20 fevereiro 2016

Ninguém ama ninguém

Ninguém ama ninguém,
canta Ville Valo,
com a sua voz intensamente
sedutora.

Ninguém ama ninguém,
disso sempre desconfiei.
Todos sempre voltados para os
próprios umbigos,
embevecidos por si mesmos,
encantados pelos seus reflexos
no espelho.

Ninguém ama ninguém,
todos se desencontram na fracassada
tentativa de amar e ser amado.
Ama-se a ideia que se tem do outro,
nunca o outro.

Ninguém ama ninguém,
porque o amor exige resiliência
de aceitar o outro como ele é,
por inteiro,
sem reservas,
sem máscaras,
sem ressalvas.

Ninguém ama ninguém,
pois amar é para quem não tem 
pressa de ouvir o outro,
de tentar entender,
de se envolver por completo,
de procurar somar
ao viver do seu dito amor.

Ninguém ama ninguém,
afinal porque amar dá trabalho.
Quem ama, se entrega, se doa, se dá
em prol do sentimento imenso que sente
pulsar dentro do peito.

Amor é para os loucos,
os insistentes, os que não
fogem da raia.
Amor é para quem não
tem medo dos obstáculos
da estrada esburacada que leva
ao sentimento tocante
de amor na mais pura substância.

Amor é para quem encara os horrores
e belezas dessa vida com a mesma
coragem.

Porque o amor é a melhor
arma de evolução e de revolução.
Agarremo-nos ao amor e deixe
que ele nos transforme,
pois, assim,
poderemos fazer do mundo
um cantinho mais aprazível,
colorido e com perfume de
rosas ou violetas.

Amor para
mudar.
Amor para transformar.
Amor para revolucionar.
Amor para tornar os dias
mais gostosos.

Findo, pedindo:
"Garçom, me vê um café
e um amor, por favor!".

(Erica Ferro)



 It's strange what desire will make foolish people do
I'd never dreamed that I'd need somebody like you
And I'd never dreamed that I'd knew somebody like you
No, I don't wanna fall in love
This world is always gonna break your heart 

(Wicked Game - HIM)


40 comentários:

  1. Isso é verdade, ninguém ama ninguém. Não se amam também, porque não conhecem o amor próprio, são apenas egoístas que não sabem usufruir o amor, do amor. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste, mas é verdade. Será que um dia isso mudará?

      Excluir
  2. Que palavras verdadeiras dedilhadas em ritmo de uma canção. Só o amor verdadeiro consegue quebrar esse espelho que faz com que só nos vejamos sem tentar se colocar no lugar do outro e assim poder amá-lo.
    Adorei! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Empatia nos ajudaria muito, né? Mas o povo a ignora. :'(

      Excluir
  3. Belas palavras, Erica, parabéns! Só quando nos amarmos e nos conhecermos, poderemos amar e aceitar o próximo por inteiro.
    Beijos.
    apenasumaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor próprio e a empatia poderiam nos levar além. Só depende de nós.

      Excluir
  4. Oi, Erica! Tudo bem? Nossa, menina! Você arrasou. Só falou verdades e o resultado final do poema foi espetacular! Amei! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Erica, bem verdade, hoje muitos desconhecem o verdadeiro significado da palavra amor.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero que esse quadro mude, Talita. Vamos torcer, né?

      Excluir
  6. Olá, Erica.
    Parabéns! Eu adorei. E por isso que Deus falou para amar o próximo como a si mesmo, porque as pessoas só amam a si. E a maioria nem sabe o que significa amar.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Precisamos aprender a nós amar, mas sem esquecer de amar e respeitar o outro.

      Excluir
  7. Nossa, Erica, que coisa mais linda, de verdade. Eu cheguei a me arrepiar com as suas palavras. A parte "Ama-se a ideia que se tem do outro, nunca o outro" é tão verdadeira e triste. Quantas pessoas já se enganaram? Já idealizaram uma coisa que não existe? Ou melhor, só existe para elas.
    Parabéns pelas belas palavras, tocou o meu coração...e o partiu um pouquinho também!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamires, o seu comentário foi tão lindo. Fico feliz de a ter tocado com minhas palavras. Isso é algo tão bonito no exercício da escrita.

      Excluir
  8. Oie Érica =)

    O grande problema é que estamos vivendo em um mundo um pouco egoísta demais.
    O amor, assim como seu significado acabam esquecidos...
    Parabéns pelo texto!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota egoísta nisso. Mas, eu, boa sonhadora que sou, ainda insisto em acreditar que há salvação para esse mundo.

      Excluir
  9. Adorei, bem inspirador e faz refletir. Quando entenderemos o amor né?!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Primeiro preciso dizer que AMO a música do fim do post, sensacional. Segundo que amor é mesmo algo que alegra os dias e nos faz sentir mais feliz mesmo, em certos momentos sentimos a necessidade de ter. Passei o ano passado assim, hoje em dia estou priorizando minha felicidade comigo mesma em primeiro lugar, que o amor apareça de surpresa, que seja leve, bom e duradouro. Muito bom o texto.
    Beijos.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também AMO essa música, Gabriela.
      Sim, que o amor seja leve, bom e duradouro!

      Excluir
  11. O mundo é feito de boa parcela de pessoas que vivem para si. Vivemos no mundo repleto de egoísmo. Onde há egoísmo, não há amor. Adorei a postagem. Adoro textos que faz a gente refletir. Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, cara poetisa. Enquanto o egoísmo imperar, amar será quase que uma missão impossível.

      Excluir
  12. Oi Erica,
    Que lindo, na verdade me fez refletir que sou meio egoísta para ter um relacionamento. Egoísmo e proteção leonina contra a independência HAHAHA
    Adorei a escolha da música, muita gente no meu Facebook adora essa banda eu nem conhecia =x A música só conheço a versão do Chris Isaak mesmo graças a minha tia-avó que gamada haha

    P.S.: ai ninguém merece esses filmes de terror com bonecos, só sai micão. Pior agora vão fazer filme 7 do Chuck hahaha

    tenha uma ótima quinta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que eu gosto mais dessa versão do que a do Chris Isaak? Hahaha! Esse Ville Valo é uma coisa linda.

      p.s.: tenho medo de qualquer filme de terror, sou mole demais. hahaha.

      Excluir
  13. Bom dia, Érica!
    Belo texto!
    Penso que as pessoas tem muito mais medo de amar, hoje, do que no passado. Talvez seja o medo de se machucar. Por isso o isolamento, o distanciamento...

    Beijos!

    Iza - Diário de Iza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser, mas, de alguma maneira ou de outra, sempre iremos nos machucar. Não podemos nos privar de amar por isso. :(

      Excluir
  14. Oi Erica, tudo bem?
    Adoro ser louca e ter todo esse trabalho. <3 Pra mim, não tem nada mais recompensador. Gosto de me relacionar, seja em amizades ou namoro, eu gosto de sentimentos sinceros. Acho que vale a pena. ♥ E, aliás, muito bonito o seu poema! ;)
    E adorei saber que você curte HIM! Não conheço todas as músicas, mas adooooro algumas (como Vampire Heart, Killing Loneliness, Join me in Death).
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Priih. O amor deixa a vida muito mais bonita e leve.
      Eu também não conheço muito de HIM, mas me apaixonei pela voz do Ville Valo. Acho-o tão charmoso!

      Excluir
  15. Nossa :D Amei esse poema :D
    Pura verdade!
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Sem palavras pra sua maestria em construir versos bem escritos e lindos!

    Arrasou!

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que sou humilde, senão me sentiria a "cara" com esse elogio. =P

      Excluir
  17. Lindo texto Érica, concordo plenamente!
    Beijos (voltamos das férias!)
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Ninguém ama ninguém...
    Maldito egoísmo...
    Como sempre, arrasando Ericona!!!

    Saudades de visitar seu espaço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada, coisa linda. Que bom que voltou a blogosfera.

      Excluir
  19. "Amor é para os loucos,

    os insistentes, os que não

    fogem da raia."

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?