24 julho 2009

O sangue da ferida que não existe.

A ferida não existe, mas a dor existe
O sangue escorre
A lágrima rola
Os soluços imploram
Imploram um pouco de alegria
Um pouco de fantasia
Um pouco de ânimo

A tristeza me abraçou
Agora me aperta
Me sufoca
Me faz chorar
Mas não quero chorar
Também não quero conversar
Só quero assim ficar
Sozinha
Calada
Triste

Não, eu não quero ficar triste
Não sei porquê me sinto assim
Aparentemente não há razão
Mas há!
Todas as razões de lágrima, choro e dor que na minha alma se escondem, se manifestaram agora
E eu quero fugir
Eu quero ir embora

Não aguento esse meu lamento
Não me aguento
Me sinto nada
Totalmente desimportante
Irritante

Escolho parar
Escolho me calar
Me render?
Não
Só me recolher
Espero um dia me levantar
E continuar a andar

(Erica Ferro)

***

P.s: Não me sinto bem. É madrugada, 01:12, e ainda não dormi. Não quero com esse poema passar uma imagem depressiva, mas não dá pra fingir que está tudo bem. Só espero que melhore logo. Não gosto de me sentir assim. Me sinto fraca, desmotivada. Essa tristeza está sugando até a inspiração de escrever, a vontade de nadar, de ler, de viver.
- Tristeza, vai embora, me deixa.

21 comentários:

  1. Olha só, não vou dizer que eu a entendo porque seria pretensão demais, mas entre pessoas sempre existem elos que as unem né, e nesse caso eu também sinto um pouco disso, agora são 2h e pouco, menos de uma hora depois de tu ter escrito isso aí e eu também estou insone e desanimado, triste e sem vontade até mesmo de fazer o que mais gosto, que é escrever, e realmente é meio chato quando isso acontece, mas eu já nem me incomodo, não fico a torcer para que a tristeza se vá; fico aqui, convivendo com ela, no silêncio, até onde a noite me permitir contemplá-la. No seu caso, recomendo apenas que tente absorver o que pode haver de positivo nessas horas, mas tranquilize-se: em breve, as coisas melhorarão. Um beijo, até!

    ResponderExcluir
  2. Bem, não sei o que te dizer...
    Realmente não vale a pena fingir que tudo está bem... Mas tenta fazer com que as coisas melhorem, não te deixes ir abaixo.

    Tudo há-de melhorar! =)

    "Beijo no Coração" =*

    ResponderExcluir
  3. creio que só tenho a desejar melhoras, e que a felicidade venha te beijar novamente!!^^
    passa...sempre passa!
    fica bem!
    =*

    ResponderExcluir
  4. Todos temos momentos assim, é normal. Aproveite para refletir, repensar algumas coisas. Mas, como diz a música do Frejat "Se você ficar triste que seja por 1 dia e não o ano inteiro". Portanto chore bastante, mas que seja só por hoje.
    Tenha um ótimo fim de semana!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Feridas inexistentes mas sentidas? Sei bem como é. Precisa curar isso, mocinha!

    ResponderExcluir
  6. Nossa Erica melhoras pra ti!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Chorar é bom, porque quer dizer que você não está disposta a desistir.
    Não acredite que essa tristeza te tira a inspiração, porque esse poema mostra exatamente o oposto. É irônico, mas a tristeza também nos ensina sobre quem somos nós.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Esqueça as magoas, angustias e principalmente as decepções... tudo isso passa, o tempo apaga. Deleta. beijos

    ResponderExcluir
  9. Lindo!
    Eu sei que vai soar meio depressivo, mas são nos meus momentos de dor que eu melhor consigo me expressar...

    :)

    ResponderExcluir
  10. oh...
    eu li, reli...
    e só consigo pensar em algo que pode estar lhe incomodando...

    A M O R.... to certo? :S

    bem, se for eu sei bem como é...
    mas tudo passa.
    eu ja perdi, noites e noites de sono.

    ;)

    ResponderExcluir
  11. no contexto literatura nacional é de Clarice Lispector q sou fã tbm ^^

    O sangue da ferida que não existe,
    é como o amor, que é fogo e não se vê, que é ferida, dói, mas não se sente... bem escolhido o titulo,
    caiu como uma luva para o poema

    ah, e "tristeza, por favor vá embora"
    =]

    obrigado pela visita ao meu blog,
    volte sempre q quiser, será bem-vinda

    ResponderExcluir
  12. Sei como é. Mas sabe, por mais que doa, por mais que sangre, uma hora você vai sorrir novamente, então tudo bem. Eu espero que passe, de verdade. =*

    ResponderExcluir
  13. aaaaaaaaaaaai, esse poema ficou lindo, mas se for o motivo que eu to pensando for o causador dessa tristeza que você tá dizendo, pelo amor de Deus, PARA COM ISSO MENINA : se tem muuuuuita vida pela frente garota, muitos textos e piscinas pela frente *--*

    ResponderExcluir
  14. nenhuma palavra é capaz de reproduzir aquilo que só o coração pede...

    Obrigada pela visita, fiquei muito feliz com as sua palavras.
    Até

    ResponderExcluir
  15. por mais que doa, por mais que sangre, uma hora a ferida cicatriza. e ai o sorriso volta ao rosto.
    espelho que você "melhore"
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  16. Bonita poesia, mais muito triste, ânimo!, seja o motivo que for, teremos sempre anos pela frente.
    :)

    ResponderExcluir
  17. as palavras servem para isso, para desabafar e se curar
    linda poesia!!
    melhoras

    ResponderExcluir
  18. Ás vezes fico triste tbm sem saber. Mas eu sinto que é quando temos algo pra sofrer e não queremos deixar transparecer acabamos sofrendo duas vezes. A primeira pelo fato que causa o sofrimento e o segundo por tentar esconder o sofrimento e a causa.

    ResponderExcluir
  19. oiie, tudo bom ?
    passei pra falar uma coisinha: o meu texto do Dia do Amigo ficou com a segunda maior nota do PostIt! Comenta lá.
    Em breve terá Selos para Todos lá no blog.
    :**

    ResponderExcluir
  20. Sei bem como vc se sente. Espero que tudo melhore. Ultimamente eu ando no inverno. bjs.

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?