19 julho 2011

Em silêncio

"♫...A bad time to be in love,
a bad time to be in love...♫"
(The Jaywaks - Bad time)

Escolhi uma péssima hora para amar. Quer dizer, não fui eu quem escolhi. Seria muito meloso e extremamente clichê dizer que foi o amor quem me escolheu? Droga, seria sim! Mas dane-se, é isso mesmo. O amor é quem nos escolhe. O amor surge inesperadamente.
E me surgiu você, todo lindo, todo afeto, todo paixão. E eu me apaixonei. Me apaixonei tão intensamente quanto insanamente. E aqui estou eu, às lágrimas, me lamuriando por você não fazer a mínima ideia do sentimento que eu guardo por você aqui dentro do coração.
Mais uma vez. Apaixonada. Apaixonada por esses seus olhos cor de mel. Será que são doces? Apaixonada por esse sorriso que parece ser de um anjo. Quero ressaltar que nunca vi nenhum anjo, mas desconfio que anjos tenham o seu semblante, sabe... Semblante bondoso, resplandecente.
Ah, eu gosto tanto de você. Queria muito que você soubesse. Será que você percebe o quanto fico desconcertada com a sua presença? Acho que não. Não, definitivamente você não percebe. Nem desconfia sobre a minha devaneada paixão. Nem de longe.
Deixa assim. Eu sei que você não aceitaria ser o meu príncipe.
Continuarei te amando em silêncio.
Te querendo em silêncio.
Te tendo em meus sonhos.

(Erica Ferro)


Hey, povo! Apareci!
Mas ó: não estou com tempo de retribuir as vistas de vocês.
Infelizmente será assim até novembro.
Estou estudando loucamente para o ENEM.
Porém, hoje, senti uma imensa necessidade de escrever.
Enfim... é isto.
Um abraço da neurótica @ericona.
Hasta la vista!

14 comentários:

  1. Que fodam-se os clichês!
    "Vamos nos permitir".

    ResponderExcluir
  2. Hum, Ericona está romântica e apaixonada... Mas de novo, garota? O_o

    Olha, Grazadeols, eu não me apaixono tão fácil e já estou in love pela mesma pessoa há 5 anos! Pelo menos só sofro por um quando é pra sofrer. rs

    Beijokas, queridona.
    Saudades, viu?
    Bons estudos e sorte com a matemática!

    ResponderExcluir
  3. Só em novembro?
    Sentirei saudades....

    Bom,como disse Cazuza :O amor é o inutil da vida....

    beijos e tudo de bom

    ResponderExcluir
  4. Ri do comentário da Jana... É que ela não entende que estando sozinhas, a gente fica de invencionices, se encanta por qualquer gesto, vê esperança em todos os detalhes e do nada estamos lá idealizando o que a pessoa é ao quadrado e o que ela não é também. rs

    Boa sorte, Ericona, com os estudos e com o amor! (:

    ResponderExcluir
  5. Linda, pura e doce como sempre.
    Se esse cara fosse eu, adoraria saber disso :D~

    ResponderExcluir
  6. Ai, eu também teria que estar estudando pro ENEM, mas nem estou! Não sou responsável feito a Ericona, fazer o que? rs

    Muita saudade de ler palavra sua... Já ia adivinhando que era uma texto de amor quando vi a atualização!

    Não sei bem se o amor escolhe alguma coisa, mas coração sapeca sei que existe! Acho que gostar nunca é ruim, mesmo sendo platônico o amor sempre enche a nossa existência com uma vida diferente...

    ResponderExcluir
  7. Amor platônico,lindo mas ao mesmo tempo,não sei o que pensar dele,hm.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. "Felicidade se acha é em horinhas de descuido."

    (Guimarães Rosa)

    Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  9. Será que o amor que escolher a gente ou será que e a gente que escolhe o amor? Mas o amor em suas formas mais semplentes sempre valem a pena, ah o amor...

    http://confissoesdanessah.blogspot.com
    http://asverdesmeninas.blogspot.com

    beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Se a gente pudesse escolher a vida seria mais sem emoção, não achas? =)

    ResponderExcluir
  11. lembrei de Lulu Santos

    "Eu gosto tanto de você
    Que até prefiro esconder
    Deixo assim ficar
    Subentendido
    Como uma idéia que existe na cabeça
    E não tem a menor obrigação de acontecer
    Eu acho tão bonito
    Isso de ser abstrato, baby
    A beleza é mesmo tão fugaz
    É uma idéia que existe na cabeça
    E não tem a menor pretensão de acontecer
    Pode até parecer fraqueza
    Pois que seja fraqueza então,
    A alegria que me dá
    Isso vai sem eu dizer
    Se amanhã não for nada disso
    Caberá só a mim esquecer
    O que eu ganho, o que eu perco
    Ninguém precisa saber"

    Lindo sentimento, lindo texto. Permita-se!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Gostei do monólogo.
    Não é de todo ruim amar sozinha, pois assim podemos sempre ter a pessoa idealizada, sempre tê-las nos sonhos, insanamente.

    ResponderExcluir
  13. Faz muuuito tempo q não passo por aqui...rsrs
    Mas agora vou voltar a passar nas casinhas amigas sempre.

    Um beijo

    Dri

    ResponderExcluir
  14. é difícil se apaixonar, mas faço como a Jana, e digo como a Babis.. Falar que não é fácil, agora provar o contrario é complicado...
    ei! não ficou com raiva da besteira q eu disse sobre vc nao saber cozinhar, ficou? peço desculpas por extrapolar... foi mal mesmo, perdão.
    bjoo, se cuida e bons estudos!!!
    juízo com esse coração!!!!

    ResponderExcluir

Fico feliz que tenha visitado o Sacudindo Palavras! Sempre que sentir saudade, volte. Será muito bem-vindo (a).

E então, quais as palavras que você irá sacudir?