27 dezembro 2011

Da sede de viver

Desculpe, meu bem, mas hoje eu não estou muito bem. Não, não me pergunte o porquê, eu não sei responder. Sei lá porquê. Eu sei lá o que é isso que me dá, essa coisa sem nome, essa coisa que arde, que queima, que dói, esse sentimento doido que eu queria tanto entender pra solucionar de uma vez por todas. Você acha que esse meu drama é charme? Ora, por favor... Que charme o quê! Não sou mulher de fazer charme, meu bem. Chamo-o de bem porque de fato lhe quero bem, taaanto bem. Eu amo você, meu benzinho. Mas, definitivamente, eu não sei fazer charme, me desculpa. Desculpa esse meu jeito torto de ser, atrapalhado, totalmente desajeitado. Eu tento me corrigir, tento ser mais clara nos meus modos e palavras, não por você, desculpa, mas não por você. Por mim, porque eu sinto a necessidade de ser entendida. Não por uma questão de querer que as pessoas me aprovem ou algo assim. Sei lá... Será que é isso? Não, não é. Eu só quero saber se estou no caminho certo... Tenho medo de viver numa eterna ilusão. Será que o que eu vejo é real? Será que não vivo mergulhada em mim mesma? Não, eu não quero ser uma ilha. Eu quero sair para conhecer outros mares, e quero que você venha comigo. Você aceita sair por aí comigo, sem destino, sem data para voltar? Diga que aceita, meu bem. Diga que quer ser meu companheiro de aventura, louca aventura. Será tão mais delicioso desbravar o mundo junto com você.
Vamos, vamos comigo viver vorazmente! Arranca-me desse tédio, desses dias de angústia e melancolia. Eu quero viver e desfrutar tudo o que eu conseguir, e tem que ser com você, senão não será tão bonito e tão divertido. Você sabe disso. Meu bem.

Erica Ferro

* * *

Visitem o Pensamentos Devaneantes e o Gurias Arretadas. Não irão se arrepender.
Um abraço da @ericona.
Hasta la vista!

8 comentários:

  1. Que saudade que eu estava de ler toda essa intensidade!
    Saudades de você erica!
    Espero que tenhas tido um Natal lindo, e que possa ter uma virada de ano esplêndida!
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  2. To tentando encontrar o 'meu bem'. Que seja reciproco tudo o que sentirmos por eles... Beijo

    ResponderExcluir
  3. odeio qd dá essa coisa que não sabemos explicar... principalmente pq td mundo te pergunta o que vc tem q vc realmente não sabe o que é.. tenso.. kakakakaka
    gostei do texto! xD
    bjussss

    ResponderExcluir
  4. "É, só tinha de ser com você,
    Havia de ser pra você,
    Senão era mais uma dor,
    Senão não seria o amor"

    Abraços Imundos...

    ResponderExcluir
  5. Esse seu jeito atrapalhado de ser é o seu charme, meu bem. Aceito o convite sim, mas, com uma condição: que você me siga sem medo de se afogar, e, se isso acontecer, prometa que jamais esquecerá de mim quando estiver em terra firme. (:
    Saudades!!!!

    ResponderExcluir
  6. É, essas coisas que sentimos e não sabemos explicar. Dá uma raiva .-.
    O texto ficou lindo.
    Beijos e feliz ano novo pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Seguido leio o teu blog, interessantes teus posts.
    Te escrevo para divulgarmos nosso blog, ainda está em processo de expansão. Se quiser nos acompanhar e dar umas risadas: www.o-cercadinho.blogspot.com
    Será um prazer te ter nos visitando lá. O que é O Cercadinho? Segue uma apresentação para te situares. Em cada relacionamento afetivo, os envolvidos ficam restritos a um espaço, O Cercadinho, onde acontecem as interações. Em algumas fases, está cheio de "queridas", mas em outros, quase vazio. O Cercadinho é o resultado das conquistas amorosas, onde cada um preenche à sua maneira e gosto. Pode ter o critério de cotas e uma de cada: loira, morena, mulata, ruiva e/ou japa. Com faixas etárias e tipos variados. Até monogâmico com apenas uma mulher selecionada.
    Neste blog, somos cinco homens escrevendo relatos e histórias, sem pretensão literária sobre O Cercadinho. Heitor faz o estilo confuso e rebuscado. Apaixonante e cafajeste, este é Wanderlei. Já Cebola faz o estilo 100% sincero e sem rodeios. Seco, objetivo e um pouco bagual com sentimentos, assim é Iberê. E Marcão, bom, esse é trash total. Entre no nosso Cercadinho e boa leitura.
    Iberê

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?