25 outubro 2012

Sou emoções


Transmuto agonia em poesia
Rimo amor com dor
Sofro pela morte de uma flor

Meu poema é torto
O amor que sinto é louco

Eu não tenho nome
Eu não tenho idade
Eu não tenho rumo certo

Eu vivo indo e vindo
Vindo e indo

Sem nexo
Sem definições
Só emoções

Sou emoções

(Erica Ferro)

* * *

Faz mais de um mês que postei pela última vez aqui. Isso é um absurdo! Não vou me justificar. Okay, direi apenas que não tenho postado porque tenho ficado muito ocupada estudando para o ENEM, mas também é por causa da minha mania de procrastinar. Explico: quando tenho uma ideia pra um post, digo a mim mesma: "mais tarde eu posto". E acabo não postando. Passavam-se dias e o blog continuava às moscas. Well, nunca mais tinha postado meus pseudos poemas aqui, então hoje tive uma súbita inspiração e resolvi aproveitá-la. Tenho algumas ideias pra posts, por isso prometerei a mim mesma postar aqui muito em breve.Fiquem bem. E continuem comigo nesse cantinho devaneado da @ericona.Hasta!

12 comentários:

  1. Bom dia :)
    Bem legal seu texto *-*
    Eu também sou emoções...bem,agora uso mais a razão >.<

    Beijos e cuide-se
    E boa sorte no Enem :)

    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  2. Tu é intensidade, mulher.

    Bom final de semana. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ooi!

    Quanto tempo eu não vinha aqui! Que vergonha! :(

    Deixa eu começar elogiando o layout, que coisa mais linda!
    Adorei! :)

    Sua poesia me lembrou a música do Roberto Carlos:

    "Se chorei ou se sorri
    O importante
    É que emoções eu vivi." ♫

    Beijos Mil.

    ResponderExcluir
  4. Como diria o Teatro Mágico, "poetisa de natureza". Profundo, forte e simples. Lindo <3

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo (:
    Gostei.
    http://www.avidaemletras.com/

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema amiga, sei que o Enem afastou um pouco do blog neh? mas isso mesmo, estudo sempre em primeiro lugar, que bom que tá de volta, beijão

    ResponderExcluir
  7. Belo poema!
    Ah, eu entendo completamente essa coisa de procrastinar. Sério, se tem algo em que sou boa é em procrastinar. Essa mania é horrivel, estou tentando me livrar dela. Mas talvez deixe isso pra depois. rs

    beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, parabéns pelo poema, ficou lindo!

    Jéssica - Strawberry de livros e filmes

    ResponderExcluir
  9. Oi Erica!
    Estava com saudades de seus post. Mas te entendo completamente. Gostei do seu poema. Lindo.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  10. Olá Erica! .-.

    O nexo desconexo das palavras relativas aos sentimentos. Ai ai...
    As palavras ficam tão mais leves quando amamos. Uma inquietação surge em todo nosso ser na necessidade de se tornar o amor do outro.

    Belo Poema!

    Paz e Luz!
    Bjs.
    Aline Santos

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?