhido pelos editores ou votado pelos outros escritores da magazine para ser um dos destaques. Uma sensação pra lá de boa! Não escrevo para ter muitos leitores. Escrevo para que bons leitores possam conhecer as minhas ideias e, quem sabe, se identificar com elas, bem como trocar ideias e acrescentar reflexões pertinentes ao que eu escrevi.
Abaixo, irei deixar o link e o resumo de cada artigo para que vocês possam lê-los. Caso gostem, espalhem-os por aí. 


Nesse artigo, discorro sobre o meu primeiro contato com o escritor moçambicano Mia Couto através do livro O fio das missangas, uma coletânea de 29 contos. Seleciono alguns contos que mais me tocaram e, enlevada, falo da poesia e do lirismo contidos em cada palavra de Mia e o impacto que esses elementos causou em mim.


"Para Sempre Alice" é um filme que nos encaminha a reflexões extremamente válidas sobre a existência. Ao vermos o drama de Alice nos chocamos e nos emocionamos porque a realidade em que ela vive, de um contínuo esquecimento de si e dos outros, é palpável. Poderia ser você ou eu na pele de Alice. Isso é assustador. A vida é um emaranhado mistério. O que temos é o agora. Aproveitemos o presente, pois o depois não pertence a nós.


Permita-se sentir tristeza, dor, desalento. Deixe-se mergulhar na imensidão dos sentimentos. Toda dor é uma oportunidade de evolução e autoconhecimento. Entregar-se às emoções é sentir-se (mais) humano. A ciranda da vida não para e nós devemos nos manter em movimento, nessa girar de emoções, que nos leva além do que nós mesmos pensávamos que poderíamos chegar. A vida é um jardim - e lindo! -, basta que saibamos cuidar dele. Que o nosso jardim seja bem florido e com o mínimo de ervas daninhas possível! 

Erica Ferro

• • 
Fan Page Sacudindo PalavrasTwitter Sacudindo PalavrasFan Page Atleta Erica FerroTwitter Erica Ferro

24 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Que interessante, vou dar uma olhada!
    :D


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Erica,
    Adorei sua novidades, já curti a página lá no Facebook.
    Sucesso viu? Seus textos são ótimos.

    P.S.: Nem preciso dizer que somos duas ansiosas por Bridget Jones, saudades do Colin/Mark

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Oi, Erica!
    Parabéns pelos destaques, dei uma conferida e achei seus textos muito bons. Com certeza outros virão ;)

    Beijo
    Sofia - Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Ainda não conhecia, vou dar uma olhada. Super parabéns pelas recomendações e etc, é incrível ver seu trabalho sendo recompensado.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É incrível e muito gratificante mesmo, Inês. Beijo!

      Excluir
  5. oi, oi.

    eu não conhecia a revista, mas achei tão legal a tua iniciativa. qualquer dia vou tirar um tempinho pra ler teus artigos porque eu gosto muito de lê-los. acho que vou amar esse segundo, onde tu falou sobre "Para sempre Alice". sou muito fã dessa história.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Para Sempre Alice" é um filme extraordinário mesmo. ;)
      Se gostar dos artigos, não deixe de me contar. E, se não gostar, também, claro (risos).

      Excluir
  6. Oi, Erica! Tudo bem? Nossa, que bacana isso. Ainda não conhecia a revista, mas vou lê-la agora mesmo e conferir seus artigos! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa que lindo, não conhecia a revista mas darei uma olhadinha. Só te desejo sucesso com mais esse projeto <3
    Beijos
    Instante Efêmero

    ResponderExcluir
  8. Olá, Erica.
    Eu ainda não conhecia e vou dar uma passada lá dar uma conferida. Eu nem quis assistir Para Sempre Alice, meu pai tem a doença e sei o quanto é difícil passar por ela.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente. Me doeu só de assistir o filme, imagina vivenciar isso no dia a dia. Desejo-lhe força e paz de espírito, pra passar por isso com o seu pai, Sil. :*

      Excluir
  9. Oie Érica =)

    Não conhecia a revista, mas vou dar uma passada lá para conhecer ^^
    Minha mãe assistiu Para Sempre Alice e achou bem triste e eu como ando fugindo de filmes tristes ainda não criei "coragem" para conferir.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vou te enganar, Ane. O filme é triste pra cacilda, mas, de algum modo, é válido assistir porque nos dá uma chacoalhada bem necessária.

      Excluir
  10. Respostas
    1. Na verdade, a revista é formada por vários colaboradores. Eu sou apenas um dos muitos colaboradores. ;)

      Excluir
  11. Oi, Erica!

    Não conhecia a Obvious, mas visitei agora e achei a proposta muito interessante!
    Meus parabéns por ter os seus três textos escolhidos para ser destaque!!
    Para Sempre Alice é um filmaço!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  12. Erica, eu não conhecia esse site. Achei bem legal a estrutura e o projeto do site. É uma boa forma de divulgar textos. "A Jardinagem da Vida" é um texto magnífico. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, muito bom ter um canto com visibilidade pra disseminar boas ideias.
      Beijo, poetisa.

      Excluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?