23 setembro 2015

Eu estive na Trend House!

Sim, essa sou eu. Sim, numa passarela!

22.09.2015. Eis uma data pra guardar com carinho. Foi o dia em que brinquei de modelar na Trend House 2015, semana da moda alagoana. O evento foi no Memorial à República e eu desfilei no cast especial da Forum, formado apenas por pessoas com deficiência. Jamais imaginei que participaria de um evento de moda. Primeiro, porque não é exatamente minha praia e eu pouco (ou nada) entendo desse assunto. Segundo, porque durante boa parte da minha vida fui muito paranoica em relação a minha síndrome. Sempre digo que não ter uma das mãos e um dos pés, ou ter uma das pernas mais curta em cinco centímetros em relação a outra, nunca foi algo que me entristeceu ou me deprimiu. Se eu pudesse nascer novamente, gostaria de nascer igual (com exceção da paralisia facial); do contrário, talvez eu não tivesse a mentalidade que tenho e, sobretudo, essa visão sobre o mundo.
No entanto, outras sequelas da síndrome foram o que de fato me incomodaram bastante por anos a fio: o estrabismo e, sobretudo, a paralisia dos músculos responsáveis pela expressão facial.
Passei um bom tempo pra entender que "só se vê bem com o coração" e que "o essencial é invisível aos olhos".
O belo e o feio são conceitos abstratos. A máxima "A beleza está nos olhos de quem vê" é verdadeiríssima. 
Outra "verdade verdadeiríssima" é que somos mais que uma casca. Tudo o que há de físico em nós um dia se deteriorá. E o que sobrará, se internamente em nós nada existir de agradável? O nosso valor vai além de peitos siliconados, pernas marombadas, barriga tanquinho, sorriso de comercial de creme dental etc.
Suspeito que o que há de mais valoroso e essencial está dentro de nós.
Pois, que o melhor que há dentro de nós possa vir a tona. Que a maior beleza seja a de amar e praticar o bem sem cogitar ou exigir nenhum retorno.
A noite de ontem foi importante pra mim porque provei a mim mesma que eu posso vencer meus "traumas" e encarar cerca de 150 pessoas "do mundo da moda" sem me sentir menos interessante do que todos os outros seres do universo que não possuem a minha síndrome.
Encarei os muitos flashes com tranquilidade e naturalidade. Mostrei, com muita desenvoltura, esse rostinho paralisado congênito e esse meu olhar "asiático" na passarela.
Cada passo que dei na ida e na volta da passarela foi um modo de dizer a mim e principalmente aos outros que "pessoas são extraordinárias não pelo que elas aparentam fisicamente, mas sim pela energia e vibração que elas transmitem".

Transmitamos o amor e a alegria, então, com todo o nosso ser!

Ser diferente é super normal! O que não é nada normal é ser todo mundo igual!

Um abraço carinhoso,

Erica Ferro

* * *
Obs.: adorei MUITO esse clique do querido fotógrafo Guido JR. Obrigada, Guido! Você arrasa nas fotografias!

26 comentários:

  1. Que experiência legal,Érica! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, Erica.
    Meus parabéns, tanto pelo evento como por ter superado seus traumas e feito uma coisa que nunca achou que faria. Não tem como dizer que entendo sua posição, porque não tem como, mas te apoio e sei que o mundo da moda principalmente é feito para um conceito de beleza, inexistente na minha opinião, mas que está ai e cada vez deixando as pessoas com a auto estima mais baixas. Fico feliz quando acontece esse tipo de evento.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha posição é a seguinte: jamais me esconder e fazer o que quero fazer sem medo do que os outros vão pensar. Não me encaixo no mundo da moda justamente por essa essência de traçar padrões do que é belo e feio. O belo e o feio são conceitos abstratos, e transformá-los em conceitos concretos é desumano e discriminante.
      Fui a esse evento justamente para sacudir esse universo, que geralmente é tão superficial, e dizer "Ei, pessoas, há outros conceitos de beleza... Ninguém precisa se encaixar em padrões!".

      Um abraço, Sil.

      Excluir
  3. Que legal, Érica. Deve ter sido um momento inesquecível. Tu és uma pessoa transmite coisas muitos boas. Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh! Muito obrigada, minha querida poetisa. Digo o mesmo de ti. Beijo!

      Excluir
  4. E me permita dizer, ericona, você é extraordinária. Acompanho seu blog há tantos anos! E tudo que passa, toda a energia boa, a positividade, a ironia (algumas vezes)... Você está sempre em frente, lutando pelos seus objetivos. O essencial e o que dura para sempre, é invisível aos olhos. Só se sente mesmo com o coração. Queria ser um pouquinho como você!
    Um grande beijo, minha flor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que lindo comentário, Jéssica!
      Você é uma linda e, ao seu modo, também luta para ser quem é, sem deixar jamais que te cortem asas. Você é um pássaro que alça voos lindos, e sei que muitos outros voos virão.
      Um abraço!

      Excluir
  5. Minha querida amiga Erica, você como sempre, arrasou. Não apenas na passarela mas, também no texto que acaba de publicar. Adorei, amei, estou felicíssimo por você. E vou te dar um presente. Caso você já o tenha, guarde a duplicata. Caso não, use-o com a mesma desenvoltura que teve na passarela.
    "A beleza resulta da ressonância de cada parte sobre todas as outras". (Antoine de Saint Exupéry).

    Sou Alberto Valença do blog Verdades de um Ser e colaborador do Meu pequeno vício. Agora criei também um blog de viagens - O seu companheiro de viagem

    Verdades de um Ser
    O seu companheiro de viagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alberto, você me deixa muito contente sempre que sacode palavras por aqui. Suas palavras são sábias e emocionantes. Muito obrigada pelo carinho. Adorei o presente. Linda reflexão do nosso querido Exupéry!

      Um abraço!

      Excluir
  6. Erica eu ri de mim para mim mesma quando ti vi na passarela. A beleza não é singular, ela é plural e múltipla, eu acredito nisso, nas diferentes belezas mundo. E você é expressiva, dramática, querida, geminiana tão linda!!!! Muito amor, muito amor para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito amor por ti também, e pelos seus comentários imensamente e intensamente lindos, Jaci!
      Um beijo!

      Excluir
  7. Sem dúvida que o belo e feio são abstratos. Parabéns pela iniciativa e que venham outros momentos como este. Aproveite cada minuto!

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vanessa. Pode deixar que aproveitarei.
      Beijo!

      Excluir
  8. Que LINDA! Adoro ter ver derrubando obstáculos, Érica! Já falei mil vezes que sou sua fã. Parabéns mesmo. Deve ter arrasado!
    Estou participando do We Love Fashion Blogs da Petit Jolie, pode me ajudar e votar em mim? Nesse link!. É rapidinho e eu retribuo com um abraço :)
    Um beijão, Ana do dia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada, Aninha! Acho que arrasei (risos)! :D
      Vi que você foi selecionada no blog We Love Fashion Blogs! Que legal, parabéns! Sucesso sempre.

      Beijo! Outro abraço pra ti.

      Excluir
  9. Oi Érica,
    Que ótima experiência, já tinha visto no seu Facebook, mas melhor ainda foi ler o relato aqui.
    Ta um arraso esse look. Que venham mais etapas felizes :D

    tenha um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nana, adoro você, de verdade.
      Com certeza, existirão outros momentos e eu compartilharei contigo.
      Um grande abraço!

      Excluir
  10. Olá, Erica. Tudo bem?
    Adorei a foto e o texto. Muito boa as palavras. O se aceitar como é e ser aceito é algo sem preço.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Renato. Nada como ser quem se é, sem medo de ser feliz.
      Um abraço!

      Excluir
  11. Nosssa!!! Você na passarela, mulher? Não estou acreditando. Tudo de bommmm!!! Estava linda, vestido lindo! Amei... é isso ai. Cada dia mais nos surpreendendo. Tu é mil e uma utilidades. Adorei!
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha! Sou quase Bombril, com suas mil e uma utilidades! (risos)
      Adoro você, Palomitcha.
      Estamos juntas. Beijo!

      Excluir
  12. meus parabéns pelo desfile e por você não ter medo de quebrar conceitos, de se desafiar e é ai que está a beleza, está a cada dia querendo a sua própria superação, ao invés de competir com os outros.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Ser quem se é, sem medos, sem reservas, é belíssimo!
      Um abraço, Lu.

      Excluir
  13. Ericona, arrasou hein! Muito bom saber que vc está evoluindo em relação aos próprios medos e receios, mudando a sua visão e contribuindo pra mudar a visão das outras pessoas, o que é super importante.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou uma arraso, hein, Day? hahaha
      Sempre em frente. Sempre enfrente!
      Um abraço!

      Excluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?