28 março 2016

Resenha: Garota Exemplar - Gillian Flynn


Garota Exemplar
Gillian Flynn
Editora Intrínseca
448 páginas

☺☺☺☺

Sinopse: Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?

Peço que me perdoem pelo trocadilho infame que farei nesse exato momento, mas, sabem como é, não resisto: Garota Exemplar é um exemplo de excelente livro. Quantas e quantas vezes já li blogueiros/vlogueiros rasgando elogios a escrita de Gillian Flynn? Muitas! Imagino que a maioria de vocês também conheça a boa fama dessa escritora. Gillian é formada em jornalismo e inglês pela Universidade do Kansas. Trabalhou, por dez anos, como crítica de cinema e TV para a Entertainment Weekly. Atualmente, ela se dedica de forma integral à sua vida de escritora.
E, bem, depois de ler inúmeras resenhas sobre seus livros, eis que, então, no fim do ano passado, aproveitei uma maravilhosa promoção da Amazon e adquiri Garota Exemplar. A Editora Intrínseca foi a responsável pelo lançamento da primeira edição dessa obra aqui no Brasil, em 2012. Em 2014, foi lançado o filme homônimo, dirigido por David Fincher, no qual Gillian atuou como roteirista. No elenco, há Ben Affleck no papel de Nick, Rosamund Pike como Amy e o meu eterno BarneyNeil Patrick Harris, interpretando Desi. A Intrínseca lançou uma segunda edição da obra, com o projeto gráfico semelhante ao do filme. E é essa edição que tenho. Confesso que gosto mais do projeto gráfico da primeira edição, mas, sabe-se lá por que, acabei comprando a segunda.
Após uma longa introdução, vamos aos meus comentários acerca desse livro cativante. O livro nos apresenta a Nick Dunne e Amy Elliott. Um casal quase comum: se conhecem numa festa, passam um bom tempo sem se ver, então se reencontram e resolvem se casar. E, no comecinho, era tudo tão fantástico, eles se completavam tão bem e eram sensacionais juntos. Que sintonia mágica! Que maravilha de início de vida a dois! Perfeito, exemplar! Será?
A narrativa se dá em primeira pessoa: ora por Nick, ora por Amy. A fala de Nick é sempre sobre algo que está ocorrendo no presente, enquanto que a de Amy se inicia no passado e, conforme a trama se desenvolve, o tempo de sua fala passa ao presente. Esse recurso escolhido pela autora foi maravilhoso, porque nos permite entrar "na cabeça" de ambos. O leitor tem a chance de simpatizar com ambos, amar ambos, odiar ambos, suspeitar de ambos, só para, então, voltar a estaca zero, pois os próximos passos quase nunca são fáceis de predizer e é capaz de pegar o mais esperto de calças curtas.
Nick e Amy viveram o início de seu casamento em Nova York, e era tudo muito perfeito. Quando tiveram de se mudar para cidade Natal de Nick, North Carthage, para que ele pudesse estar mais perto de sua mãe que enfrentava um câncer, as coisas começaram a sair dos eixos... Até ao ponto de Amy desaparecer. E aí, meus queridos leitores, foi nesse ponto que lascou foi tudo. Há uma investigação para descobrir o que houve com Amy, que, em certo momento, Nick figura como o principal suspeito pelo desaparecimento de sua esposa.
Gillian criou uma estória tão bem amarrada, tão bem construída, que me fisgou completamente. E ela é gosta de jogar com o leitor. Gillian é uma exímia jogadora. Criou dois personagens que despertam em nós sentimentos antagônicos. Vamos do amor ao ódio e do ódio ao amor com muita facilidade por esses dois. A cada capítulo, somos surpreendidos por um segredo ou por uma faceta que sequer desconfiávamos em relação a eles. Não conseguimos ficar de um lado por muito tempo. Em um momento, acreditamos na verdade de Nick; em outro, na de Amy. A verdade é que essa Gillian é danada! Ela desnuda a mente humana com uma habilidade admirável. E nós, leitores, vamos juntos, mergulhando fundo na mente e na alma dos personagens, conhecendo, atônitos, suas ideias mais obscuras e seus comportamentos mais macabros. O desfecho me irritou um pouco, embora eu saiba que fez sentido e que nem de longe foi clichê.
Garota Exemplar é um suspense incrível, no qual podemos ver a feiura que há por trás de relacionamentos aparentemente perfeitos, bem como nos assombrarmos em ver o quanto seres humanos podem ser terríveis uns com outros para satisfazer seu próprio ego psicótico e/ou psicopático.
A mente humana pode ser adjetivada de várias formas. A da Gillian pode ser descrita como uma mente genial, que sabe bolar uma estória igualmente genial e ser capaz de conquistar a admiração de inúmeros leitores ao redor do mundo. A escrita de Gillian me ganhou. Virei fã dessa mulher e já quero ler outros livros dessa autora extremamente talentosa. E, agora que li o livro, vou procurar assistir o filme.
Esse livro é pra você, que adora um livro que te pega de jeito e não permite que você o largue sem devorar boas páginas dele de uma só vez. Esse livro é pra você, que adora um jogo de gato e rato. Esse livro é pra você, que adora protagonistas bem elaborados, com uma inteligência acima da média e com comportamentos nada previsíveis.

Erica Ferro

• • 
Fan Page Sacudindo PalavrasTwitter Sacudindo PalavrasFan Page Atleta Erica FerroTwitter Erica Ferro

27 comentários:

  1. Oie,
    nossa jurava que este livro era com outra capa rsrsrsrs
    achei a resenha, fiquei curiosa pela leitura

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem outra, como eu disse na resenha. Essa capa é da segunda edição.

      Excluir
  2. Olá, Erica.
    Parabéns pela excelente resenha. Eu gostei muito do livro. Só não gostei mais porque li quando o livro estava no auge e acho que as minhas expectativas eram tantas que me decepcionei um pouco. Mas a autora é ótima. Eu mudava de ideia todo capítulo. Num achava que a Amy era culpada, noutro já achava que era o Nick. E depois quando veio a revelação, uau. E o final então, maravilhoso.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! Sim, a Gillian é incrível, faz com que troquemos de opinião a cada capítulo. =D
      Muito bom mesmo, esse livro!

      Excluir
  3. Olá, Érica.
    Já tinha muita vontade de ler esse livro. Porém, agora, a vontade multiplicou-se. As expectativas aumentaram significativamente. Parece ser um suspense simplesmente "exemplar". rs
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que a minha resenha o empolgou ainda mais. Quando ler, me diz o que achou. ;)

      Excluir
  4. Oi, Erica! Tudo bem? Eu simplesmente AMO esse livro! <3 O acho genial e extremamente bem construído. Foi com ele que passei a amar thrillers e a querer ler tudo que a Gillian escrever rsrs

    Abraço

    Tem promoção rolando lá no blog -> http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2016/03/promocao-aniversario-de-5-anos-do-tony.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, agora. Essa mulher arrasa! =D

      Excluir
  5. Achei seu blog super legal...
    Se quiser visitar o meu e seguir se gostar, ficarei muito feliz.

    Beijos

    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não cheguei a ler nem assistir o filme, mas ganhei o livro de amigo oculto e realmente preciso conferir logo, rs.
    Só vejo elogios a autora!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confira! Acho que você vai gostar. É muito bom mesmo.
      Beijo!

      Excluir
  7. Eu li e assisti o filme. Amei os dois. E recomendo sempre! É uma história muito bem desenvolvida. Achei o final bem diferente. Gillian arrasou, né? Ótima a sua resenha. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, Gillian me surpreendeu no final. Foi tipo "Nãããão!", aí depois pensei "ok, faz sentido".

      Excluir
  8. Oi Erica!
    Não li o livro, mas vi o filme e amei!
    Tenho vontade de ler o livro, ou qualquer outro da autora, pois me surpreendi muito com o filme.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sora, tenho certeza de que não vai se arrepender. Gillian é muito querida pelos leitores do gênero.

      Excluir
  9. Oi Erica querida, tudo bem?
    Adorei a resenha!
    Curto muito quando esse lado humano é trabalhado e quando os personagens são desmascarados.
    Assisti o filme e, confesso, não curti muito num primeiro momento. Depois fui entendendo, digerindo, e percebi a realidade por trás do enredo.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, Priih!
      O enredo é muito bem bolado, né? Nossa, adorei demais! Ainda não vi o filme, mas quero ver.

      Excluir
  10. Oi, tudo bem? Por mais incrível que pareça, nunca li nada da autora. Tenho muita curiosidade em ler este livro, e a sua resenha só a aumentou. Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, moça. Não deixe de ler. É ótimo.

      Excluir
  11. Oi Erica,
    Eu gostei do filme, olha que nem curto Ben Affleck [nem compraria o livro com essa capa delsmelivre] e quero muito ler os livros da Gillian. Só leio elogios.

    Amy já é meio doida no filme, quero ver no livro haha

    Ótima resenha.

    tenha uma ótima terça.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é "coisada" mesmo. Me arrependi (risos). Não sei como ela é no filme, porque ainda não vi, mas no livro ela é, tipo, DOIDA DEMAIS. =P

      Excluir
  12. Parabéns pela resenha, Erica, ficou ótima!!

    Eu até hoje não me perdoo pelo fato de ter assistido o filme primeiro. Eu queria ter sido impactada por essa história. Sinto que, se eu ler agora, não vai ser a mesma coiaa.

    Eu pretendo ler beeeem mais pra frente, pra ver seu eu esqueço um pouco os acontecimentos, pois está tudo muito fresco na minha cabeça.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que pena. É sempre melhor ler o livro antes. E, de fato, é um baita impacto. Ótima estória. Leia mesmo, daqui a um tempo, vai te causar algo, certamente!
      Beijo!

      Excluir
  13. Oi, Erica!
    Eu amei esse livro, e sua resenha ficou ótima, acho que é a única que li dele.
    Eu também fiquei presa à história, invejando a autora que teve essa ideia maravilhosa hahaha (daquelas que pensam "por que não pensei nisso"?)
    Depois disso já li mais coisas dela e posso dizer que é simplesmente perfeito!
    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha! Exato, Soraya. Essa escritora é sensacional, muito safa. Quero ler muitos outros dela.

      Excluir
  14. Quero muito ler esse livro e sua resenha só me deixou ainda mais curiosa com ele!
    Excelente post!
    Beijo

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?