13 janeiro 2011

Não queria muito, não

Não queria muito, não. Só queria que você me esquentasse em seus braços nos dias frios. Que me perguntasse como foi o meu dia. Que quando eu chorasse, você dissesse coisas bobas que certamente me fariam rir e esquecer por umas horas o que estava me angustiando.
Não queria muito, não. Só queria que você notasse que eu não tiro os olhos de você enquanto você passa por mim com esse jeito imponente, de quem é tão seguro de si. Aliás, me dá um pouco dessa segurança? Como é que você faz pra ser assim tão confiante? Onde você conseguiu essa calma de viver? Me diz, vai. Preciso tanto ter fé em mim, de tranquilidade pra seguir por essa estrada tortuosa que é a vida.
Não queria muito, não. Só queria que você percebesse o quanto eu necessito de você e se fizesse presente na minha vida sem que eu precisasse pedir, chamar, gritar. Será que é possível? Peço demais?
Não queria muito, não. Só queria que você me deixasse amá-lo e se permitesse me amar, não do mesmo modo como eu o amo ou com a mesma intensidade. Queria que me amasse bem do seu jeito. Mas isso, sim, é querer muito. Não se pede amor. Não se pede pra ser amada. Não é assim que funciona. O amor acontece da maneira mais improvável e ilógica possível, sem aviso prévio, sem uma receita que diga como amar. Ele apenas acontece e a gente ama. Ama. Apenas. E é assim, sem razão e sem remédio que eu te amo. E em sonhos você também me ama. Apenas em sonhos. Ao menos em sonhos.

(Erica Ferro)

* * *

Olá, povo! Não, eu não morri. Continuo viva (óbvio, porque morto não atualiza blog, Erica!).
E depois de anos, resolvi escrever, me permiti escrever.
Ah! Como as pessoas passam praticamente todo o mês de Janeiro desejando Feliz Ano-Novo uns aos outros, acho que posso desejar Feliz Ano-Novo a vocês também, certo? Mas esse negócio de desejar Feliz Ano-Novo e simplesmente acordar com um humor do cão todas as manhãs e sequer desejar Bom dia às pessoas (não é o meu caso; não sempre) não cola muito não, né?
Enfim, é por isso que eu desejo um Feliz 2000esempre pra vocês.
Um abraço.
Até mais!

48 comentários:

  1. eu só queria um amor de verdade.
    um amor sincero, um amor que me aquecesse...
    adorei o texto, mulher. eu que ja sou romântica de fato, fico toda boba e mais sonhadora quando leio algo bonito e cute assim.

    eu não sou uma pessoa que fica repetindo feliz ano novo natal pascoa aniversario hannukah dia do carteiro etc. eu acho estranho, acho estranho até falar bom dia/tarde/noite. as pessoas parecem estar mentindo na maior parte das vezes Oo. haha
    bem, que seja!

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo, amor não se pede. E não há razões lógicas mesmo.

    Mas ó, eu acho super válido desejar feliz ano novo sim, então:

    Feliz Ano Novo, e que nenhuma assombração apareça na sua casa nesse ano! xD

    beijo!

    ResponderExcluir
  3. O que dizer???
    Desculpe, mas me faltam palavras...
    Direi apenas que adorei!!!
    Ficou belíssimo teu texto...
    Amei!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Muitas vezes não querer nada pode ser muito em alguns momentos. Ainda bem que podemos sonhar.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Eu só queria fechar meus olhos e ter a certeza que ele está pensando em mim.

    Lindo teu texto!!

    Bjoks ♥

    ResponderExcluir
  6. Ahh, adorei o texto!!! super bacana!! ahuAUAHUAHUA
    bjinhussss

    ResponderExcluir
  7. Não queria muito, não, só queria você

    Só que, como você disse, amor é uma coisa tão grande que não se pede a ninguém. Porque se é amor de verdade, é espontâneo, é sem sentido. Não damos amor a quem queremos e isso só não é pior que não receber amor de quem amamos.


    A gente tenta se contentar com os sonhos em que tudo isso é possível, mas no fundo sabemos que só a realidade tiraria esse desejo todo, esse querer todo.

    Bom voltar aqui e encontrar um texto teu, dona!
    Felicíssimo 2000esempre pra você também, que mereces!
    E um Abração da baianinha muito doida que te gosta muito :p

    ResponderExcluir
  8. Acho que muita gente só queria isso, em toda parte do mundo. Talvez seja a única coisa que todo mundo acaba querendo um dia...

    Te desejo muita paciência nesse 2011 pra esperar seu amor, sua inspiração e tudo o que vc vier a querer assim tanto. Ah! E que continue querendo, porque querer é estar viva, neh?

    ^^ Aliás, que bom q vc não morreu! :P

    ResponderExcluir
  9. Eai florzinha (:
    Será que é pedir demais esse amor e atenção? Você descreveu um ano da minha vida em que eu supliquei essa atenção. Sabe? Valeu a pena até! rs

    Feliz 2000esempre pra você ♥

    ResponderExcluir
  10. Como sempre muito lindo, né?
    Ah Feliz 2011 e 200esempre para vc tbm...
    Amor não se pde se conquista. ^^

    ResponderExcluir
  11. Isso,o amor simplesmente acontece,mas eu também não queria muito,não.
    rs


    Todos sabemos que você demora á atualizar o blog,mas quando resolve fazer isso,arraza sempre com seus textos maravilhosos *.*

    Feliz ano novo o/ haha

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Também nao sou de pedir muito ao ser amado.
    Já tenho tanto...

    ResponderExcluir
  13. Ao menos em sonhos, pra mim parece o único jeito de ter tudo isso que eu desejo. Não queria muito não, só queria que determinadas coisas não fizessem apenas parte das fantasias que minha cabeça cria. Lindo blog Erica, super fofo !

    ResponderExcluir
  14. Bom saber que continuas encantando com tuas palavras mais que lindas! :)

    ResponderExcluir
  15. E eu, Érica...

    Que nem em sonho?!

    Haha.

    Vivo sozinho tentando encontrar alguém que consiga conversar comigo sem tornar isso entediante. Sou um poço de curiosidade pras pessoas enquanto elas normalmente não tem nada a oferecer pra mim.

    Como se ama assim? Sem conhecer uma pessoa que te olhe nos olhos e converse por horas a fio!?

    O amor está sendo confundido com paixão atualmente. Confundido demais... Vivem pensando em sexo, beijos e baladas. Mas só nisso. Esquecem de andar de mãos dadas na praia, de declamar poesias no ouvido, de acordar para ver o outro dormir. Enquanto não achar ninguém que "desconfunda" e entenda o que é amar intensamente, permanecerei assim. Fechado.

    E o pior, pelo visto não encontrarei.

    Belo texto.

    Beijos, querida.

    Nem preciso dizer que é uma das melhores escritoras que conheço, né?

    Haha.

    ResponderExcluir
  16. Nossa, mas é verdade, o amor simplesmente acontece, não tem um inicio certo, apenas quando menos esperamos ele aconteceu..
    feliz ano novo, abraços..

    ResponderExcluir
  17. Não queria muito não, só queria amar e ser amada em 2011!

    Adorei o texto Erica, exatamente tudo que eu desejo em 2011!
    A-M-A-R!!!!!!

    Também não morri, sumi, mas voltei!!
    te ler me faz tão bem, até agora ñ sei pq sumo daqui! rs

    Feliz Ano Novo pra você também!!!!!
    (VouConfessarQue: eu sou bem mau humoradinha quando acordo! rrsrs, mas sempre rola um bom dia! hahah)

    Beijos Mil.

    ResponderExcluir
  18. Esse seu jeito de escrever tão doce me deixa encantada. Senti falta de vir aqui ler o seu blog, viu? Fiquei feliz com a sua visita. Enfim, amor é uma coisa linda, quando amamos nós simplesmente esquecemos o mundo e passamos a ver a outra pessoa em todos os lugares.

    Lindo.
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  19. Estava com saudade dos seus texto minha amiga.
    Deveria continuar escrevendo mais e mais porque seus textos são sempre tão fáceis e cheios de sentimentos, tão verdadeiros!
    Adoro isso em você minha flor.
    Um beijo grande de uma já amiga!

    ;)

    ResponderExcluir
  20. Nossa que lindo, eu meio que me identifiquei com o post, amei mesmo. Bjs querida

    ResponderExcluir
  21. Ah, amei o texto *-*
    Tão delicado, tão cativante...
    E muito bem escrito, a propósito.
    Bjknhs :*

    ResponderExcluir
  22. Ola Sr Erica.. Bom saber que não se esqueceu por completo dos seus.. rs
    Amor não se pede, falou tudo, mas pelo ao menos temos os sonhos, onde podemos viver tudo o que queremos, sem pedir permissões.

    ResponderExcluir
  23. Ah, te indiquei pra um selinho.. se quiser, ok bjoos

    ResponderExcluir
  24. É verdade o que você disse sobre meu post. Bom, isso é tudo o que eu tenho a dizer depois de ler seu texto. Me deixou sem palavras. Sério!

    Você escreveu basicamente o que eu queria falar pra uma pessoa aí. Deu até vontade de mandar o link pra ele! hehe. Mas acho que não é o momento ainda.


    :*

    ResponderExcluir
  25. E ele sem querer nada é amado por você. Vê se pode!
    Amor não se pede, mas às vezes eu me pego mendigando amor... Inevitável e doloroso. Mas eu não quero muito, não também. Só quero alguém que me ame. Só quero não ficar sozinha, só quero que alguém me aqueça. Isso é querer muito? rs.

    Imenso beijo, Erica.
    ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  26. Erica...

    enquanto a gente está querendo tá bom... acho que é mesmo o que nos move...

    belas palavras... diria cada uma delas como se fossem minhas...

    e, risos... um 2000etudo prá você também, alegrias e ternuras, que, afinal de contas, a gente merece, né ?!?!

    beijos super carinhosos

    ResponderExcluir
  27. Eu também não queria muito, não. Só queria que você atualizasse o blog com esses textos lindos mais vezes! hahaha

    ResponderExcluir
  28. esses poemas de amor me fazem pensar.. pensar nesse sentimento tão confuso e maravilhoso que é o amor.

    ResponderExcluir
  29. Tem selinho pra vc no meu blog
    http://ninguemtasca.blogspot.com/2011/01/destinos-para-o-carnaval.html

    ResponderExcluir
  30. Só quero que ele fique. Que ele não passe.

    Um beijo, Flor!

    ResponderExcluir
  31. Ericona, realmente amor não se pede e nem se cobra. Aprenderemos um dia, amiga.


    Eu parei de desejar feliz 2000e sempre, já. Estou desejando já bom carnaval: quero muito que o ano comece!

    Beijos e bom dia para você!!

    ResponderExcluir
  32. não importa se é apenas ou ao menos nos sonhos, o que importa é que seja amor!

    :)

    ResponderExcluir
  33. Para mim, é de certa forma deprimente aceitar o pouco, contentar-se com apenas algo e não tudo. Sou cheia de extremos e não sei viver no meio termo.

    Lindo, Erica.

    ResponderExcluir
  34. Palavras lindas,colocadas cada uma em seu lugar.Maravilhoso.Beijos e seja feliz, eu adoro sentir pessoas felizes.

    http;//sagaaureola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Infelizmente não se pode pedir amor ><
    Morto não atualiza blog, eu ri oaspaks'
    Beijos Erica

    ResponderExcluir
  36. Você não quer muito, apenas quer um porto seguro. Beijo

    ResponderExcluir
  37. Fiquei aflita ao ler seu texto.

    Muito bom!

    =)

    ResponderExcluir
  38. Ai, Erica. Tu tbm tá lendo meu pensamento... Assim não dá... Hahahah!

    =)

    ResponderExcluir
  39. Um sonho que pode virar pesadelo se deixar de ser sonho..complexo!

    Venho agradecer seu carinho no blog Não Quero Falar disso,e informar que ele agora mudou de endereço,se você possui ele linkado é necessário atualizar para: www.marginaliasubversivas.blogspot.com

    bjos

    ResponderExcluir
  40. Hey Erica ^^

    Mais um texto lindo qual me fez suspirar, seus textos são lindos e tocantes, gosto porque escreve de uma forma simples, única e objetiva, há pessoas que "tentam" escrever complicando e tiram a linguagem coloquial e acaba por piorar de fato...

    Xoxo

    :: Loma (www.night-angel.org)

    ResponderExcluir
  41. Que post lindo, Ericona. Tanto amor desperdiçado, não é?! Estou na mesma! rs

    E sobre o que você disse, acho que não é falta de assunto não (no msn), é mais falta de iniciativa mesmo. Mas vamos providenciar!! rsrs

    beijos

    ResponderExcluir
  42. O amor e a vida são dois moleques que pintam o sete com a cara da gente...

    : (

    Mas deixa pra lá... a vantagem é que daí surgem os melhores textos.

    Beijo, linda!

    ResponderExcluir
  43. Erica! vc continua perfeita em seus textos... paro e fico lendo por horas se deixar o seu blog.. ainda bem que hj consegui vir aqui. muito bem, prossiga em 2011 e sempre! muito sucesso na vida e amor de verdade, né... sei que vc n queria ser amada muito mais do que já é, mas quer e de um jeito muito especial, então acredite. gostei bastante do post.

    Deus seja contigo! beijos

    ResponderExcluir
  44. É beibe, sonhar ainda continua grátis né? Mas insegurança ainda é bom sabe? Ao menos vc pode deixar de sofrer muita coisa por causa dela, só não devemos permitir que ela vire nosso sofrimento ;)

    Erikita, meu amô, meu dengo, eu não queria muito não. Queria só que você continuasse escrevendo assim, tão perfeitamente, mas com uma pitada de, ah sei lá, alegria?! kkk

    Bejããããããão

    ResponderExcluir
  45. Aiii, que blog lindo!
    tem selinho pra vc lá no meu blog. ^^

    ResponderExcluir
  46. Gostei do Blog!

    Visite o meu também!

    http://leia-atentamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  47. Oi Erica...

    Como sempre, mais um texto lindissimo...Parabens!!!

    Ahh,visite-me...Ainda passo muito por aqui para buscar inspiraçao, ou apenas para aliviar um pouco a alma com palavras de outra pessoa ( ainda bem que são as suas palavras!)rsrs

    Bjus,NAty!

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?