29 março 2013

Um monte de coisa num post só

Ói eu de novo e novamente na área! E pra falar de amor (de novo e novamente). O amor é...
Brincadeira, gente! Hoje não vim falar de amor. Não que eu não queira falar de amor, porque vocês sabem que eu adoro escrever sobre o sentimento mais lindo de todos, certo? Ele, o amor, o mais belo, o mais sublime, o mais encantador, o mais...! Okay, chega, porque...
Hoje vou mudar um pouco o disco. A música que vai tocar é a da banda Caramba! e o nome da música é Surpreendente. Não, vocês não estão entendendo bulhufas, mas deixem-me explicar: eu precisava  publicar algo aqui contando pra vocês do sucesso que tem sido o post que fiz sobre o livro A culpa é das estrelas, do escritor fofíssimo, lindo e maravilhoso John Green
Quando eu escrevi as minhas impressões sobre o livro, sabia que algumas pessoas iam gostar de ler, que iam gostar do que eu tinha escrito, mas jamais imaginei que o post seria visualizado por quase dez mil pessoas (em números exatos: 9609, mas algo me diz que assim que terminar esse post, esse número vai ter aumentado espantosamente). Porque, sim, o post foi visualizado quase dez mil vezes. Foi, sem dúvida, o post mais visualizado do Sacudindo Palavras
Tenho sido uma blogueira menos assídua (tanto em posts quanto em visitar blogs) do que anos atrás, e saber que praticamente dez mil pessoas passaram por aqui pra ler o que escrevi sobre um livro que li foi algo surpreendente. Eu não imaginava que o post teria tantas visualizações assim. Tudo bem que esse povo todo não comentou no post, mas só o fato de saber que passou toda essa gente por aqui é algo que realmente me choca (positivamente).
Aliás, outro post que tem feito sucesso e que tem quase cinco mil visualizações é o que fiz sobre o filme Now Is Good
Qual a finalidade desse post? Agradecer. Sim, agradecer a todos vocês que passam aqui pelo Sacudindo Palavras, que leem, que comentam. Aliás, comentem, por favor. Não é nem por ser mais um número, mas é só pra eu saber quem passou por aqui e o que sentiu ao ler o que escrevi. Quando a gente comenta, interage com o blogueiro, diz o que pensa a respeito daquilo que leu. É nessa troca de comentários que nasce o estreitamento de laços. Foi assim, trocando comentários, que conheci muita gente bacana aqui na blogosfera, e sei que continuarei a conhecer.
Eu, definitivamente, adoro ser blogueira. Eu sou uma blogueira feliz, saibam disso. Porque blogo sem pretensão e os frutos dessas blogagens despretensiosas são tão lindos, tão além do que a minha imaginação poderia criar.
Obrigada, pessoas bonitas. Vocês são o adoçante do meu suco de maracujá no café-da-manhã (oi? ~risos~).
Ah, e hoje a Natália Pereira, do blog Mundo de Nati, fez um top 5 de blogs que devem ser lidos, e advinhem?! O Sacudindo Palavras estava entre os cinco. Thanks, Nati! Obrigada pela consideração, pelo carinho, por ser uma leitora do Sacudindo há muito, muito tempo. Estamos juntas nessa vida de blogueira!
Acabou o post? Não! Não sem antes fazer umas divulgações básicas. 
Para quem não sabe, participo de diversos blogs (além do Sacudindo Palavras). Okay, quando digo diversos, quero dizer três blogs. Quero que vocês conheçam um pouco de cada um deles, que façam uma visita e conheçam os blogueiros bacanas que me acompanham por outras andanças.

Começando, então, pelo Pensamentos Devaneantes. Blog criado em 2009, inicialmente apenas em parceria com a Letícia Christmann, mas que depois ganhou mais uma integrante: a queridona Karol Coelho.

Breve apresentação do Pensamentos Devaneantes
Despejamos aqui dos nossos mais simples aos mais complexos pensamentos.
Não prometemos curas, milagres, nem mesmo sorrisos. Apenas despimos nossas almas com as palavras de nossos corações. Somos exageradamente românticas e temos como maior fonte de inspiração o mais insidioso e paradoxal sentimento: o amor (ou a falta dele).
Visitem-nos, sigam-nos, (per)sigam-nos. Errr, não... nada de nos perseguir. Não, por favor, não nos persigam (risos toscos). 

• 

Agora... quero apresentar a vocês o blog mais arretado de todos os blogs de toda a blogosfera blogante e blogueira! Que desgraça foi isso que falei agora? Apaga tudo! (risos toscos ²) Todo esse alarde é pra falar do Gurias Arretadas. Blog criado em 2011 e... (leiam o 'mais' na apresentação)

Breve apresentação do Gurias Arretadas
O blog reune cinco gurias de diferentes cantos do país. Cada uma com suas próprias ideias, cultura e seu sotaque na blogosfera. Todas têm em comum a vontade de traduzir em palavras o que pensam e sentem.  A proposta é que cada uma escreva em um dia definido sobre o que quiserem. Um dia por semana elas folgam e escolhem um texto de um(a) autor(a) ou blogueiro(a) que gostem para ser publicado.
Curtiram? Então vão ver se tem postagem nova no Gurias Arretadas! (risos loucos) E falando em curtir, curtam a fan page do Gurias Arretadas. Ah, e nos sigam no Twitter também. Porque nós somos tri arretadas, estamos nas principais redes sociais e somos sensacionais. Okay, essa rima foi tosca pra cacilda. Sorry! Não vai se repetir. Mentira, vai se repetir, porque todas as minhas piadas são toscas... Enfim, um dia vocês se acostumam. Ou não.


E o último, mas não menos importante, é o 5ATEXTO. Blog criado em... 2013. É um bebê, gente! Um bebê lindo! Blog sonhado por um jornalista chamado Tony Marlon, cara gente fina pra caramba, que todos os dias faz sua parte pra melhorar esse mundo que a gente vive; um cara cheio de ideias geniais, com ideais que emocionam e impulsionam quem está a sua volta pra também lutar por uma vida melhor, por um mundo melhor, mais habitável. Tony, meu caro, te admiro imensamente!

Breve apresentação do bebê 5ATEXTO
Da 5ASECO, uma linda banda de meninos e violões, a inspiração para o nome desse encontro virtual. Dela, também, de uma certa forma, a inspiração inclusive para o próprio encontro. A música chama-se “Ou não”. Aqui, um trecho recitado pelo seu compositor Vinicius Calderoni, que integra a banda. Qual é a caneta nossa de cada semana? Sobre o que queremos falar verdadeiramente? O que está aí, circulando, que mereça nossa atenção? Ou não: o que flutua aqui, internamente, que mereça nossas palavras? Essa é só uma provocação para 5 formas diferentes de ver o mundo se encontrarem. Um tema; 5 pessoas; 5 formas diferentes de contá-los ao mundo.
Gostaram? Então passem lá no 5ATEXTO e deem uma curtida na fan page do blog também.

• • •
Pronto, acabei! Escrevi muito hoje, hein? Cacilda! Mas enfim, é isso. Apareço por aqui qualquer dia desses, uma hora qualquer, pra falar sobre sei lá qual assunto.
(...)
Deem aquela curtida maravilhosa na fan page do Sacudindo Palavras e (per)sigam o blog no Twitter também.
(...)
Um abraço da @ericona.
Hasta la vista!

7 comentários:

  1. Nossa! que Repercussão! meus parabéns pela resenha. Ainda não comprei o meu exemplar, mas logo em breve o farei. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ah você merece Erica, afinal é da Elite né! rs
    Sem piada interna agora, a sua resenha ficou muito boa, então isso explica o número de visitas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Erica, tudo bem blogueira querida?
    Flor o seu post sobre A Culpa é das Estrelas foi simplesmente lindo, e é mais do que merecida toda essa visualização! E Now is Good, também vi o filme só por causa do seu post e agradeço, pois sem ele não conheceria o lindo o Jeremy Irvine. Bem flor, vou conferir os blogs que você faz contribuições e aguardando mais um post incrível.
    Um grande abraço,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  4. Érica querida, mesmo esse post não ter sido de amor, mas gosto quando escreve desse sentimento lindíssimo, amiga realmente A culpa é das estrelas, é um livro que atrai, e sua resenha foi 10, beeeijinhos

    ResponderExcluir
  5. é por causa do sucesso que o livro tem. mas que bom que você está fazendo sucesso com um post!
    »»» Emilie Escreve

    ResponderExcluir
  6. É tão bom quando escrevemos com amor né? Quando fizemos algo com carinho sempre temos recompenças maravilhosas.

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?