15 julho 2015

TAG: Confissões de uma Bibliófila

Olá, meus companheiros de blogosfera! Tudo certinho?
Nesse mundo bloguístico, há várias tags; algumas são bacanas e interessantes, outras nem tanto. Sempre que vejo uma tag legal, penso em responder, mas então esqueço e acabo não respondendo. Uma que eu sempre quis responder é a tag Confissões de uma Bibliófila. Para quem não sabe, bibliofilia é o amor aos livros. E amor aos livros é o que não falta em mim! Quem me acompanha há mais tempo ou me tem nas redes sociais, sabe que eu sou louquinha por livros. Adoro ler e adquirir livros. Acredito que a minha compulsão por livros melhorou um pouco, mas ainda sou uma pessoa suspeita e com tendências maníacas por livros.

Depois de ver em vários blogs e canais literários, vi recentemente a tag no blog Conjunto da Obra, da Julia G., e decidi finalmente fazê-la aqui no Sacudindo Palavras.

TAG: Confissões de uma Bibliófila



1 - Qual é o gênero de literatura que você se mantém longe?
Costumo fugir de autoajuda. Não é a minha praia. Gosto de ler algo que me edifique de alguma forma, mas sem me dar fórmulas prontas de como viver a vida. É o tipo de literatura que não funciona comigo, mas não discrimino quem gosta. Cada um deve buscar ler o que lhe dá prazer e o que funciona pra si.

2 - Qual é o livro que você tem na estante e tem vergonha de não ter lido?
Na realidade, não ter lido todos já é motivo de vergonha. Porém, há uns que me dão muito mais vergonha de ainda não tê-los lidos. É o caso de As Relações Perigosas, de Choderlos de Laclos, edição de 1987, traduzido por Carlos Drummond de Andrade. Foi presente de uma professora minha super querida do curso de Biblioteconomia. Não li ainda por medo de "machucar" o livro. É uma edição antiga e o livro está numa situação meio crítica, então não posso andar com ele por aí pra ler na rua. Eu mal fico em casa, então é complicado lê-lo agora. Vou prometer pra mim mesma que quando eu estiver de férias da natação, lerei esse livro. Sem falta. Sem desculpas. 

3 - Qual é o seu pior hábito enquanto leitor(a)?
Bem, acredito que não tenha vários hábitos ruins de leitura. O único que me lembro agora, e que é bem ruim porque me atrasa como leitora, é não ler todos os dias. Eu não tinha esse hábito antes de começar a graduação em Biblioteconomia. Eu lia todos os dias, pelo menos algumas páginas. No entanto, depois que comecei a Biblioteconomia, surgiram outras leituras e atividades, de modo que o meu tempo era bem corrido e não dava pra ler outra coisa além das coisas do curso. Agora, que as federais estão em greve, daria pra ler bem mais, mas então esse péssimo hábito que adquiri ainda continua nas minhas férias fora de época. Na maioria das vezes, é por causa do cansaço do treino. Como passo a manhã nadando, quando chego em casa por volta das 14h, só penso em dormir pra regenerar o corpo. Enfim, desculpas e mais desculpas esfarrapadas. Aliás, é por isso que o meu número de livros lidos por ano cai cada vez mais. Preciso separar mais tempo pra os meus queridinhos. Tê-los não é o suficiente: preciso lê-los!

4 - Você costuma ler a sinopse antes de ler o livro? Lê todos os livros para resenha que são enviados pelos parceiros? 
Comigo funciona da seguinte forma: geralmente, costumo ler a sinopse, mas evito ler sinopses que dizem muito do livro. Quando percebo que a sinopse quer me dizer mais do que eu quero saber, paro de lê-la e tento comprar o livro pra lê-lo. Há pessoas que resenham de modo que não deixam escapar nenhum mínimo detalhe do livro. Isso é raríssimo. É raro, mas quando quero comprar um livro, procuro não ler muitas resenhas acerca dele. Procuro ler uma ou duas resenhas daquelas pessoas que sei que não vão me contar nada além do que preciso saber pra me apaixonar pelo livro.

5 - Qual é o livro mais caro da sua estante?
Eis uma pergunta realmente difícil. Não tenho mil livros, mas tenho mais de 200, então eu não me recordo do que foi mais caro. Como sou muito apaixonadinha por livros, não costumo me ligar nesse detalhe de preço. Melhor dizendo: não que eu seja rica, estou muito longe disso, mas quando gosto de algo, dou um jeito de comprar. Só não compro mesmo se o preço for exorbitante. A vida é muito curta pra que a gente se prive do que de fato queremos.

6 - Você compra livros usados/em sebo?
Sim. Há vários sebos no centro da minha cidade, mas os preços geralmente são mais altos do que os preços dos livros que já vi em sebos de outros estados. Certa vez, fui competir em Belém e próximo ao hotel que fiquei hospedada, tinham alguns sebos. Fui lá e fiz a minha feirinha. Livros de edições antigas a preços muito bons. Comprei dois da Agatha Christie por R$ 5,00 cada. 

7 - Qual é a sua livraria (física) preferida?
Aqui, em Maceió, não há muitas livrarias. A maioria que tem é de cunho religioso, então não há variedade de estilos literários. Pelo que sei, só há uma que tem uma variedade considerável de livros é a Leitura, que fica no Parque Shopping, mas é longe pra caramba da minha casa. Só fui uma única vez lá. E adorei! Tem até uma cafeteria bem aconchegante dentro dela. Adorei! Se fosse mais perto da minha casa, iria lá muito mais vezes. 

8 - Qual é a sua livraria online preferida? 
Sem pensar duas vezes, respondo que é a Saraiva!

9 - Você tem um orçamento (mensal) para comprar livros?
Nunca separei assim, "ah, esse tanto aqui será pra eu comprar livros...", mas quando eu era bem desvairada com esse negócio de adquirir livros, comprava quase que mensalmente pelo menos um exemplar pra não deixar a minha mania abrandar. Hoje, não tenho mais essa necessidade de modo latente. Acho que isso deve ao fato de eu ter um bocado de livros não lidos aqui na minha estante. Quando der uma diminuída nos não lidos, ouso comprar mais. 

10 - Quem você “tagueia”?
Deixo em aberto. Quem quiser, pega e responde. Só não esquece de me avisar que fez, porque quero ler as respostas, combinado?

• • •
Por hoje, é só, pessoal. Se quiserem curtir a fan page do blog ou seguir no Twitter, cliquem aqui e aqui.
Vocês sabiam que eu sou nadadora paralímpica? Pois então... Se desejarem acompanhar meus passos na natação, cliquem aqui e curtam a minha fan page.
Um abraço da @ericona.
Hasta la vista!

12 comentários:

  1. Eu também sou viciada em livros! Rá! Quem não sabe hohohohoho...

    Eu também não sou muito fã de autoajuda, mas pasme, minha estante anda tão zuada e geminiana que até isso tem nela atualmente kkkk

    Gente "As relações perigosas" é o ponto de partida de uma das pesquisas que utilizei em minha monografia! Morro de curiosidade de ler esse livro! Ler Erica e me contaaaaa!!! Aliás, to afim de arrumar uma edição dele, quando arrumar vou ficar te pentelhando para ler comigo e comentar!!!

    Aaaah, vida de graduanda é outra história! Eu li muito pouco ao longo da minha graduação qualquer coisa que não fosse ligada a graduação. Isso não é um habito, é uma condição momentânea, quando a graduação terminar e você arrumar um emprego na área vai ver como vai voltar lentamente a ler em outro ritmo.

    Eu leio resenhas, muitaaaaassss e agora com a estante... mais ainda... mas raramente leio sinopses!

    Eu concordo com você, a vida é muito curta para nos privarmos daquilo que desejamos de fato. Tenho alguns livros caros e não me arrependo, valeram cada centavo.

    Realmente, nada como um bocado de livro não lido para fazer a gente parar um pouco o consumismo literário.

    Adorei suas respostas Erica, muito legal esta por aqui!!!
    ___________

    P.S.: Estou adorando te ver interagindo e postando! Sinto falta de você por aqui! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaaaaaci, minha florzinha pernambucana ♥! Procure mesmo "As relações perigosas", aí a gente lê junta e fica comentando ao longo do livro e depois faremos uma resenha nos nossos bloguitos.

      Pode deixar, não pretendo mais sumir da blogosfera. Essa interação direta e quase imediata é fantástica e me faz um bem danado!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Oi, Erica!
    Eu estava procurando uma tag bacana sobre livros, acho que encontrei! hahaha
    Vou gravar já nesse final de semana! *-*
    Eu também falho em não ler todos os dias!
    Beijão, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa! E eu vou assistir o vídeo, com certeza.

      Beijo, Ana!

      Excluir
  3. Oi Erica, que legal que você resolveu fazer a Tag! Eu adorei responder, e acho muito legal ver as respostas do povo por aí. Gostei das suas. Acho que tenho hábitos semelhantes aos seus, fora o fato de não estar lendo - eu sempre leio um capítulo que seja por dia.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju! =)
      Então, ficar sem ler por dias não é bom, porque tira um pouco do pique da leitura. Preciso me comprometer de ler ao menos um capítulo por dia, assim como você.

      Beijo!

      Excluir
  4. Gostei das tuas respostas Erica. Fiquei pensando o que responderia, mas acho que não sou tão bibliófila assim.

    Os livros mais caro que tenho são os de culinária. Paguei 100/150 em cada :o

    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falando em culinária, você já virou uma chefe de cozinha? Fico babando nas imagens que você posta das comidinhas que você faz.

      Beijo.

      Excluir
  5. Oi Erica,
    Também adoro essas tags, sempre separo umas para responder, mas acabo esquecendo haha
    Acho que no Rio tem uma Leitura, mas nunca fui. Sempre vejo o pessoal falando bem.

    O livro mais caro da minha estante, foi O Pintassilgo haha 50 reais

    bjs e tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana! ;)

      Se chegar a ir a Leitura, me conta se é legal a do Rio.

      Beijo. Ótimo fim de semana pra você também!

      Excluir
  6. Eu fujo de livros de autoajuda pela mesma razão que você. Não aceito essas fórmulas de jeito nenhum. Até que o seu pior hábito de leitura não é tão grave assim, vai? Ás vezes a rotina pesa sobre a gente ou temos muita coisa na cabeça, e aí fica difícil manter o ritmo de leitura constante e diário.
    Nossa, sobre resenhas eu sou o contrário: procuro antes de ler o livro. Quero saber no que estou me metendo haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Vanessa! Pois é, não é muito grave esse meu hábito! (risos) A rotina é complicada às vezes e a gente não consegue dar conta de tudo.

      Beijo!

      Excluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?